Caern - Presságios Vívidos

Página 6 de 19 Anterior  1 ... 5, 6, 7 ... 12 ... 19  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Caern - Presságios Vívidos

Mensagem por Suzanne O'Bran em Sab Ago 01, 2015 3:50 pm

Tadewi olha para Raziel incrédulo com o que ouviu, analisa por algum tempo o mesmo, estático e sério. Seu olhar parecia atravessar Raziel em busca do entendimento.
A falta de tato para assuntos que requerem um compreendimento empático fez com que demorasse a notar que aquilo não era uma piada.

_Não me referia a função perante a missão, isso já está muito bem definido e sim a funções ante a seita e nação Garou.

Da uma leve pausa.

_Vamos formar uma matilha, a princípio ela será temporária, mas logo precisaremos de um nome, um espírito que nos guie e tudo que pede as regras da nação.
_Futuramente será cobrado a liderança de nós, assim como um beta, o responsável pela parte ritualísticas e outros. Devemos estar preparados!

_A habilidade de alguns já foram citadas, pelo menos tenho isso em minha mente, porém, devemos definir as funções na integra, como manda as leis sagradas e tradições, estando assim todos de acordo para com seus direitos e deveres...

Tadewi voltar a fitar os demais.

_Apesar de não ter problema algum em seguir outro Garou que esteja disposto a desempenhar este papel, me coloco na disputa pelo cargo de liderança por acreditar que esteja preparado para isso.


Última edição por Tadewi em Dom Ago 02, 2015 1:19 am, editado 3 vez(es)
avatar
Suzanne O'Bran

Mensagens : 326
Data de inscrição : 16/05/2015
Idade : 33

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Caern - Presságios Vívidos

Mensagem por Raziel em Sab Ago 01, 2015 4:07 pm

Ahhh... Era isso! Bom nós não nos conhecemos bem então teremos que ter voluntários para esses cargos. Eu me abstenho disso. Depois podemos eleger alguém
avatar
Raziel

Mensagens : 99
Data de inscrição : 15/07/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Karl - Todos

Mensagem por AetherLugus em Dom Ago 02, 2015 2:49 am

Karl se dá por satisfeito com o desenvolvimento tático e a interação de Tadewi perante a ele e aos outros. O Wendigo parecia estar ficando um pouco mais à vontade ali, e agora falava justamente no que Karl pensara há algum tempo naquela conversa - que era hora de falar sobre papéis. Em sua experiência anterior com um pouco de burocracia política humana, cargo que não mais desempenhava, percebia que era necessário cada um ter um chão firme no qual pisar e conhecer bem as delimitações perante os demais. Mas, talvez uma mazela da vida política, devia-se contar sobre si sim, mas não tudo. Nunca tudo. Tudo é sempre demais.
Karl se diverte um pouco com seus pensamentos, ao perceber que conseguia ser imparcial sobre praticamente todas as questões - uma grande qualidade philodox. Mas tinha suas pedras de toque, especialmente Laura. Ali surgia a questão: isso fazia dele um homem melhor, um homem pior, ou apenas um homem comum? Um dia ainda elucidaria isso.

- Bem exposto, Tadewi. Consigo me virar com as palavras boa parte das vezes e poderia auxiliar àqueles que vão em buscas mais sociais e burocráticas. Posso resolver conflitos - até gosto. Porém, admito que ainda tenho me adequado ao local, vim do Canadá, e, acostumado com alguns colegas anteriores que eu julgava pacifistas, tendo descoberto que eram apenas desidiosos, acabei me adequando um pouco àquele ritmo e temo que minhas soluções sejam um pouco menos instantâneas do que o desejável. De qualquer forma, só assumiria esse papel de resolver conflitos se fosse democraticamente aceito pelos demais. Não falo em maioria aqui, em unanimidade. Tenho um pouco de receio em respeito a funções de liderança, tenho antepassados de grande potência e renome correndo dentro de mim, e às vezes isso, sendo mais forte que eu, pode me levar a atitudes que não eu não compreenderia. Claro... pode não ocorrer, mas minha necessidade de permanecer controlado impera. Aliás, senti bastante disso em você também. Respeito isso.

* Já falei o suficiente... o ideal é esperar outras manifestações*.

Karl cruza os braços e fita o Wendigo, o bruxo estava bem mais solto agora e o que dizia era coerente. Mas Karl imaginava que este assumiria hora ou outra a função de liderança, não parecia um tipo que conseguisse seguir todo tipo de direcionamento. O Senhor das Sombras entendia, pois nem ele o faria.
avatar
AetherLugus

Mensagens : 22
Data de inscrição : 23/06/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Darkness - Tadewi - Todos

Mensagem por Steve Mandrake em Qua Ago 05, 2015 1:12 am

Darkness balança a cabeça de forma negativa, desacreditando na reação submissa dos demais e ficando mais ainda desgostoso com a postura de Tadewi que parecia ainda não ter entendido bem a situação: - Se Darkness não estar na Matilha, reunião acabada sim... Darkness não aceitar Wendigo como líder!!

Então se vira, na intenção de sair do grupo e completar o planejamento posteriormente com Cooper, mas não sem responder a solicitação do Alpha daquela matilha: - Gostaria? Darkness não está aqui para fazer seus gostos! Se quiser falar com Darkness pode vir até Darkness PEDIR pra ser ouvido. Darkness não dever obediência a lobo!

Então sai andando...
avatar
Steve Mandrake

Mensagens : 230
Data de inscrição : 17/06/2015
Idade : 31

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Caern - Presságios Vívidos

Mensagem por Suzanne O'Bran em Qua Ago 05, 2015 2:12 am

Tadewi aponta para o filodox após a postura inadequada de insubordinação adotada por Darkness.

Se levantando do assento ao qual se encontrava sem muita pressa. A todo instante mostrava estar no controle da situação, parecendo ignorar por completo a Darkness. Agindo com frieza, se mostrava sereno.

Como antes dito, era preparado para liderar e tomaria a atitude mais sábia possível para o momento.

Esperaria Darkness partir, como esse mesmo demonstrou em suas intenções, para só após isso dirigir a palavra a Karl.

_Infelizmente vamos atrasar nossas tarefas para resolver este problema Karl.

_Me acompanhe por favor Beta!

Tadewi já estava convicto em sua decisão para o cargo de beta e neste instante deixou claro aos ouvidos de todos a sua escolha.

Estava certo que pegou alguns daquela sala de surpresa, mas Karl sempre fez parte de seu planejamento de liderança.

...

Antes de cruzar a porta diz em um tom abrangente.

_Aos demais segue a antiga ordem: Estão todos liberados para cumprir com suas obrigações relativa a missão.

_Peço apenas que nos encontremos aqui antes de hélios nos atingir com sua luz.

_Quanto mais cedo nos reunirmos aqui, melhor.

Deixou claro que o melhor a se fazer para quem não tinha nada a perder do lado de fora, era ficar na seita.

...

Ao atravessar a porta, aguardaria do lado de fora da cabana pelo senhor das sombras.



avatar
Suzanne O'Bran

Mensagens : 326
Data de inscrição : 16/05/2015
Idade : 33

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Karl - Todos

Mensagem por AetherLugus em Qua Ago 05, 2015 7:03 pm

Ao término da conversa sobre a definição de um alfa, a insatisfação de Darkness era realmente previsível. Mas Karl não imaginava que este iria sair da cabana para conversar, e logo pensa: *Ai, droga, agora vem discussão pesada mesmo*.
Até tenta amenizar quando percebe que esse começa a andar na direção oposta de onde estávamos:
- Darkn....
Mas era tarde.

Quando Tadewi o anuncia como beta, Karl apenas olha em sua direção e assente com a cabeça fechando os olhos e os abrindo novamente, assumindo honrosamente a função escolhida do líder.
Em seguida o segue, uma vez que este o aguarda lá fora.

--------------------------
Off: Quero antes de sair ativar o Dom da Persuasão para caso seja necessário, uma vez que argumentos baseados na litania já existem, quero mais como um fator facilitador mesmo.
Karl Dimitriev rolls 7 dice to Dom da Persuasão 2,9,6,1,3, 7,8 [3 successes]
avatar
AetherLugus

Mensagens : 22
Data de inscrição : 23/06/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Caern - Presságios Vívidos

Mensagem por Steve Mandrake em Qua Ago 05, 2015 8:28 pm

Darkness (Hominídeo) - Narração

Já afastado de sua própria toca, o Ahroun se desloca em meio a mata até perceber que estava sozinho. Para colocando as mãos no bolso da calça, estufa o peito e ergue o queixo, direcionando seus olhos ao céu. Respira então fundo, afim de expurgar sua ira. Raciocinava sobre os últimos acontecimentos e sua intolerância a covardia não o permitia compreender como aquilo era possível.

Mais calmo continua a caminhar, olhando a Seita para ver se encontrava Farol-Ardente ou Sete-Vidas...
avatar
Steve Mandrake

Mensagens : 230
Data de inscrição : 17/06/2015
Idade : 31

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Caern - Presságios Vívidos

Mensagem por Suzanne O'Bran em Qua Ago 05, 2015 10:28 pm

Tadewi ao notar que Karl tinha saído a seu encontro, faz menção em caminhar. Inicia uma caminhada lenta, mas caso Karl lhe acompanhe, segue dizendo, enquanto aumenta mais ainda o compasso de suas passadas.

_Vamos até a cabana de Stevan.

Suas intensões eram difíceis de serem decifradas, o nativo parecia não ter sentimentos ou estar pensando em outra coisa distante.

Até que de súbito se volta novamente ao beta, diminuindo sua velocidade e passo a ponto de parar.

_Não entendi a atitude de Darkness. Mas ele deixou claro que não quer fazer parte do grupo, assim sendo, apenas transmitirei sua vontade a nosso líder.

_Mas antes relatarei o sucesso de nossas união, e que temos uma matilha formada e organizada para a missão.

_Algo mais a acrescentar?

Conversa com Karl de uma maneira bem igualitária, Karl tinha um papel de conselheiro agora, assim como de testemunha.
avatar
Suzanne O'Bran

Mensagens : 326
Data de inscrição : 16/05/2015
Idade : 33

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Karl - Tadewi

Mensagem por AetherLugus em Qua Ago 05, 2015 10:36 pm

Karl escuta atenciosamente as palavras de Tadewi.

- Correto. Podemos relatar a situação sim. Acho que essa atitude dele foi explosiva, talvez pense depois e talvez não. Mas a situação urgente que demanda nossa atenção é o que está para ocorrer amanhã, e se ele se eximiu disto conosco, terá que necessariamente se dispor a atuar com A Irmandade. Caso contrário ele estaria deixando de atuar quando fora solicitado.

- Por enquanto é o bastante. Mas deixemos claro para Steven que quando propus que os dois expusessem suas ideias como líder ele aceitou e o fez. Depois foi embora por não aceitar a decisão geral. Era uma disputa e ele só aceitaria o resultado se ganhasse.

O Senhor das Sombras seguirá Tadewi no que este for fazer ali no Caern, e depois irá para casa.
avatar
AetherLugus

Mensagens : 22
Data de inscrição : 23/06/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Caern - Presságios Vívidos

Mensagem por Suzanne O'Bran em Qua Ago 05, 2015 10:39 pm

Tadewi assente com a cabeça e volta a caminhar, agora em silêncio. Até alcançar a cabana de Stevan
avatar
Suzanne O'Bran

Mensagens : 326
Data de inscrição : 16/05/2015
Idade : 33

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Caern - Presságios Vívidos

Mensagem por Suzanne O'Bran em Qua Ago 05, 2015 10:46 pm

Tadewi assente com a cabeça e volta a caminhar, agora em silêncio. Até alcançar a cabana de Stevan.
avatar
Suzanne O'Bran

Mensagens : 326
Data de inscrição : 16/05/2015
Idade : 33

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Darkness

Mensagem por Admin em Qua Ago 05, 2015 11:33 pm

Ao olhar em sua volta, o Cria de Fenris apenas contempla a mata e a escuridão. Não havia nem sinal de vida naquele pedaço da mata onde estava, apenas o cantarolar de uma cigarra.

Entretanto, antes que pudesse se decepcionar ou decidir por novos rumos, teve sua mente arrebatada para uma outra realidade. Demoraria para entender o que estava vivenciando, mas viu-se deixando o próprio corpo e ganhando os céus numa velocidade tão grande, que num piscar de olhos, sentia-se voando por entre as nuvens e quando esboçou temor pelo próprio corpo que abandonava inerte no solo, já se encontrava na cidade, ouvindo e vendo o trânsito, que lhe parecia muito mais assustador, com buzinas que invadiam seus tímpanos com brutalidade, luzes que o cegavam e risos de espíritos que pareciam se divertir com a confusão do lobo, embora não pudessem ser vistos.

De repente, começou a ouvir o respirar de alguém e logo podia ver os passos dessa pessoa, com pés frágeis e andar leve, como se estivesse vendo de dentro do corpo da própria pessoa. Ela dá mais dois passos e se detém no seu destino, um ponto de ônibus. No ponto, mais algumas pessoas esperam a condução e Darkness começa a ouvir gritos esbaforidos, sem que a imagem lhe mostre qualquer coisa de consonância à gritaria. Só então, como se os sons tivessem chegado à percepção do lobo primeiro que as imagens, é que o garou nota as pessoas vendo algo que lhes amedrontava, então começa haver empurrões e confusão, muitos fugiam do ponto, até que a hóspede é chacoalhada por um esbarrão e Darkness se vê lançado do corpo dela, caindo ao chão e podendo finalmente vislumbrar a figura.


Ela gritava tão atormentada quanto todos e se ajoelhava no chão para buscar seus óculos que Darkness podia ver perfeitamente, sendo chutados e esmagados por pés alheios. Estranhamente, o Ahroun sente que conhece aquela angelical figura, ela o remetia a uma sensação de vivências passadas, embora não pudesse lembrar sob que circunstâncias. Até que a moça é segurada pelos braços descuidadamente e era possível ver a força daquelas mãos calçadas e os sons continuam chegando antes das imagens, quando Darkness ouve: - Não, por favor, não me levem... e aquela experiência chega ao fim.

Darkness se vê de volta ao seu corpo, mas os detalhes da cena começam rapidamente se apagar da sua memória.
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 742
Data de inscrição : 15/05/2015

Ver perfil do usuário http://pressagiosdofim.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Tadewi - Karl

Mensagem por Admin em Qua Ago 05, 2015 11:41 pm

A noite e a escuridão já predominava pelo Caern  quando Tadewi e Karl se puseram a voltar para os aposentos do grande Ancião.
Enquanto subiam o morro, Tadewi pode escutar uma voz familiar que lhe visita a intimidade da mente: - Não sei se é uma boa ideia ir fazer isso. Pode parecer... fofoca. Disse a voz que o Wendigo conhecia muito bem.

Logo do lado, Karl percebe o recebimento de uma mensagem no celular. Ela era de cerca de 20 minutos atrás, mas só havia chegado agora: - Estamos indo, ok? O número era do seu irmão. Na sequência, uma segunda mensagem de número desconhecido e informando aquele exato minuto, dizia: - Venha pra casa logo.
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 742
Data de inscrição : 15/05/2015

Ver perfil do usuário http://pressagiosdofim.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Caern - Presságios Vívidos

Mensagem por Suzanne O'Bran em Qua Ago 05, 2015 11:56 pm

Após as mensagens de celular que Karl recebe, Tadewi fita o beta com uma cara como quem perguntasse: Está tudo bem?

Em um súbito momento Tadewi se põe em estado de alerta.

O Wendigo parecia fitar em todas as direções com o olhar apenas, o que demonstrava não ser nada de grave.

OFF: conversa mental via chat.

Estaca enquanto leva a mão a cabeça, parecia estar em um contato mental e sequer esconde isso.

ON:

Após alguns minutos o Garou olha para Karl.

_Recebi uma orientação espiritual, e o conselho me pedia para aguardar.

_Eu não sei o quanto você confia nos espíritos, mas eu tenho uma ligação íntima com alguns, e acredite, estes nunca me desapontaram.

_Vamos aguardar um pouco antes de tomar qualquer decisão, de qualquer forma, fico agradecido por se mostrar interessado em resolver nossos problemas.

_Sendo assim caro primo Garou, devo te dispensar. Tenho em mente que você entende meus motivos.
avatar
Suzanne O'Bran

Mensagens : 326
Data de inscrição : 16/05/2015
Idade : 33

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Caern - Presságios Vívidos

Mensagem por Steve Mandrake em Qui Ago 06, 2015 1:58 am

Darkness (Hominídeo) - Narração

Olhos arregalados e boca seca... Fixando o horizonte como quem raciocina pelo que exatamente acabou de passar, sem encontrar qualquer argumento lógico...

*Parece uma memória... Mas os raptos começaram muito depois de eu ser encontrado... Ou não?! Quem era ela? Ela... Ela...*

Piscando repetidas vezes como quem retorna ao seu tempo e espaço, o Cria de Fenris, volta a andar em passos largos a procura de algum membro da Matilha A Irmandade...
avatar
Steve Mandrake

Mensagens : 230
Data de inscrição : 17/06/2015
Idade : 31

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Karl - Tadewi

Mensagem por AetherLugus em Qui Ago 06, 2015 9:16 am

Ao olhar as mensagens em seu celular, Karl sente algo estranho em relação ao número desconhecido. O fato da primeira mensagem estar no plural o tranquilizava. *Ainda bem que Igor veio com Laura, pode ter algo errado lá em casa*
Quando Tadewi olha para ele, Karl até pensa em pedir ajuda, especialmente pelo o que presenciou mais cedo na loja de conveniências, mas pensou que se algo fosse ocorrer, que fosse com ele sozinho e haveria muito a perder arrumando problema previamente à missão. Então se limita a apenas erguer rapidamente as sobrancelhas, concordar com a cabeça e sorrir de canto de boca. Das muitas coisas que Karl aprendeu instintivamente na vida, estavam infindáveis formas de se concordar ou assentir com algo.

- Tenho tentado criar uma ligação com alguns espíritos. Mesmo que seja de respeito. Você parece saber interpretá-los e se acha que é assim que devemos agir, vou concordar. Acredito que vá haver bastante atrito por aqui, ao menos com o tempo e posso ajudar a resolver.

Dá a mão a Tadewi, como um cumprimento humano, e diz:

- Amanhã nos veremos. Tenha em mente que em hipótese alguma eu faltaria isso.

Era essa a mensagem com a qual se resguardaria de qualquer perigo que ainda enfrentasse hoje. Era pouco, mas suficiente. Não cederia à paranoia e não colocaria ninguém em perigo.

*Vou ter que pedir para Igor ficar com Laura em um hotel se ela estiver dormindo pesado... De qualquer forma eu vou para casa*, adiar preocupações não era algo que agradava a Karl. Especialmente naquele momento.


Última edição por AetherLugus em Sex Ago 07, 2015 12:11 am, editado 1 vez(es)
avatar
AetherLugus

Mensagens : 22
Data de inscrição : 23/06/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Caern - Presságios Vívidos

Mensagem por Suzanne O'Bran em Qui Ago 06, 2015 1:41 pm

Por fim o nativo ao notar que Karl compreende sua ação, se dá por feliz. Era fato que alguns garous possuíam mais contato com espíritos que outros, todavia aceitar esta visão sem mesmo entender, era mais importante que isso, era exercitar sua fé, sua confiança e Karl ao agir deste modo, se mostrou honroso.

Tadewi vinha de tradições diferentes, não era comum apertar as mãos em despedida, porém acompanha o ato fixando o olhar no de Karl.

_Sim, sei que vai honrar seus compromissos!

Assim sendo após a despedida o Garou assume sua forma lupina, caminha alguns passos e volta sua visão para trás em uma segunda despedida, desta vez de modo lupino. Após isso segue seu rumo focalizando o ponto de destino; a mata fechada.
avatar
Suzanne O'Bran

Mensagens : 326
Data de inscrição : 16/05/2015
Idade : 33

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Caern - Presságios Vívidos

Mensagem por Steve Mandrake em Sex Ago 07, 2015 5:06 am

Darkness (Hominídeo / Lupus) - Narração

Sem conseguir encontrar ninguém da Matilha A Irmandade, o lobo caminha vagarosamente de volta para sua toca, caindo repentinamente nas quatro patas ao reverter finalmente a sua forma racial. Estava exausto e acordaria antes do sol surgir. Em sua mente, milhares de divagações sobre o que acabara de ocorrer, porém nada podia fazer, não havia com quem discutir aquilo no momento.

Adentrando em sua cabana, empurrando a porta com a cabeça, ele adentra, sobe no sofá, roda umas três vezes com o focinho colado ao forro quase quebrando o móvel devido ao seu tamanho e peso, e por fim se deita, fechando os seus olhos com as imagens que ainda conseguia se recordar, esperando que o sono iluminasse sua memória...
avatar
Steve Mandrake

Mensagens : 230
Data de inscrição : 17/06/2015
Idade : 31

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Caern - Presságios Vívidos

Mensagem por Admin em Sex Ago 07, 2015 4:24 pm

FIM DA NOITE
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 742
Data de inscrição : 15/05/2015

Ver perfil do usuário http://pressagiosdofim.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Caern - Presságios Vívidos

Mensagem por Admin em Qua Dez 02, 2015 1:13 am

FIM DA NOITE

avatar
Admin
Admin

Mensagens : 742
Data de inscrição : 15/05/2015

Ver perfil do usuário http://pressagiosdofim.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Ivan

Mensagem por Admin em Dom Fev 14, 2016 8:17 pm

Após seus familiares terem se adaptado a Austin, ao ponto de ingressarem na seita, informaram para Ivan sobre a prosperidade e recentes problemas daquele Caern. O líder Mão-de-Ferro havia emitido um convite para novos integrantes, já que o Caern estava alcançando um novo nível de poder. Dessa forma, os primos do Philodox viram um momento muitíssimo oportuno para que Ivan finalmente se ligasse a uma seita.

Havia então passado apenas uma noite naquela cidade, descobrindo tão logo sobre todos os rumos relacionados a sequestros que tomavam conta da mídia, para que no dia posterior (hoje) fosse se apresentar formalmente ao ancião.

Agora, Ivan encontrava-se de frente para as divisas do Caern (leia a descrição do caern na primeira página), já tendo passado pelas águas. Precisava apenas uivar e aguardar ser recepcionado.
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 742
Data de inscrição : 15/05/2015

Ver perfil do usuário http://pressagiosdofim.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Caern - Presságios Vívidos

Mensagem por Severo em Seg Fev 15, 2016 12:58 am

*Uivo-Prata fareja o ar, esperando ver alguém enquanto toma fôlego para sua apresentação...após alguns segundos ele começa*

- Venho respeitosamente a este local sagrado, eu Uivo-Prata, filho de Olhos-na-água, neto de Espreita-wyrm e filho dos presa de prata nascido na meia lua, estudante das tradições de nosso povo...atender ao convite de Mão-de-Ferro...

*seu uivo foi sereno, e paciente e Uivo-Pra aguarda em silêncio.*

(Off edit> tribo e augúrio eu pulei a primeira vez)
avatar
Severo

Mensagens : 25
Data de inscrição : 15/02/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Ivan

Mensagem por Admin em Seg Fev 15, 2016 9:44 pm

Minutos inteiros se passam naquela mata, onde as sombras tomavam conta muito mais cedo que no asfalto. Os insetos zumbiam, grilos cantavam e as árvores dançavam ao sabor do vento, quando um barulho incomum passou a ser escutado, ao longe.

O chão começava a vibrar ante o galopar de um animal atroz e a vegetação se rendia, deitando-se para a passagem de um lobo de tamanho que fugia do convencional. A loba saltou por cima de um arbusto, parando a alguns metros de distância do Presas de Prata, ela tinha pelagem inteiramente negra e de vistoso brilho noturno, marcado por falhas provenientes de cicatrizes, valendo o destaque de uma em especial que lhe cortava boa parte das costas.

Com um olhar firme, ela se aproximou vagarosamente, à guisa do cão que tenta farejar um outro de sua espécie. Depois de ter inspecionado Ivan olfativamente, se distanciou encarando-o nos olhos: - Sou Trinca-Escalpos ou, Abigail. Ahroun das Fúrias Negras, Adren e Hominídea. Ela se vira para trás num curtíssimo espaço de tempo, voltando suas atenções ao Philodox rápidamente: - Você deve seguir esta reta até avistar o morro onde Mão-de-Ferro costuma ficar. A partir daí fica fácil... Trinca-Escalpos volta a caminhar como quem pretende encerrar o diálogo: - Tá liberado, pode ir...
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 742
Data de inscrição : 15/05/2015

Ver perfil do usuário http://pressagiosdofim.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Caern - Presságios Vívidos

Mensagem por Severo em Ter Fev 16, 2016 12:34 am

*Ivan aguarda paciente enquanto a fúria faz sua inspeção, ele não parece surpreso, mas tenta perceber os movimentos dela. Após ela finalizar ele responde:*

  - Muito honrado Trinca-Escalpos, seguirei tua recomendação.

*sem querer importuna-la ele aguarda apenas uns instante enquanto observa a mata e resolve mudar para sua prateada forma lupina e segue o caminho indicado. Mantem sempre a atenção, pois não pretende ser surpreendido em sua chegada*




OFF: imagem de Uivo-Prata em sua forma Lupina.
avatar
Severo

Mensagens : 25
Data de inscrição : 15/02/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Ivan

Mensagem por Admin em Ter Fev 16, 2016 6:08 pm

Após vários minutos de correria, o lobo avista o dito morro, seguindo a partir daí, sem dificuldades, tal qual Trinca-Escalpos havia recomendado. Mais algum tempo se passa então até que o lobo começasse a acessar o centro do Caern, tempo em que o seu olfato aguçado lhe desvendava um mundo de aromas e cheiros.

O ar era muito mais puro que poder-se-ia esperar de um Parque Estadual numa área urbana e vez ou outra, uma corrente de ar traz o cheiro de incontáveis personalidades bem como territórios marcados à moda lupina (com urina).

Além disso, o novato começa a vislumbrar a imensidão do Caern, que nem era dos maiores. Embora ainda não pudesse dizer aonde terminavam aquelas divisas para trás do morro central, podia ver movimentações tão longe quanto seus olhos enxergavam por entre a mata. Espíritos alçando voo, garous conversando, casebres com luzes acesas, tudo espalhado por terras a perder de vista.

Quando enfim começou a subir o morro, rumando a construção onde Mão-de-Ferro estaria, mais uma vez seu olfato lhe permitiu saber o quanto aquela rota havia sido frequentada nos últimos minutos, por fêmeas, machos, jovens e velhos.

No fim da subida, após dar a volta na construção e encontrar uma porta envelhecida, Ivan empurra fazendo-a ranger ao ser aberta, desvendando um pequeno corredor que dava para uma segunda entrada, dessa vez sem porta. A iluminação precária do corredor não era diferente da que iluminava a sala vazia onde se erguia do chão uma espécie de trono de pedra. A sala não tem decoração, sequer pintura nas paredes. Apenas uma porta fechada próxima ao trono.
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 742
Data de inscrição : 15/05/2015

Ver perfil do usuário http://pressagiosdofim.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Caern - Presságios Vívidos

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 6 de 19 Anterior  1 ... 5, 6, 7 ... 12 ... 19  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum