- Umbra -

Página 2 de 10 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: - Umbra -

Mensagem por Raziel em Qui Ago 27, 2015 12:06 am

(Raziel se levantava com a mão na cabeça o  andarilho se sentia levemente melhor, mas os pesadelos que viveu no dia anterior o atrapalharam no seu descanso. Raziel se levantava devagar e com dificuldades e então respondia a Darkness)

Acho que sim...

(Ele ia até a comida que o índio trouxera e comia tentando não fazer careta e apenas acenando com a cabeça em agradecimento)

Não posso recusa nenhum tipo em alimento e devo julgar que Tadewi deve saber o que é ou não nutritivo melhor que eu nesse tipo de ocasião

Temos alguma novidade?
avatar
Raziel

Mensagens : 99
Data de inscrição : 15/07/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: - Umbra -

Mensagem por Admin em Qui Ago 27, 2015 1:23 am

A movimentação de Tadewi, na busca sedenta pela caça, não passa desapercebida. Os espíritos de pombos que alimentariam o grupo tão substancialmente quanto uma carne física, não haviam tido tempo de salvar as suas vidas, mas outras tantas aves sim.

O salto do Wendigo no asfalto, quebrando o pescoço do primeiro animal enquanto agarrava o segundo, fez outras aves que desfrutavam da luz da manhã nas copas das árvores se afugentarem, ganhando os céus rapidamente.

Seus companheiros de matilha e também o Cria de Fenris puderam notar que algo espantara aquelas aves, até verem que não era nada mais que Tadewi, quando este retornou com a caça.

------------------------------------------------------------

Algum tempo depois (o suficiente para que Ivy devorasse o pombo e se pusesse em interação com Tadewi, Narssuk e os demais) a entidade fita a Ragabash com curiosidade, movimentando-se como uma leve brisa que se desfaz, de um lado para o outro: - Então... Pedes ao Tadewi para que eu te ensine algo? Perguntou telepaticamente para Ivy, aproximando-se um pouco mais: - Não sou um escravo, pode dirigir-se a mim diretamente e aproveite para me lembrar Sob que lua nasceste. Confesso que uma filha da Aranha se interessar pelos espíritos me causa espanto, ainda mais quando posso ver que não se trata de uma Lua Crescente.

-----------------------------------------------------------

Enquanto os dois travavam diálogo sem que mais ninguém pudesse entrever (a não ser por intermédio de um teste de Percepção + empatia: dif 7), Raziel podia sentir o amargo gosto borrachudo de uma lagarta que estoura sobre sua língua, espalhando um visco de cheiro e sabor repugnantes.
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 742
Data de inscrição : 15/05/2015

Ver perfil do usuário http://pressagiosdofim.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: - Umbra -

Mensagem por Ivy_curto_circuito em Qui Ago 27, 2015 2:04 am

Ivy(Lupino)-Narração-Todos

Ivy voltou seu olhar para Darkness, meneando a cabeça positivamente, lambeu o próprio focinho e o respondeu:

-Sim Brutamontes, consigo ao menos ficar em pé, mas ainda sinto as dores dos ferimentos e isso vai comprometer minha velocidade, já que estou mancando um pouco...

Foi quando de súbito a mente da Ragabash foi invadida pela Voz do Espírito de Tadewi, que parecia ter se ofendido com o pedido de Ivy para Tadewi, a impura então voltou seu olhar para Narssuk baixando suas orelhas enquanto se explicou mentalmente:

'-Me desculpe, não era minha intenção ofende-lo.'

Ivy sentou sobre suas patas traseiras e manteve sua atenção voltada para Narssuk, prosseguindo a conversa mental:

'-Apenas pedi para Tadewi, pois notei que o mesmo conseguia se comunicar facilmente com você, não tive a intenção de insinuar que fosse um escravo ou qualquer coisa do tipo.'


A Ragabash ouviu sobre a curiosidade de Narssuk em ela querer aprender sobre os espíritos sendo uma filha da Aranha, enquanto coçava os próprios pêlos com pequenas mordidas e então assim que o mesmo terminou, Ivy voltou novamente seu olhar para o Espírito e disse mentalmente:

'-Antes de ser a uma Filha da Aranha, eu sou uma impura, , uma Garou, sei que muitos merdinhas da minha Tribo se focam apenas no mundo físico e na nossa tecnologia, afinal a maior parte da minha tribo são naturais de humanos, não se engane, eu adoro minha tecnologia, mas sei bem como os espíritos estão também ligados a ela. Aqui mesmo, já vi espíritos da Luz, que trabalham para a Grande Aranha, pra mim, poder me comunicar com eles e até mesmo com você, me é de grande ajuda, eu veria essa comunicação como poder estender a tecnologia do mundo físico aqui na umbra. Afinal, apesar de não ser uma Macumbeira por augúrio, uma de minhas funções é suprir uma coisa ou outra dentro da matilha quando falta também não é?.'


A impura suspirou e então concluiu:

'-A realidade é que não me sinto confortável com os espíritos entrando em minha cabeça, para se comunicar comigo e me entender. Penso também que nem sempre podemos ter um Macumbeiro ou até mesmo um espírito amigo como você próximo para nos ajudar. Vendo isso, duvido também que qualquer um outro aqui estariam interessados em aprender esse tipo de coisa. E bom, sou uma Sem Lua, como vou poder barganhar ou até mesmo enrolar algum Espírito, seja ele maldito ou não, sem esse tipo de habilidade?'

Ivy então faz uma pequena reverência abaixando a cabeça para Narssuk dizendo:

'-Gostaria de saber Garoto da Tempestade, poderia me ensinar a me comunicar com vocês espíritos?'

'-Até mesmo para que futuramente eu possa pedir a ti diretamente e não haver mais esse mal entendido.'

'-Prometo honra-lo com algo que deseje quando tudo isso acabar, basta pedir.'


A Andarilha conversava de forma tranquila com Narssuk, esperava que ele pudesse lhe ensinar, oferecendo a ele até mesmo honra-lo em troca do favor.
avatar
Ivy_curto_circuito

Mensagens : 67
Data de inscrição : 16/07/2015
Idade : 21

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: - Umbra -

Mensagem por Suzanne O'Bran em Qui Ago 27, 2015 10:24 am

Tadewi era um tronco oco para perceber sentimentos, as vezes era complicado para ele entender o que se passava, mas por outro lado, poupava o mesmo da dor, de sentir remorso, compaixão e mesmo a felicidade ou medo.

Analisa com olhares frio a situação que se desenvolveu, e quase se arrepende de ter feito a provisão, exceto por Raziel que se alimentou de insetos e frutas.

Imaginou que Ivy rejeitaria o pombo por ser um "animal doméstico"(Tadewi acredita que os brancos criam pombos, ou não alimentariam eles em praças), deste modo deixando para Darkness que agiu de forma compreensiva até demais.

Darkness ignora a comida que restou. Todavia Raziel pareceu mais sensato, comendo do que sobrou.
De outro modo Tadewi não poderia negar que Ivy pegasse a ave, pois se o fez, foi por necessidade, mesmo podendo suprir de outra forma.

Ajuda Raziel a se levantar...

O nativo dá dois tapas leve nas costa de Raziel, sabia que era ruim, como disse, mas ajudaria a não padecer de fome. Raziel se mostrou confiável neste momento, pois confiou em Tadewi.

_Como disse é ruim, mas nem todo remédio tem gosto bom!

Olhando para Darkness diz de forma compreensiva por já ter analisado o caso:

_Vamos embora sim, não aguento mais sentir o fedor deste lugar!

Caminha logo após Darkness, certificando que Raziel e Ivy fariam o mesmo.

Sorri vagamente. Apesar de deixar claro que Narssuk não era um escravo e sim um amigo, Ivy cometeu a gafe e Narssuk ensinaria isso a ela futuramente, certamente ensinaria.

Seja o que for que ela queria com ele, deveria aprender no caminho!
...


"Que bom que já conseguem andar, não aguentaria dar um passo mais com alguém no ombro!"
avatar
Suzanne O'Bran

Mensagens : 326
Data de inscrição : 16/05/2015
Idade : 33

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: - Umbra -

Mensagem por Steve Mandrake em Qui Ago 27, 2015 5:45 pm

Darkness (Hispo) - Matilha Sem Nome

Apesar do que Ivy dizia, o Ahroun percebia que ela não tinha a menor condição de ficar de pé ainda. Acha estranho o comportamento dela em seguida, mas já conhecendo a peça, percebe que falar sozinha ou posturas altistas já lhe eram comuns.

Se aproxima então dela e abaixando-se, fala em tom gutural:

"-Fêmea não poder andar, Darkness ver isso! Forma humana pra ficar leve, subir em Lobo e segurar firme."

Faz então aceno positivo com a cabeça para Raziel e Tadewi que já haviam informado estarem prontos. Assim que Ivy subir (se subir), o Ahroun já segue espreitando as ruas, e não havendo riscos aparentes, já seguir em direção ao cemitério.
avatar
Steve Mandrake

Mensagens : 230
Data de inscrição : 17/06/2015
Idade : 30

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: - Umbra -

Mensagem por Raziel em Sex Ago 28, 2015 1:16 am

Raziel aceita ajuda de Tadewi a se levantar, o impura estava abatido por causa das noites em claro e pelas dores no corpo. Mas apesar de não ter gostado do seu café da manhã ele sentia-se melhor. No dia anterior, Raziel sentiu-se aflito ao ver Ivy em perigo, agora julgou que deveria confiar nas escolhas de Tadewi, algo estranho acontecia com Raziel, ele aos poucos parecia compreender o que é andar em matilha e mais uma vez o Vagante entrava profundamente num estado de reflexão se desligando de tudo a sua volta apenas se despertando com o dizer do indio, sobre o cheiro ruin. Logo Raziel fica alerta olhando ao redor, Raziel olha para o céu e via as aves que Tadewi espantou caçando voando, então o Andarilho abaixava a cabeça lentamente e então fala num tom baixo não querendo gerar algum tipo alarde exagerado

Creio que um maldito esteja se aproximando...ele veio ver o que espantou as aves...

Raziel encarava o Darkness para tomar a dianteira e nos guiar para o mais longe possivel

Não temos muito tempo...vamos!
avatar
Raziel

Mensagens : 99
Data de inscrição : 15/07/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: - Umbra -

Mensagem por Suzanne O'Bran em Sex Ago 28, 2015 1:54 am

Tadewi emite um rosnado baixinho enquanto olha para direção que Raziel disse que vinha o maldito. Se fosse verdade, não demoraria muito tempo para que ele ou eles chegassem até o grupo.

Ensaia uma corrida enquanto esperava que Raziel fizesse o mesmo, emitindo um assovio baixo, como o soprar de um vento. Era uma forma de ser menos chamativo ao alertar Narssuk e seus iguais, pelo menos foi o que pareceu a princípio.

Todavia a intenção era outra bem diferente...

_Vou distrair ele, apenas corram! - diz quase que em um sussurro-

Milésimos de segundos se passaram até que se nota do lado oposto ao que corriam, e também em um sentido diferente ao lado que Raziel indicara, meio que contornando a direção que o espírito inimigo parecia levar; folhas, alguns detritos e cascalhos rente ao chão que se agitam bastante com a passagem da brisa.

Uma brisa focalizada, simulando a fuga de um espírito assustado e desesperado ao notar a presença do maldito foi bem providencial, e com sorte serviria para distrair e confundir quem quer que estivesse perseguindo o grupo.

A brisa que tinha uma velocidade média de 30 km, segue em um sentido único, como se alguém estivesse realmente fugindo pelo outro lado.

Após isso Tadewi aperta o passo e segue na direção apontada por Darkness na noite passada, sendo o último a se posicionar, deixando Darkness ir na frente com Ivy, Vagante branco, Narssuk e ele cobrindo os flancos.



Última edição por Tadewi em Sex Ago 28, 2015 3:01 am, editado 1 vez(es)
avatar
Suzanne O'Bran

Mensagens : 326
Data de inscrição : 16/05/2015
Idade : 33

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Darkness - Tadewi - Ivy - Raziel

Mensagem por Admin em Sex Ago 28, 2015 2:37 am

- Te ensinarei o dom, mediante um pequeno pagamento em energia espiritual, para que vá aprendendo como... Antes que pudesse terminar a frase, Narssuk desfaz a conexão mental que distraída ambos, prestando agora atenção na gravidade do que Raziel falava.

Então, apenas meneia a cabeça para Ivy, esperando que ela entendesse o gesto e, começa a se preparar para fugir ao lado de Tadewi.
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 742
Data de inscrição : 15/05/2015

Ver perfil do usuário http://pressagiosdofim.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: - Umbra -

Mensagem por Ivy_curto_circuito em Sex Ago 28, 2015 4:29 am

Ivy(Lupino)-Narração-Todos

Ivy mal podia se locomover, estava ainda muito ferida para fazer-lo, não demorou para que Darkness notasse que a Impura estava forçando uma melhora a fim de não preocupar a todos. Todos tinham uma certa pressa de sair daquele lugar, principalmente Darkness.


...

A Ragabash se lambeu o ferimento de sua pata, quando ouviu as palavras de Darkness, para que ela assumisse a forma humana, para que ele pudesse carrega-la, Ivy olhou para o Fenrir de maneira curiosa e chegou a farejar o ar por alguns segundos enquanto pensava:

"O Brutamontes as vezes, tem umas atitudes que me surpreendem, ele é bem curioso..."
_Pensou_

Ivy ainda conversava com Narssuk quando foi surpreendida pelas palavras de Raziel, a Impura rosnou a contra gosto, estar ali sem poder ajudar de maneira alguma a incomodava demais. Assim que Narssuk interrompeu a telepatia, a Impura assumiu sua forma humana assim como Darkness pediu, meneou  a cabeça para Narssuk, demonstrando entender o Espírito, com certa dificuldade, se apoiou em Darkness e subiu em cima do Hispo, o utilizando como sua montaria, então disse:

-Vamos...

Ivy então fitou Tadewi e rosnou para o mesmo, ser isca contra um maldito, não era uma ideia das mais brilhantes para a Andarilha, mas era o que tinham por enquanto. A Impura então apenas disse:

-Então vá, não se distancie muito, para que Darkness possa lhe alcançar caso necessário.

Voltou seu olhar para Narssuk e disse de maneira respeitosa pra o espírito:

-Cuide dele...

Ivy então se agarrou nos pêlos de Darkness e disse quase como uma ordem:

-Vamos todos, quanto mais rápido formos, menos tempo Tadewi fica de isca.

Então esperou que Darkness disparasse em sua corrida.
avatar
Ivy_curto_circuito

Mensagens : 67
Data de inscrição : 16/07/2015
Idade : 21

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: - Umbra -

Mensagem por Steve Mandrake em Sex Ago 28, 2015 8:44 pm

Darkness (Hispo) - Matilha Sem Nome

O alerta dado por Raziel já era esperado pelo Fenris, que franze o cenho diante da afirmação e deixa escapar um rosnado quase inaudível. Olha sério para Tadewi como se discordasse ou não acreditasse na sua postura e fala baixo enquanto já caminha para a intercessão entre as ruas San Jacinto Blvd e Trinity St com Ivy:

"-Não precisar ficar... Olhar Vagante-Branco, você ser isca, ele ser isca! Você poder fugir, ele não!"

Chamava a atenção do Alpha daquela Matilha para a situação que Raziel se encontrava de difícil locomoção, mas não aguardava para saber seu posicionamento. No dia anterior já havia confirmado a estranha devoção e confiança daquela Matilha para com seu Alpha, e não sentiria pena de nenhum deles por suas escolhas.

Considerando a extensão da Avenida Martin Luther King, e como ficariam expostos se fossem por ela, Darkness segue em paralelo, usando edificações que se faziam transparecer na Umbra e locais mais arborizados onde o quantitativo de árvores e arbustos pudessem oferecer alguma cobertura, correndo de abrigo em abrigo, para dar mais celeridade ao encontro do destino e ser mais furtivo também. Passava assim nas mediações do Lee and Joe Jamail Texas Swimming Center, passando pelo estacionamento e alcançando posteriormente a Red River St, sempre observando dentre as árvores se o caminho estava livre, ou oferecia algum risco aparente, para poder correr em direção ao próximo ponto.
avatar
Steve Mandrake

Mensagens : 230
Data de inscrição : 17/06/2015
Idade : 30

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: - Umbra -

Mensagem por Raziel em Sex Ago 28, 2015 10:45 pm

Não é hora de bancar o herói, em menos de um minuto ele estará aqui e assim que nos avistar chamara por mais malditos. Se vc ficar estará assinando seu atestado de óbito.

(Raziel seguia Darkness enquanto puxava Tadewi para que seguisse conosco)
avatar
Raziel

Mensagens : 99
Data de inscrição : 15/07/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: - Umbra -

Mensagem por Suzanne O'Bran em Sex Ago 28, 2015 11:18 pm

Tadewi ouve o que Ivy diz e agita a cabeça em negação, não era intenção alguma ficar. Dando certo ou não o que havia planejado, o melhor era fugir. Fato!

Quando Darkness fala e Raziel lhe segura, se sente pressionado a ponto de mostrar as presas de um modo bem intimidador.

_Calem-se, eu nunca falei que iria ficar!
-Não daria mais explicações por enquanto-

Aumenta mais a velocidade de corrida enquanto segura Raziel no braço, se reclinando levemente para jogar em seu ombro enquanto muda sua forma para crinos.

off: um de fúria para mudanças de forma.

_Confiem em mim!

Diz enquanto aponta o efeito de seu don com o focinho.

Se tratava de uma brisa veloz e gélida que arrastava tudo que conseguisse pela frente, de modo a simular uma fuga pelo lado oposto ao que seguiam, talvez um animal que rastejasse, como uma serpente por exemplo.

Um plano inteligente e se desse certo, seria um modo de chamar atenção para longe do grupo, que fugiria de forma limpa e sem nenhum espírito em seu encalço.

"Espero que isso atrase ele!"
avatar
Suzanne O'Bran

Mensagens : 326
Data de inscrição : 16/05/2015
Idade : 33

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Darkness - Tadewi - Ivy - Raziel

Mensagem por Admin em Sab Ago 29, 2015 4:53 am

Àquela altura, embora tivesse ficado obvio que o perigo rondava e o menor deslize poderia despertar curiosidade dos novos habitantes da Penumbra, ao menos por hora, tudo indicava que haviam conseguido manter a discrição.

O caminho, embora curto, não era fácil. Para Ivy, era um verdadeiro tormento sentir-se sacolejada por uma plataforma em movimento, enquanto precisava empregar certo esforço para manter-se agarrada. Sentia em diversas parte do seu corpo, as carnes balançarem, como que soltas angustiosamente. Qualquer pequeno esforço representava o despertar de dores lancinantes e na forma humana, começava a sentir fortes dores de cabeça.

Para Raziel, ser carregado no ombro de um Crinos, era ainda muito pior. Ao ter a região abdominal comprimida, sentia dificuldade em respirar enquanto o balanço de suas pernas causava-lhe extrema agonia. Sentia como se não fosse aguentar muito mais daquela situação.

Tadewi, tinha a companhia de Narssuk, que seguia observando os arredores, mas, era extremamente desconfortável se por a fugir novamente, ainda mais carregando um dos membros da matilha enquanto precisava vigiar cada passo, na incerteza de chegar vivo no destino.

O peso que Darkness carregava nas costas era leve, mas, à feição do atleta que se encaminha para a terceira série de repetições de um exercício fatigante, já sentia os estertores do cansaço. Isso comprometia cada vez mais a tarefa de manter-se discreto, por consequência, manter a todos discretos, já que conduzia aquele grupo.

Em certo ponto, quando estava em vias de acessar a avenida Interregiona Hwy, Darkness pôde sentir o coração disparar numa descarga de adrenalina ocasionada por um encontro nada amigável. Quando estava a menos de 2 metros da esquina com a dita avenida, viu um Maldito que voava por sobre ela, ficando frente a frente com a entidade, a ponto de sentir o seu frio, o bafo tóxico e ouvir os grunhidos que emitia.

Por sorte, o Maldito tinha pressa, passando direto pela esquina e seguindo reto pela avenida. Quando então o Cria de Fenris imaginou-se livre e deu mais um passo, um segundo Maldito desliza em voo apressado pela mesma avenida.

Finalmente, quando o grupo se sentiu à vontade para averiguar a situação, viu que alguns malditos (4) saiam de outras ruas para seguir um rastro que se fazia ver pela penumbra. Gases tóxicos de cor púrpura se distanciavam velozmente e pareciam ser o foco de perseguição dos Malditos (aqueles que tiverem ocultismo 1 ou mais, podem deduzir que os gases são escapamentos de veículos).
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 742
Data de inscrição : 15/05/2015

Ver perfil do usuário http://pressagiosdofim.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: - Umbra -

Mensagem por Raziel em Dom Ago 30, 2015 4:53 am

Raziel solta grunhidos de dor ao ser carregado por Tadewi. Mas o que mais incomodava era a humilhação de ser carregado. Mas logo tudo passa quando cê a cena nas avenidas

Um carro?!

Raziel indaga surpreso, na sua cabeça aquilo podia ser inúmeras coisas e nenhuma delas eram boas. Mas o andarilho julgava em sua consciência que deveria investigar aquilo, pois havia uma pequena chance de ser uns dos membros da matilha perdidos ou algum ser humano ainda vivo da cidade e isso já era motivo importante demais para ser ignorado
avatar
Raziel

Mensagens : 99
Data de inscrição : 15/07/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: - Umbra -

Mensagem por Steve Mandrake em Dom Ago 30, 2015 7:57 pm

Darkness (Hispo) - Matilha Sem Nome

Como não havia esperado pra ver a reação de Tadewi, já imaginando como seria, não ouve e nem visualiza qualquer dos reclames ou ordens do Wendigo, sobrando o "ataque de pelancas" para Raziel que era o único que havia ficado em sua companhia.

Quando já chegava próximo a grande Avenida percebe que assim como havia sugerido, Tadewi se aproximava carregando Raziel. O Cria de Fenris não sabe se agradece mais a Gaia por os dois ainda estarem vivos, ou se por eles não terem arranjado mais problemas que atrasariam ainda mais o Fenris. Lembrava do Wendigo mandando o Garou albino correr, sendo que o mesmo não conseguia nem mesmo ficar de pé, e aquilo quase fazia o grande lobo cair na gargalhada, se não fosse tão trágico.

Ao se aproximar da Interregional os pensamentos engraçados cessam diante do perigo. Focinho retraído exibindo a fileira de dentes, e um jogar de cabeça para trás, olhando significativamente o grupo em sua cola como sinal de que todos parassem, o Ahroun apenas observa a passagem dos Malditos, enquanto tenta controlar a respiração ofegante, tanto pelo descontrole dos batimentos cardíacos que exigiam mais oxigenação, tanto pelo cansaço.

Ouve Raziel, mas não aguarda para reflexões sobre aquilo. Na cabeça do Ahroun aquilo poderia significar muitas coisas, e nenhuma delas era boa estando com dois Garous a beira da morte. Olhando para o lado e para o outro, certifica-se de não haver mais movimentações e começa a atravessar a Avenida indo por debaixo do viaduto, primeiramente espreitando se debaixo da pista havia algum ser, mantendo-se assim mais oculto nas sombras. Caso não houvesse maiores problemas atravessaria a Interstate 35 e alcançaria o grande campo do Cemitério...
avatar
Steve Mandrake

Mensagens : 230
Data de inscrição : 17/06/2015
Idade : 30

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: - Umbra -

Mensagem por Suzanne O'Bran em Dom Ago 30, 2015 8:41 pm

Tadewi nota que Raziel se remexia em cima de si, imagina se era por causa do desconforto, da dor ou algo além disso.

Por fim, acaba por pensar no mesmo que ele, sem nada dizer, mas não se daria o luxo de perscrutar o mundo físico e se desligar do que acontecia ao redor de si. Para a situação ao qual se encontrava seria loucura, principalmente após o susto que levou segundos atrás.

Pensa que talvez após chegar no cemitério devessem passar para o mundo físico e procurar por Karl e Merlin, isso se ainda tiverem vivos.

Encontrar Ivy e Raziel no estado que estavam, fazia Tadewi cada vez mais pensar no pior.

Darkness era o que conhecida o caminho e guiava agora o grupo até o lugar que seria a estava zero do grupo, com uma parada rápida no cemitério, onde deveriam abastecer suas energias espirituais.

...

Em um contato com seu amigo espírito diz:

"consegue sentir algum rastro que leve a Karl ou Merlin aqui do mundo espiritual?"
avatar
Suzanne O'Bran

Mensagens : 326
Data de inscrição : 16/05/2015
Idade : 33

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: - Umbra -

Mensagem por Steve Mandrake em Seg Ago 31, 2015 4:32 am

Darkness (Hispo) - Matilha Sem Nome

Após espreitar e conferir que não havia obstáculo algum, o Ahroun atravessa a grande avenida chegando finalmente as divisas do cemitério, abrigando-se sempre que possível como vinha fazendo. Observava então o que havia no grande campo espiritual a sua frente, e a poucos metros o que parecia ser um pequeno lago (piscina no plano físico), o que o faz se voltar ao grupo e levantar a questão:

"-Película ser forte em selva de pedra, ali ser último lugar mais leve até ponto de encontro. Se quiserem mundo físico essa ser hora."

Analisava também o local, tentando raciocinar o que seria melhor.
avatar
Steve Mandrake

Mensagens : 230
Data de inscrição : 17/06/2015
Idade : 30

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Darkness - Tadewi - Ivy - Raziel

Mensagem por Admin em Seg Ago 31, 2015 6:46 am

À medida que iam se aproximando, o ambiente parecia tomado por uma luminosidade diferenciada. Como se uma estranha nuvem pairasse por cima do cemitério, tornando-o menos luminoso que o resto das ruas, embora tal nuvem não existisse.

Além disso, uma neblina relativamente suave, ocupava o lugar. A cerca estava torta em alguns pontos, tombada ao chão em outros, noutros pontos ainda, completamente destruída e com sinais de queimadura. Da vegetação, só existiam resquícios, pois o solo parecia ter vivido dias de inundação, já que a lama era abundante (caso cheguem mais perto, notarão muitas pegadas humanas com sapatos e pés descalços também, além de menos lápides que no mundo físico).

Aqueles que se achassem em formas com percepção olfativa mais apurada, ainda poderão sentir o cheiro da lama, água empoçada, alguns cheiros desagradáveis vez ou outra também lhes visitavam às narinas, trazidos por diferentes correntes de vento.

avatar
Admin
Admin

Mensagens : 742
Data de inscrição : 15/05/2015

Ver perfil do usuário http://pressagiosdofim.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: - Umbra -

Mensagem por Ivy_curto_circuito em Seg Ago 31, 2015 4:21 pm

Ivy(Hominídeo)-Narração-Todos

As fortes dores tomavam conta do corpo de Ivy, se segurava forte, colando seu peito nas costas do Fenrir, de modo que amenizasse ao máximo o efeito de balanço que a corrida do Ahroun causava. Por várias vezes Ivy gemeu de dor, fechando os olhos por várias vezes para se concentrar e não ceder a dor insuportável que sentia.

"Não aguento mais ser esse peso morto..."_Pensou a Andarilha_

Para piorar, quando chegaram na avenida, o encontro com um maldito que voava bem próximo, fez Ivy rosnar mesmo em sua forma humana, por um momento parecia que tudo estava bem quando o maldito se afastou. Mas para o infortúnio de Ivy e Darkness, vários outros surgiram vindo de outras ruas, liberando gases tóxicos que a Impura já havia visto anteriormente a fazendo sussurrar:

-Estão em carros no mundo físico....

Ivy então aguardou paciente observando tudo a sua volta, observou Tadewi e Raziel chegarem, mas ignorou os dois, mediante aos batimentos cardíacos que vinham do Ahroun do Cria de Fenris, a impura sussurrou para o mesmo:

-Relaxa brutamontes, sei que você é forte, mas são muitos...

Não que Ivy precisasse alertar aquilo para o Fenrir, o mesmo já havia demonstrado instintos aguçados e até mesmo habilidade para lidar com a situação, porém, a impura se preocupava devido a situação de stress que o Ahroun vinha sofrendo, ainda mais porque o mesmo, não se alimentou assim que acordaram e a fome poderia ser uma grande inimiga da paciência ali.

___

Felizmente Darkness se controlou e finalmente a espera havia acabado, o Fenrir começou a caminhar sorrateiramente em direção ao cemitério, Ivy se mantinha atenta em volta a fim de ser olhos a mais para o  Ahroun. Até que por fim chegaram até próximo ao cemitério, a representação de um lago a poucos metros, facilitaria para que atravessassem a película caso fosse necessário.

...

Darkness então levou a questão, se iriam ou não para o Mundo físico, para Ivy seria o melhor, já que para ela o mundo Físico dá uma gama melhor de oportunidades, porém, ainda estava incerta do que era melhor:

-Ir para o mundo físico é burrice...

-Cala a boca, é obvio que é melhor ir pra lá, o tio Jimmy  está lá!

-Mas ele pode ter sido pego também?

-GrRrR... o Tio Jimmy é o parente mais bem treinado que conheço, esses merdinhas não iam pegar ele!

Ivy começou uma série de diálogos com ela mesma sobre o Fenrir, várias vezes gemeu de dor entre uma palavra ou outra e chegou a rosnar para sí mesma, reprovando algo que ela mesmo tinha dito, era confuso o suficiente para deixar o Lupino tentando entender o que a Impura estava fazendo.
avatar
Ivy_curto_circuito

Mensagens : 67
Data de inscrição : 16/07/2015
Idade : 21

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: - Umbra -

Mensagem por Raziel em Seg Ago 31, 2015 5:59 pm

Eu senti pelo menos 10 criaturas seguindo aqueles veículos la tras. Uma deleas era muito poderosa, se nós tivessesmos 100% e com a matilha toda reunida dariamos conta com toda certeza. No atual momento temos apenas que agradecer que estão atras deles e não de nós e lamentar a Gaia o quão fraco nós somos por isso.

(Raziel faz uma cara melancólica misturada a de dor enquanto falava com Ivy. Ele se retorcia e não aguentava mais ser carregado pelo indio, mentalmente estava suplicando para que o mesmo o largasse ali no chão. Mas ao ver o estado daquele cemiterio o impuro reclama do cheiro)

Mas que droga é essa?!
avatar
Raziel

Mensagens : 99
Data de inscrição : 15/07/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: - Umbra -

Mensagem por Suzanne O'Bran em Ter Set 01, 2015 1:08 am

Tadewi ouve o que Darkness disse sobre a preferência de cada um sobre os mundos ao parar próximo a piscina e logo após isso se mantém em silêncio em completa concentração, cerca de um minuto em média.

Parecia pensar sobre a questão levantada e após isso diz a todos:

_Temos uma boa notícia. -quando diz temos, se referia também a Narssuk, não tirando seus méritos-

_Narssuk encontrou Karl e pelo que parece está no mundo dos vivos, estando mais próximo do que se imagina!

Neste instante volta seu olhar a todos, a começar por Darkness e em seguida a Ivy, e Raziel, que não tinha um campo de visão por estar na suas costa, mas que certamente ouviu.

_Se ele está sendo perseguido por este grupo de malditos que passou a poucos, a certeza que tenho é que os dois feridos não devem participar do combate direto caso ocorra, porém não podemos deixar vocês entregues a sorte...

Tadewi fita Ivy.

_Seria um ato de coragem se aceitar, também não sei medir o grau do ferimento de vocês, mas se conseguir usar uma destas carroças, não teremos necessidade de se separar.

Realmente Tadewi não era médico, e não sabia o quanto estavam impossibilitados, não tinha tato algum para isso, e não conseguia sentir a dor através de uma leitura facial e de expressão.

_Não podemos perder Karl, e na minha opinião, devemos arriscar!

Tadewi botava seu ponto de vista e estava aberto a sugestão, deixando isso bem claro.


Última edição por Tadewi em Ter Set 01, 2015 10:30 am, editado 2 vez(es)
avatar
Suzanne O'Bran

Mensagens : 326
Data de inscrição : 16/05/2015
Idade : 33

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: - Umbra -

Mensagem por Steve Mandrake em Ter Set 01, 2015 2:37 pm

Darkness (Hispo) - Matilha Sem Nome

Quando avista a situação daquele local, o instinto do lobo já grita que deveriam passar para o plano físico, aquele local estava mais para uma Colmeia do que algo espiritualizado. Porém nem fazia parte daquela Matilha, e não jogaria em suas costas o peso das vidas que carregava. Era quando o Lobo pensava que sua preferência em trabalhar sozinho pelo menos lhe eximia de qualquer responsabilidade alheia. O mérito de suas vitórias ou as consequências de seus fracassos era apenas dele.

Ouve então a voz de Ivy, e a reação dela é totalmente contrária do que o Fenris imaginava. Franzindo o cenho, o Ahroun questiona:

"-Burrice?!"

Nem tempo de raciocinar tem...

"-Não mandar Darkness calar a boca! E Darkness não conhecer nenhum tio Jimmy!"

Olha então para trás para encarar a fêmea, quando percebe que a atenção dela não se voltava para ele, e sim para si mesma...

"-Aff... Esquece!"

Volta a olhar para frente meneando a cabeça de forma negativa, quando Raziel se faz ouvir, seguido de Tadewi, o que deixa o Ahroun um tanto irritadiço, pois percebia algo que já estava tirando sua paciência...

*Sentir?! Como ele sabe isso? E mais uma vez Tadewi sabe informações de um membro da Matilha sem dificuldades aparentes, com a ajuda de Narssuk...*

Aqueles pensamentos fazem o Cria de Fenris dar um basta naquela situação. Olhando sério para Raziel e Tadewi, fala baixo, porém firme:

"-Vagante-Branco parar de ter pena dele mesmo! Pensar no que já acontecer não ajudar nada, se recuperar e aprender que dor é pra lembrar de ficar mais forte. Ninguém aqui ser fraco; nós ser quatro Cliaths vivos onde Anciões caíram. Vagante-Branco não ser guerreiro, mas aprender que quase morrer, esperar pra se recuperar e voltar a combater, não ser covardia e nem fuga, ser estratégia e a forma que todo guerreiro ser talhado."

Respira ofegante, fitando Tadewi:

"-Darkness saber que rixa com ele cegar Guerreiro-da-Fúria, mas Darkness não ligar pra birra e gostos de Guerreiro-da-Fúria, nem querer sua posição de Alpha. Darkness ligar apenas em conseguir poder suficiente pra recuperar Caern, poder que Darkness não ter e nenhum aqui ter, e ambição, orgulho e falta de liderança de Guerreiro-da-Fúria só atrasar Fenris até agora! Olhar sua Matilha... Ela estar falida! Até aqui os únicos sons ser gemidos deles e você querer levar eles para mais problema. Eles não ter condição de fazer nada, e Alpha continuar pedindo mais deles. Se Darkness não lembrar de Vagante-Branco tinha deixado ele para Maldito, mandando um Garou semi morto correr, quando nem de pé fica."

Respira novamente para que seu tom de voz não aumentasse e prossegue, intercalando os membros daquele grupo:

"-Até agora todos vocês usar habilidades de vocês para salvar o couro de vocês, pra curiosidade e objetivos próprios, individuais, egoístas... Darkness não precisou de ninguém pra chegar aqui além de Narssuk, usou força e Fúria pra salvar própria pele e pele de vocês, enfrentou Malditos pra ajudar vocês sem ser da Matilha, e até agora vocês não fazer nada por Darkness, nem ligaram dele ir embora quando estavam seguros no Caern. Tadewi querer ser líder, então liderar, por que até agora só agir por conta própria que nem todos! Se não saber fazer isso, se não saber usar habilidade de todos para um objetivo comum e nem reconhecer as necessidades desses dois que estranhamente aparentam um vínculo com você para confiar a vida quando nem merecer, parar de colocar a vida deles em risco e deixar Darkness fazer o que tem que fazer. Se junto com Narssuk, Tadewi conseguir encontrar outros Garous, Darkness precisar que dupla encontre Ventos-Resignados agora. E se Raziel poder sentir inimigos, Darkness precisar que veja se tem em nosso caminho a frente e não o que passou, como esse cemitério, pra ajudar garantir que nós não encontre inimigos em caminho. Vocês poder fazer isso pra Darkness, mesmo Darkness não sendo líder de vocês?"

Na atual circunstancia tentava fazer com que aquela Matilha passasse a ser uma força só, como deveria ser. Esperava que os dois lhe ajudassem no que foi solicitado, porém se percebesse que Tadewi voltasse com o velho discurso de dar desculpas e querer dar ataques desnecessários, apenas iria para a piscina atravessar a Película e o deixaria falando sozinho.
avatar
Steve Mandrake

Mensagens : 230
Data de inscrição : 17/06/2015
Idade : 30

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: - Umbra -

Mensagem por Admin em Ter Set 01, 2015 2:56 pm

Após a fala extensa de Darkness, ao qual Narssuk reage arregalando os olhos relativamente surpreso, passa então a chamar a atenção de Tadewi com um gesto enquanto observava os arredores como quem analisa o ambiente, pondo-se em seguida mais uma vez em comunicação mental com o Wendigo.

Enquanto isso, de algum lugar naquela área, não muito perto mas também não muito longe, um tipo de urro ou grunhido assustador ecoa pelas ruas sem que se pudesse afirmar uma direção e não parecia vindo de nenhuma criatura humana (Tadewi embora ouça, o som lhe parecerá tão longe e surreal que não prestará atenção enquanto estiver em comunicação mental com Narssuk).

--------------------------------------- OFF ---------------------------------------

Todos ganham 1 de fúria, exceto Darkness, que ganha 2.
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 742
Data de inscrição : 15/05/2015

Ver perfil do usuário http://pressagiosdofim.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: - Umbra -

Mensagem por Suzanne O'Bran em Ter Set 01, 2015 4:21 pm

Tadewi olha incrédulo ante a atitude tomada por Darkness. Constantemente questionava sua liderança, fazendo transparecer que faria melhor, que tudo da forma dele seria diferente, que conseguiria sobreviver naquele mundo sozinho, sem a companhia, estar assistido ou em meio a uma matilha.

Quando tudo que Tadewi acredita e prezava é posto a prova, o semblante do nativo modifica para algo não visto até o momento, seu comportamento frio até então, assim como seu sangue oriundo do norte gelado, ferve como um vulcão prestes a explodir.

Enquanto enfurece solta Raziel no chão, com o máximo de cuidado que o pouco que restava de sua sanidade permitia. Neste instante trava uma luta com seu eu e besta interior.

Teste de frenesi:

2015-09-01 08:03:06 Tadewi rolls 6 dice to frenesi 1,4,3,6,1, 5 [failure]

A besta cobrou o preço pela ação tomada por Darkness, mas mais uma vez o Wendigo disse não! Não perderia o controle.

Ser alfa era um fardo de um verdadeiro líder e cada segundo que Darkness se fez presente nesta matilha, ou melhor, desde o instante que se apresentou, provou que jamais poderia estar a frente de um grupo. Deveria estar sozinho, de preferência como um ronin.

_Rixa, mágoa ou sentimentos de ira contra você, eu teria todos os motivos para isso ou melhor, você a cada instante me dá motivos para isso!

_Você esperava que eu fosse atrás de você por que saiu da cabana em meio a uma decisão tomada, contrariando a litania, onde uma derrota honrada não foi aceita... Espere sentado, eu não vou bajular ninguém, eu não vou atrás de você por decisões tomadas por você de cabeça quente. Como faz agora!
Se você for embora você vai morrer e nós talvez. O caern vai padecer e a confiança depositada em nós será em vão...

_Tolo!

_A todo instante você se mostrou egoísta e presunçoso, fraco de espírito...

_Eu sou o alfa e você vai ter que engolir isso. Karl está a algumas quadras daqui e quer você queira ou quer não eu vou atrás dele, e acredito que nenhum destes dois, passando o que passou vai de encontro a esta vontade. Quando tiver Karl e Merlin, junto a nós, iremos atrás de Hioshmitsu, antes disso não!

_Sou exigente, cobro além do devido, por que eu estou fazendo além de minhas forças, sem reclamar!

_Enquanto você diz que eu abandonei Raziel, eu estava despistando um espírito maligno, com ajuda de ventos do norte. Enquanto isso você sorria de algo que não entendia, mas nada falei. Raziel viu o que fiz e apenas ele sabia até então, porém, mais uma vez, fui eficaz.

O nativo crava sua garra no chão enfurecido.

_A todo instante meu lado tribal se pergunta por que eu não voltei para minha terra natal, quando tudo que vejo aqui é caos e provavelmente estamos vivendo um apocalipse... Eu te digo com convicção: É por que ainda precisam de mim!

_Eu vim de muito longe, mas não vou aturar desaforo de você. Se você quer ir, esta é sua chance. Mas se quiser ficar pare de choramingar e tratar os demais com desrespeito. Este é o primeiro e último aviso!

Teste intimidação:

2015-09-01 08:17:08 Tadewi rolls 13 dice to intimidar 4,7,6,1,1, 10,10,1,5,7, 2,4,7 [3 successes]



...

Ouviu o rugido e avisou a ira que sentiu logo após isso. Mas não daria mais um passo sem que trouxesse a Darkness sua obrigação e aceitação da matilha ou a ruína que tomaria por decisões unicamente suas.




avatar
Suzanne O'Bran

Mensagens : 326
Data de inscrição : 16/05/2015
Idade : 33

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: - Umbra -

Mensagem por Ivy_curto_circuito em Ter Set 01, 2015 7:20 pm

Ivy(Hominídeo)-Narração-Todos

Ivy ainda resmungava consigo mesma, enquanto Raziel falava, a quantidade de malditos que seu velho amigo disse ter ali preocupava a Impura, porém, ela estava ocupada demais em um debate com ela mesma, para voltar seu olhar para o Vagante-Branco.


Ouviu as palavras inciais de Darkness, sobre a conversa que ela estava tendo e apenas disse em um tom como uma criança aborrecida para o Fenris:

-Não se mete brutamontes...

-To falando com essa chata aqui...


Logo viu que o mesmo notara que a conversa não era dirigida a ele e a ignorou, porém, antes mesmo que Ivy pudesse voltar ao seu debate, Darkness voltou suas palavras para os outros membros da matilha, a Andarilha, se calou e observou com silêncio enquanto pensava:

"Isso vai dar merda..."

As palavras do Fenrir eram ríspidas, desnecessárias para um momento igual aquele e cheias de um egocentrismo que fez Ivy rir, de fato, a natureza de Darkness intrigava a Impura, ela mesmo era uma Garou solitária, porém, mantinha laços de amizade sempre que podia com as matilhas provisórias na qual fez parte, foi assim também, que começou a amizade dela com Raziel. Fazendo as palavras de Darkness, soarem de forma divertida para a Ragabash, que sabia que associou aquela explosão do Fenrir, ao stress e fome que estava passando, então apenas ignorou as palavras ditas também direcionadas a ela.

....

Ivy achou que não tinha como piorar, mas naquele cenário que estavam vivendo tudo podia piorar, Tadewi parecia ofendido com as palavras de Darkness, que embora tivessem algumas verdades vistas também pela Ragabash, mas não precisavam ser ditas, não ali. Ouviu então as palavras, explicações e ameças de Tadewi, que a fizeram erguer as sobrancelhas se perguntando o que ela faria.


"Preciso nos tirar daqui, antes que essa discussão se prolongue."

...

A Impura desceu de cima de Darkness quando mesmo se aproximou da água, ficando de pé se apoiando nas do mesmo e já fitou a água, se conectando com o mundo físico para realizar a travessia, tentando levar Darkness consigo, porém era um processo demorado, Ivy ainda sentia muitas dores e isso fez ela ter de empregar sua fúria ali para que pudessem passar tranquilamente para o mundo físico. Logo todos podiam ver a água subirem como pequenas teias e grudarem nas pernas de Ivy , tomando conta aos poucos dos membros inferiores dda impura, enquanto passava lentamente para o mundo físico. Infelizmente, não conseguiu levar Darkness consigo:

.....

Enquanto a travessia ocorria, Ivy se pôs entre os dois Garous, que estavam irritadiços e disse em meio a uma careta de dor, enquanto segurava com a mão próximo a seu estomago, um enorme ferimento:

-É sério que vão começar com essa merda tudo de novo?


Ivy fitou Darkness dizendo:

-Você está com fome e estressado, guarde suas palavras para você da próxima vez brutamontes.

-Entendo que você discorda de muitas atitudes de Tadewi e terá a chance de desafia-lo para provar isso.

-Você diz que não precisa de ninguém, mas mostrou insatisfação em perder a liderança dessa matilha, então me pergunto....


Ivy faz uma breve pausa e continua:

-Por que você está tão insatisfeito e tem essa necessidade de apontar os erros do Índio?

-Se realmente tivesse a necessidade de solidão, você teria seguido um caminho diferente do dele, seja tendo a ajuda de Narssuk ou não. Por fim, a própria necessidade de estar em matilha, seu próprio instinto te trouxe aqui.

-Da próxima vez, não se deixe levar pelo stress que está sofrendo e fique quieto, pois o trabalho de mostrar os erros dos outros é de meu augúrio.

Ivy, então voltou seu olhar para Tadewi, o Índio estava exaltado, mas a Impura não se importava com aquilo, então falou em um tom irônico:

-Quanto a você, foi praticamente genial a ideia de urrar enquanto estamos nos escondendo, seria mais fácil, tu colar um letreiro luminoso nas nossas costas aqui na umbra, pra mostrar que estamos aqui.


Então Impura, se silenciou por alguns segundos, fitando Tadewi e prosseguiu:

-Eu sei bem do quanto te aborrece ser questionado, quando a verdade tudo que você está fazendo é só para ajudar.

-Eu agradeço muito o que está fazendo por nós e eu sei que o que me pediu foi exclusivamente por necessidade, e agradeço por não estar nos tratando com um fardo. Sendo assim, ficarei feliz em dirigir no mundo físico, não me sinto bem fazendo o tipo de donzela indefesa.

-Porém concordo com Darkness em alguns pontos, você tem uma dificuldade de entender o que estamos sentindo, não sei se você tem algum problema ou se só é imbecil mesmo. Mas, você já demonstrou que se importa com os membros da sua matilha.

-Quando tudo isso acabar, ou pudermos descansar, irei te falar quais coisas que concordei com Darkness.


Os olhos de Ivy então brilharam em um vermelho quase de uma máquina, enquanto concluiu:

-Mas até lá, acho melhor os dois se acalmarem, pois antes de qualquer um  dos dois se agredirem e mostrarem o quão fodalhões são, vão ter de terminar de me matar.

-E você Índio, terá o sangue de alguém de sua em suas mãos...

Voltou seu olhar para Darkness e disse:

-E você brutamontes, terá feito todo seu esforço, para me manter viva, sido em vão.

As presas de Ivy então cresceram e em meio a um rosnar concluiu:

-E ai? Qual vai ser?

Ivy então fitou todos, enquanto continuava a travessia para o mundo Físico.


OFF:


2015-09-01 10:08:32 Ivy Curto-Circuito rolls 4 dice to Atravessar Película (Diff 7, used willpower) 8,2,5,2 [2 successes]

Saldo fdv: 6


Última edição por Ivy_curto_circuito em Qua Set 02, 2015 4:24 pm, editado 2 vez(es)
avatar
Ivy_curto_circuito

Mensagens : 67
Data de inscrição : 16/07/2015
Idade : 21

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: - Umbra -

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 10 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum