Caern - Presságios Vívidos

Página 5 de 19 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6 ... 12 ... 19  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Karl - Todos

Mensagem por AetherLugus em Dom Jul 26, 2015 12:46 am

O Senhor das Sombras acompanhou os demais até o recinto onde debateriam a atuação. *Hum... vamos ver onde isso vai dar*, ele pensa.

Já imaginava que seria um local pequeno para um número superior de pessoas e por isso não se espantou, tampouco julgou o local. Entrou disposto a permanecer de pé enquanto conversavam.

Durante a análise do local, de imediato a ideia de conferir o horário de grande comoção e locomoção no local. Era uma forma boa de determinar quando agir.
- A ideia de verificar os horários em que há maior movimento é boa. Façamos isso.

Presta atenção nas palavras do colega, especialmente nas de Merlin, que parecia ter traçado uma forma de perfil. *Superficial e tendente a ser ignorado pelos demais, mas um esforço positivo, de fato... *, Karl concorda com a cabeça.
avatar
AetherLugus

Mensagens : 22
Data de inscrição : 23/06/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Caern - Presságios Vívidos

Mensagem por Suzanne O'Bran em Dom Jul 26, 2015 1:38 am

Tadewi agita a cabeça em negação, não era a hora de falar sobre o conceito de matilha ainda, esta era uma situação que deveriam definir após o momento com Cooper.

_Ainda não é o momento de falarmos sobre isso! -diz em um tom seco a Merlin-

_Entendo que matilha é um grupo de garous que agem de acordo, em missão, visando um objetivo. Se isso nos faz uma matilha e se nossos espíritos se tornaram um mediante a este propósito, que seja.

Se mantém em silêncio enquanto se senta, muitos preferiram ficar de pé e o espaço estava pouco.

Pediu o papel de forma educada, estendendo a mão. Em seguida aponta o lugar.

_Esse é nosso FOCO agora. Depois, quando Cooper sair, definiremos a tal matilha como deve ser, também aguardo por este momento, mas o sucesso da missão ainda depende do que definirmos com COOPER. Acredito que ele não tenha muito tempo a perder, e nós, menos ainda!

Aponta o papel, estava ligeiramente irritado por não terem prestado a atenção devida a ele.

Eleva um pouco sua voz enquanto se dirige a todos de uma forma clara:

_Comentem somente sobre este assunto agora, OK?

Olha na direção de Cooper enquanto passa o papel com as informações ao Garou do lado.

_Cooper, estas informações? podemos ficar com ela?

avatar
Suzanne O'Bran

Mensagens : 326
Data de inscrição : 16/05/2015
Idade : 33

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Caern - Presságios Vívidos

Mensagem por Ivy_curto_circuito em Dom Jul 26, 2015 4:23 am

Ivy(Hominídea)-Narração-TODOS

Ivy seguiu sem nem mesmo olhar para trás, varias vezes resmungou sozinha e até mesmo gesticulou para o ar como se realmente estivesse debatendo com outra pessoa algo.

...

Ouviu as palavras de Cooper, assim como observou a imagem e o mapa que ele mostrou, Ivy então ouviu as sugestões de Raziel e por um momento meneou a cabeça em concordância, de fato não era má ideia procurar os picos de movimentos.

....

Ivy então parou por um momento e voltou seu olhar para a sua Pistola, ergueu as sobrancelhas enquanto resmungou:

-Sim, tem razão...

A Ragabash então voltou o olhar para Raziel e disse em um tom de dúvida:

-Eu particularmente acho que saber quantas pessoas passam por ali vai ser uma informação pouco útil, visto que não sabemos se há algum padrão nesses raptos.

Ivy então deu de ombros enquanto concluía:

-Mas como recebemos poucas informações, é o melhor que temos..

Então a Impura voltou seu olhar para sua arma e sussurrou:

-Sim, eu sei...

-Não, depois eu falo..


Ivy então ficou por alguns segundos sussurrando distraida, com sua pistola.

...

Até que a Ragabash dos Andarilhos foi interrompida pelas palavras de Merlin, de fato, eram palavras que levantavam o ânimo, naquele momento tenso. Ivy notara que aquele Garou tentava criar um vinculo empático entre os que estavam ali, mas nem todos perceberam as intenções de suas palavras como a Andarilhas.

"Que cara chato..."_Pensou Ivy enquanto fitou Tadewi._

A Impura devolveu para Merlin um breve sorriso e então voltou seu olhar para Tadewi e disse:

-Larga de ser mala cara, deixa o cara aliviar os ânimos aqui, sei que temos que ver tudo isso e blá blá blá, mas relaxa.

Ivy falava em um tom brincalhão, chegando a sorrir no final, por fim, voltou seu olhar para Cooper e enquanto dizia:

-Eu não entendi bem, vocês sabem que alguns humanos foram capturados certo?

-E pelo que o Ancião disse, alguns deles, vocês até mesmo investigaram a casa e seus endereços.

-Houve algum Padrão nos tais sequestros, ou foram apenas pessoas aleatórias?


Ivy então  olhou em volta procurando algum lugar para sentar, vendo os lugares ocupados, sentou no chão, cruzando as pernas e levantando o olhar em direção a Cooper. A impura ficava então mexendo no pingente do seu cordão, enquanto esperava a resposta.
avatar
Ivy_curto_circuito

Mensagens : 67
Data de inscrição : 16/07/2015
Idade : 22

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Caern - Presságios Vívidos

Mensagem por Steve Mandrake em Dom Jul 26, 2015 8:13 am

Darkness (Hominídeo) - Todos

O Ahroun fora o primeiro a chegar com Merlin e Karl, e agora os três eram os últimos a sair. Na retaguarda de ambos, via Merlin se transformar em lobo e novamente em humano em um espaço tão curto que ficava a dúvida na cabeça do Fenris se ele também tinha problemas mentais.

*Povo estranho, muito estranho...*

Sendo o último a entrar em sua própria cabana, não sabia o que ocorria até aquele momento e se surpreende quando vê Merlin pedir a palavra para um discurso que poderia ser considerado emotivo entre humanos, mas que não influenciava em nada o Cria de Fenris.

Caminhando enquanto as palavras eram ditas, ele se senta no sofá a contra gosto, apenas pela falta de espaço no local. Nessa hora Tadewi tem uma postura que atrai a atenção do Ahroun de forma extremamente negativa, o olhar de reprovação ao bruxo foi imediato, porém ele nada fala em respeito a Cooper, não seria a hora certa. É então que observa pela primeira vez algo sensato saindo da boca da louca, chamando a atenção de Tadewi, nesse ponto Darkness apenas fecha os olhos e grunhi em tom afirmativo:

"-UHUM!"
avatar
Steve Mandrake

Mensagens : 230
Data de inscrição : 17/06/2015
Idade : 31

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Caern - Presságios Vívidos

Mensagem por Suzanne O'Bran em Seg Jul 27, 2015 10:16 am

Tadewi fita Ivy no instante que ela lhe dirige a palavra.

_Percebi que você tem a péssima mania de insultar as pessoas, mas não vou enumerar seus insultos para não criar desordem.
Porém, desde já advirto, se deseja criar uma matilha comigo, deverá agir com mais cautela. O fato de ser um ragabash não te torna imune ao peso de sua língua.

O nativo se mostra sereno, mas não menos tenso que qualquer outro ali, apesar de não transparecer. O Garou era como gelo, sem sentimento ou noção disso e é nesse instante que permite transpacer um defeito particular, sua parca capacidade em "sentir" emoções, porém este só é percebido pelos mais atentos ou que estivessem empenhados nisso.

_Estou tentando dar uma ordem no que diz respeito a esta reunião, não me entendam mal, estou interessado assim como muitos na criação desta matilha, foi para isso que vim, mas precisamos primeiro ouvir antes de mais nada.
Teremos o momento de acertar os detalhes entre nós depois! -Diz em um tom brando, percebeu que pegou pesado demais da última vez que dirigiu sua voz a Merlin, e é para este que olha por último-

Volta por fim a olhar Cooper, esperando o que este tinha a lhe dizer.
avatar
Suzanne O'Bran

Mensagens : 326
Data de inscrição : 16/05/2015
Idade : 33

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Caern - Presságios Vívidos

Mensagem por Ivy_curto_circuito em Seg Jul 27, 2015 4:30 pm

Ivy(Hominídea)-Narração-TODOS

Ivy ergueu as sobrancelhas e sorriu de forma debochada de canto de boca para Tadewi, quando o mesmo lhe dirigiu as palavras enquanto pensava:

"Insultos? O que esse cara ta falando?"

A impura então meneou a cabeça negativamente e falou:

-Insultos? Cara, eu nem me esforcei pra insultar ninguém, se tudo que eu disse veio a te insultar, peço desculpas.

Ivy falava de maneira debochada, era de fato um jeito peculiar que a Andarilha tinha a todo instante então continuou:

-Não poderia saber que a galera aqui fosse tão Princesinha, que poucas palavras fossem ofende-los.

Então enquanto se levantava, fitou rapidamente a Cooper concluindo:

-Caso eu tenha ofendido realmente a qualquer um aqui, fico a disposição de qualquer Juiz para me dar a punição adequada.

Fitou Merlin por fim dizendo:

-Mas até lá, vou fazer meu trabalho da forma que eu acho adequada e não vou impedir que ninguém tente dar a essa reunião ou Grupo um pouco de tranquilidade como Merlin o fez.

Então voltou seu olhar novamente para Tadewi e disse num tom mais sério:

-Todos aqui estamos interessados no desenrolar de tudo isso, mas só cabe a Cooper repreender qualquer um aqui, além dele provavelmente ser o Garou de posto mais alto, é ele que dá as diretrizes da reunião.

-Nesse momento você é tão nada quanto qualquer um aqui e pelo meu diz respeito, precisará da ajuda de todos, então não reprima ninguém.

Então suspirou como se tivesse cansada de falar tudo aquilo e concluiu:


-Até por que, assim como preciso dos seus braços fortes, precisará da minha língua pesada e das palavras de Merlin para lhe confortar quando perder alguém que você se importe.


Ivy então virou seu olhar para Cooper como se nada houvesse acontecido e disse:

-E então cara, deixando de lado toda essa babozeira, houve algum padrão nos Raptos?

Então encostou contra uma parede e aguardou.
avatar
Ivy_curto_circuito

Mensagens : 67
Data de inscrição : 16/07/2015
Idade : 22

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Caern - Presságios Vívidos

Mensagem por Suzanne O'Bran em Seg Jul 27, 2015 4:51 pm

Tadewi sorri ante aquelas palavras, e pela quantidade de baboseira dita.

_Então você passe a tratar a todos pelo nome; sendo este Garou ou de nascimento.

_Trate também de respeitar a forma dos aqui presente de falar, se expressar ou agir. Se você acha a forma de Darkness de falar engraçada por exemplo, eu não achei, ainda mais estas "macaquices" sendo na frente de um Garou de maior posto, sendo como agravante, a presença do líder da seita.

_Cumpra com seu papel de acusar as falhas, mas quando elas realmente existirem!

Tadewi olha para Cooper e em seguida para Ivy.

_COOPER é o Garou mais antigo entre nós, mas o fato de exigir uma sequência coerente e com ordem correta a e seguir, qualquer um pode pedir.

_A ideia inicial nunca foi ofender um irmão que provavelmente será de minha matilha e sim pedir que a conversa siga no fluxo certo.

_Porém se a ideia de vim até aqui era discutir assuntos triviais, posso me retirar e aguardar pelo momento da ação.
avatar
Suzanne O'Bran

Mensagens : 326
Data de inscrição : 16/05/2015
Idade : 33

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Caern - Presságios Vívidos

Mensagem por Ivy_curto_circuito em Seg Jul 27, 2015 5:17 pm

Ivy(Hominídea)-Narração-TODOS

Ivy apenas deu de ombro e disse em um tom ameno para que Tadewi ouvisse:

-Como você mesmo disse, havia um garou de posto elevado e o Líder da seita para me repreender e nenhum dos dois o fez, então quem lhe deu o direito de faze-lo?

Então concluiu:

-Então pra mim, suas palavras pedindo respeito são tão sem sentido quanto essa discussão.

Voltou o olhar para Darkness dando um leve sorriso e disse:

-Além do mais o grandão sabe se defender, não precisa de sua proteção e nem eu.

-E se ele realmente é o Fenrir que aparenta ser, sabe bem que direcionar sua fúria contra uma fêmea chata é tolice, nessa missão quem a mereça muito mais que eu, afinal de contas, acredito que uma impura como eu não mereça tamanha honra.


Ivy era esperta falou em um tom incrivelmente bajulador quando sitou sobre Fenrir, era nítido que a Impura não queria ofender Darkness naquele momento e sim mostra-lo que suas ações não eram dignas de atenção.

....


Então voltou a falar para Tadewi de forma mais amena:

-Então relaxa cara, por que se você se ofendeu por minhas palavras, não vai aguentar conviver na cidade nem por alguns minutos, lá sim, irão lhe ofender de verdade.

-Quanto ao foco da reunião, eu entendi bem seu ponto de vista, entendi sobre a responsabilidade e tudo mais, mas isso não muda o fato de que reprimir qualquer um aqui,  faça a pessoa se inibir mais a frente.

-E não há por que você se retirar, como eu disse, todos aqui são importantes com suas trivialidades, que sejam certas ou não para o momento, deixe que os de posto mais alto ou o Ancião do Caern cuide delas e não vamos alongar discussões entre nós, mostrando os filhotes que somos, que por fim tirou o foco da reunião no final, fazendo tudo que você exigiu vazio.


Por fim continuou fitando Cooper, a espera da resposta.

____________________________

OFF:

Rolagem de Manipulação mais Lábia, afim de causar mais impacto a tudo que eu disse. segue a rolagem abaixo:

2015-07-27 09:15:28 Ivy Curto-Circuito rolls 6 dice to Manipulação-lábia 9,7,8,1,9, 8 [4 successes]
avatar
Ivy_curto_circuito

Mensagens : 67
Data de inscrição : 16/07/2015
Idade : 22

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Caern - Presságios Vívidos

Mensagem por Suzanne O'Bran em Seg Jul 27, 2015 5:30 pm

Tadewi de pronta resposta diz:

_Em momento algum senti a necessidade de citar sua raça para te por no lugar, mas se entende o quão inconveniente és e se sente incomodada com isso, digo que precisa se aceitar mais.

_Não se preocupe comigo quanto a lidar com a cidade, assim como não estarei preocupado quando estiver em uma mata fechada.

Está andarilha personificava a pura essência da louca.

_Quanto a bajulação, achei muito conveniente para o momento.



Última edição por Tadewi em Seg Jul 27, 2015 5:51 pm, editado 1 vez(es)
avatar
Suzanne O'Bran

Mensagens : 326
Data de inscrição : 16/05/2015
Idade : 33

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Caern - Presságios Vívidos

Mensagem por Ivy_curto_circuito em Seg Jul 27, 2015 5:40 pm

Ivy(Hominídea)-Narração-TODOS

Ivy apenas deu de ombros enquanto dizia:

-Não tenho problema quanto a minha raça, tenho orgulho dela e me aceito como sou. Mas sei bem quando usar isso da melhor forma, como agora.

-Quanto a preocupação, não há preocupação, assim como na selva não há lugar para alguém fraco. Na cidade que é a selva de pedra, não há lugar para quem se sente ofendido com qualquer coisa.


Por fim, voltou a olhar para cooper esperando que o mesmo desse andamento no que Ivy havia lhe dito para terminar aquela monótona discussão com Tadewi.

....

Ivy olhou a sua arma e sorriu divertidamente meneando a cabeça para ela:

"Sim, já já vamos tomar uma mijada daquelas."
avatar
Ivy_curto_circuito

Mensagens : 67
Data de inscrição : 16/07/2015
Idade : 22

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Cooper - Todos

Mensagem por Admin em Seg Jul 27, 2015 5:57 pm

Para Karl e Merlin não é difícil notar a transfiguração do simpático Uktena, que vai enrijecendo o semblante à medida que assiste o embate (os demais precisam fazer teste de empatia caso queiram notar e ler as reações de Cooper).
- Se querem sair do posto de Cliaths um dia, aqui vai uma dica. Procurem sempre agir como se estivessem ao lado de um grande Ancião, como Mão-de-Ferro. Digo isso por perceber que esperaram sair da reunião com ele para mostrarem do que são capazes... E se o comportamento de vocês for piorar à medida que se acharem cada vez menos vigiados por um garou de posto maior, quando eu sair daqui, temo pelo que sobrará de vocês para a missão. Embora não estivesse mais tão receptivo, ainda dosava bem as palavras, procurando exemplificar o que falava. A experiência de um Alpha que já havia presenciado brigas como aquelas falava alto nos olhos daquele AINDA sereno garou.

- Vocês não precisam se entender nesse exato momento, as discordâncias são normais. Que tal se calarem e deixarem que o outro pense que tem razão, ao invés de darem vazão ao ego que precisa ter a palavra final enquanto perdemos nosso valioso tempo? Tenho certeza que possuem um ótimo dom para ofender um ao outro, usando raças inicialmente, e depois quem sabe, tribos, elevando assim o castigo que poderão ter, mas a Seita Presságios Vívidos não está interessada nesse tipo de dom, assim como nenhuma outra seita de Gaia. A ideia de uma matilha me parece perfeita, adoraria ter uma matilha que acredito que será encaminhada para patrulhar a cidade igualmente nós, A Irmandade, que tem sido insuficiente para um território deste tamanho. A propósito, vínhamos perseguindo sinais de Essoby, para quem não sabe, um filho da puta safado de um Dançarino da Espiral, que destrói Caerns e orgulhos, estuprando suas vítimas sem distinguir sexo. Foi aí que começaram os raptos e de repente não podíamos ir a lugar nenhum sem nos depararmos com a polícia.

Fitou então Ivy, respondendo a sua pergunta: - Não tivemos tempo que procurar um padrão, ou saber quem eram os indivíduos. Apenas perseguimos moradias e famílias de vítimas que saíram nos noticiários e entramos num motel, onde uma das vítimas se hospedava e pegamos uma roupa usada, entre as várias seringas de drogas. Visitamos uma outra casa, de um garotinho e fingimos ser repórteres para conseguir uma luva de baseball que o moleque curtia. Depois, lembrando-se da ideia de Raziel, coçou a cabeça, dirigindo-se a ele: - A polícia vai ter isso? Podemos tentar, mas enquanto tentamos, também patrulhamos!

Por fim, fita Tadewi, dando-lhe uma rápida resposta: - Esse material aí é pra vocês mesmo, podem ficar com ele. Voltando então a encarar a todos, alternadamente: - Eu já tenho que ir tratar de tudo com minha matilha, mas quero deixar combinado antes. Minha sugestão é que, alguns de nós se mantenham de forma fixa na tarefa de seguir os sequestradores. No caso, eu, que tenho um furgão para isso. Darkness, que é grande demais para servir de Isca, Raiz-Forte que é uma Theurge da minha matilha e pode nos dar apoio espiritual caso percamos vocês de vista, e por fim, Faz-Jorrar-Sangue, que é um garras vermelhas, que deve ser o menos habituado à vida humana que todos nós.
O resto se alternaria em grupos de dois para servir de isca, aquele grupo que não for capturado, deverá manter contato com nós de dentro do furgão, por celular mesmo. Nós os manteremos informados para onde estamos indo, enquanto este grupo se dirige ao Caern para buscar reforços. O que acham?
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 742
Data de inscrição : 15/05/2015

Ver perfil do usuário http://pressagiosdofim.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Caern - Presságios Vívidos

Mensagem por Suzanne O'Bran em Seg Jul 27, 2015 6:03 pm

Tadewi olha para o alto de forma pensativa, estava tão errado quanto Merlin por falar de assuntos inapropriados em hora indevida.
Permitindo que no final estivesse tão ou mais errado.

_Pois bem, sinto que errei em permitir que a discussão seguisse para um rumo indevido e no fim das contas me igualei.

_Perdoem está minha falha senhores, isso não acontecerá mais!

Tadewi era correto demais para permitir que a conversa seguisse sem se desculpar.

_Merlin e Ivy, perdoem a minha intolerância, a partir do ponto que errei.

_Esta missão está mexendo com nossa fúria e não posso permitir que prossigamos estando em desavenças... A wyrm só ganharia com isso!
avatar
Suzanne O'Bran

Mensagens : 326
Data de inscrição : 16/05/2015
Idade : 33

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Caern - Presságios Vívidos

Mensagem por Ivy_curto_circuito em Seg Jul 27, 2015 6:18 pm

Ivy(Hominídea)-Narração-TODOS

Ivy ouviu as Palavras de Cooper de forma silenciosa, chegava olhar impressionada o quão impressionante era um Garou experiente, usando as palavras para repreender e mediar um embate. Então ouviu com atenção redobrada tudo que o mesmo disse sobre o que ela havia lhe perguntado e então coçou a cabeça dizendo:

-Hummm...

-Então é outra coisa que devemos nos atentar, assim podemos saber pra que fim estão usando os humanos..


Ivy então olhou para Tadewi, ouviu suas palavras, já esperando que o mesmo fosse tentar continuar o embate, mas quando mesmo mostra humildade pedindo desculpas sobre tudo que aconteceu, fez a Impura sorrir enquanto pensava.

"De fato, vejo que no sangue desse cara corre os heróis de nossa nação, reconhecer que errou, não é algo típico para um de nossos Guerreiros"

A Ragabash se aproximou de Tadewi e lhe tocou no ombro enquanto sorria e disse:

-Estou impressionada Tadewi e honrada por estar junto de Garous como você.

-Peço desculpas também pelo atrito e se lhe ofendi.


O tom de Ivy era sincero e não de bajulação como da outra vez, realmente a atitude do Wendigo havia chamado a atenção da Ragabash, mostrando que seria mais fácil executar todas as suas tarefas, tendo alguém que ponderava suas ações.

....

Ivy então olhou  para Cooper, ouvindo sua resposta para Tadewi e seus planos então disse:

-Preciso que me passe o endereço das vítimas do sequestro na qual vocês visitaram, vou tentar descobrir um padrão entre eles.

-Se é que há algum!


A Ragabash então, ficou a observar as imagens e o mapa do lugar, afim de tentar pensar em algo para ajudar todos.
avatar
Ivy_curto_circuito

Mensagens : 67
Data de inscrição : 16/07/2015
Idade : 22

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Caern - Presságios Vívidos

Mensagem por Raziel em Seg Jul 27, 2015 6:49 pm

Raziel ignora a picuinha da matilha aquilo só o lembrava Pq ele mantinha distância dessas coisas o Andarilho se concentra apenas nos dados apresentados para a missão e enquanto todos falavam ele aléns raciocinava e aproveitava a deixa das últimas falas de Ivy para começar a falar num to simpático como se tivesse dando uma palestra ou apresentando seu projeto de trabalho numa empresa

Achar dados que falam do fluxo de pessoas é relativamente fácil,- polícia e agências de transporte tem esses dados muitas vezes com acesso público na internet. Acho que uma procurada legal consigo descobri os horários de pico em instantes. Quanto traçar o padrão das vítimas geralmente é criucial...

Raziel era habituado a caçar sanguessugas e sabia como eles eram muita vezes sistemáticos com suas tipo de presas, agora Raziel não caçava esse tipo de seres mas pelas informações que ele ouvira não custava nada manter sua linha de raciocínio de achar padrão

Se eles caçam para fazer pesquisas me faz pensar que tem um padrão de vítimas que eles estejam interessados a pegar. Se quiserem apenas pessoas para sacrificar haverá um padrão mais pessoal do sequestrador, ele estará preocupado com números por isso vai querer vítimas fáceis que não lhe dê trabalho para capturar. Enfim em mais de 50% dos casos existente padrão mesmo que mínimo e descobrir isso nos dará uma grande vantagem

Raziel nota que havia se empolgado na fala mas na verdade ele era tão acostumado em agir sozinho que tinha pouca experiência com matilhas e por isso saiu arrotando tudo que habitualmente fazia sem nem mesmo saber se eles ja sabiam de tudo aquilo ou se estavam entendendo o que falava. Então ele olha todos e da um sorrisinho

Eu só posso ajudá-los inicialmente até aqui. Depois de obter as respostas a decisão de como agir é de vcs  
avatar
Raziel

Mensagens : 99
Data de inscrição : 15/07/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Caern - Presságios Vívidos

Mensagem por Steve Mandrake em Seg Jul 27, 2015 11:38 pm

Darkness (Hominídeo) - Todos

O desenrolar daquela discussão só vai enchendo o peito do Ahroun de Fúria. Sua pele queimava e suas veias saltavam dos braços e peito, a medida que sua musculatura inflava de tanta força. Enquanto a mão esquerda cerra o punho, sua mão direita espalma na própria cara, abaixando a cabeça, enquanto seus olhos ainda fechados apontavam para o chão.

Com certeza algo ia acontecer, porém a intromissão de Cooper fora essencial para que os ânimos se acalmassem. Apesar de isso não se dá ainda com o Cria de Fenris, que continuava irado, é o suficiente para deter seu instinto e posterior ação. Sua cabeça só se ergue após ouvir seu nome inserido na missão, tirando a mão da cara, abrindo os olhos e fitando Cooper.
avatar
Steve Mandrake

Mensagens : 230
Data de inscrição : 17/06/2015
Idade : 31

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Caern - Presságios Vívidos

Mensagem por Suzanne O'Bran em Seg Jul 27, 2015 11:59 pm

O Garou da tribo do irmão mais velho repreende e o Wendigo ouve sem contestar, tinha errado e pelo seu erro a pena foi branda. O ocorrido poderia ter sido levado ao conselho, o que seria bem pior.
Entendia o comportamento da tribo do irmão mais velho e guardar segredos é o que faziam de melhor, certamente o que aconteceu ali, ficará ali.

Ao notar que seu pedido de desculpas foi aceito por Ivy, o Garou deixa escapar um breve sorriso, um sorriso ainda não visto pelos seus iguais, sincero de fato, ainda que breve.

...

Enfim chegou o momento aguardado com ansiosidade Cooper começa a falar do que realmente interessa...

Tadewi ouve e retém as informações que não eram poucas em silêncio profundo, sim, aquele era o domínio andarilho e deu para notar o empenho de ambos; pareciam saber o que diziam e o que faziam, Cooper se mostrou de acordo com o que foi dito, o que significa que tudo que falaram era de fato coerente.

Quando a oportunidade de fala lhe foi dada...

_Acredito não me enquadrar também neste grupo de infiltração, minha aparência chama muitas atenção e minha fúria botaria muito a perder. Porém se for muito necessário posso tentar me adequar aos trejeitos humanos e dos brancos, para isso preciso de ajuda com vestimentas, mas isso não vai ser problema, hoje mesmo posso conseguir isso!

Ouvir tais palavras vinda de um orgulhoso guerreiro Wendigo significava que ele estava empolgado e de fato interessado na missão.

_Quanto ao local, não sei se é possível, mas fazer um reconhecimento da área pode ser interessante, nem que seja pela umbra.

_Mas esperem um instante, deixa eu ver novamente este mapa!

...

_Pelo que pude notar analisando este mapa, existe pontos interessante que todos devem estar a par.

O nativo passa alguns minutos analisando...

...

Os olhos do nativo se tornam neste instante completamente brancos, como leite. Se para muitos ele era um bruxo, desta vez pareceu claro.

_ Analisei o mapa e parece que ganhamos um pouco de tempo, então prestem bem atenção!

_Na rua E 12th St. -Aponta com o dedo-

_Tem uma área verde onde provavelmente haverá poucos humanos... Bem, se precisarmos de algum abrigo, arrastar um combate para uma área longe de olhares curiosos ou mesmo se evadir, este é o lugar mais indicado, inclusive para alcançarmos a umbra. Sugiro o grupo de suporte se fixe aqui!
-Fita Cooper em seguida os demais para ver se estavam de acordo-

_É a Downs mabson fields... Fica na rota do ônibus que passa pela Alexander Ave, que também dá para essa área verde.

A perspicácia do lobo e sua convicção foi ímpar, ele tinha plena certeza do que disse. Parecia ser um estrategista NATO e convicto.
avatar
Suzanne O'Bran

Mensagens : 326
Data de inscrição : 16/05/2015
Idade : 33

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Karl - Todos

Mensagem por AetherLugus em Ter Jul 28, 2015 5:38 am

Karl não acreditava no que viam seus olhos. Tadewi havia acabado de repreender rústica e rudemente Merlin sobre "momentos ideais", quando na primeira oportunidade se viu em uma discussão de pouco propósito com a insana andarilha. *Na frente de um garou mais experiente!*
Ao mesmo tempo que se viu extremamente tentado a jogar "água fria" naquela discussão, ao menos pelo tempo necessário desta não se tornar tão feia socialmente, quando observou Cooper e sentiu que esse já o faria. *Que droga, já vamos começar com punições a alguns dos nossos...*, pensa Karl, e em seguida continua imerso em seus pensamentos *... a cada qual o seu de direito, não dá pra tomar pra mim as dores de todos*. Logo após, percebe que a repreensão de Cooper não tinha intuito punitivo. Mas Karl entende que, na verdade, tal repreensão só não foi muito pior porque a missão era urgente e já estava em cima, e, mesmo que arrogantes ou adoradores do próprio ego, todos ali eram importantes para esta.

O Senhor das Sombras, percebendo que a discussão não retornaria ali, apenas faz uma observação:
- Somos muito diferentes e haverão muitas discussões, serão naturais. Fico feliz que puderam compreender que o problema aqui não foi a discussão em si, e sim o momento. Haverá o momento.

A breve discussão auxiliou a mostrar que, apesar de inconstante e de aparentemente só ter aceitado bem uma crítica por ter vindo de alguém superior em hierarquia, o bruxo soube se redimir. A segurança que tinham as palavras do Vagante-Branco impressionaram o Senhor das Sombras positivamente, enquanto Karl o observou atentamente, pensando que este sairia em defesa de sua colega de tribo. *Imparcialidade... ou medo?*

Karl concorda com Cooper e os demais em relação à disposição das pessoas envolvidas na missão:
- Certamente teremos que realizar uma divisão sim. Tenho uma sugestão: Eu posso ser uma isca e observar o que puder por ali, acredito que a Andarilha e Merlin também. Vagante-Branco seria ótimo nisto também, mas temo que possa exercer uma função ainda mais útil estando fora, parece conhecer muito das "ruas". Darkness e Tadewi poderão permanecer nessa parte de apoio, da maneira que se sentirem mais confortáveis e julgarem serem mais úteis.
- A ideia de usar o campo é muito boa também. Extremamente necessária à otimização de nossa atuação. Deve haver cautela também, pois pode ser o ponto sendo utilizado exatamente por aqueles que visamos observar, até acredito que não... mas nunca se sabe. Mas usar tal ponto pode ser uma grande estratégia, se este realmente servir.

Após isso Karl volta a observar os demais... Não sentia sintonia nestes garous. Alguns pareciam muito interessados em "mostrar" coisas para passar uma imagem, outros tinham extrema dificuldade social. *Querem ser bons, gloriosos, voltam seu respeito aos mais antigos, e não percebem que ninguém chegou a estas posições sozinho. Mas dá pra trabalhar nisso...*. Tornava a observar os demais, mas não com a curiosidade anterior. Agora observava como se houvesse uma bomba iminente. Observava com atenção.
avatar
AetherLugus

Mensagens : 22
Data de inscrição : 23/06/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Cooper - Todos

Mensagem por Admin em Ter Jul 28, 2015 5:56 pm

O Uktena se surpreende vivamente ao ver Tadewi se desculpando. Olhava-o de lado e incrédulo, como quem vê algo pela primeira vez. Perdia-se em pensamentos profundos enquanto assistia, na sequência, a dupla fazer as pazes tão rápido quanto haviam se digladiado.

Cooper coça o queixo algo embasbacado, tentando agora prestar atenção nas elucubrações e divagações, decidindo o que era e o que não era válido: - Tem razão! Disse, para Tadewi: - Você é meio esquisito mesmo. Melhor ficar no carro com a gente. Fitou Darkness, risonho como um moleque travesso que acaba de fazer uma piada, para então dar-se conta de que o lupino há poucos instantes demonstrava nervosismo desmedido, fazendo apagar assim o sorriso.

Depois, Cooper se levanta e vai até o mapa, observando com atenção o local indicado por Tadewi: - É um bom lugar para se buscar no caso de necessidade, você trabalhou bem hein! Disse, tocando-lhe no ombro e olhando-lhe nos olhos. Ao vê-los leitosos no entanto, procurou fitar Ivy, uma visão mais agradável: - Porém, o furgão tem que ficar imediatamente na rua do ponto, para manter uma visão dos acontecimentos.

Caminhou lentamente para a porta, esgueirando-se entre um e outro que se recostava pelos corredores, ameaçando ir embora. Deu um leve tapa no ombro de Karl na passagem, cochichando: - Vai ter trabalho hein, Philodox ... Segurou então a maçaneta, afastando-se do aglomerado e disse: - Repassando... Nos encontramos amanhã às 6 aí nesse matinho que o Tadewi propôs. Lá separamos os grupos com exceção do Andarilho branquelo, que trabalhará em descobrir mais sobre os raptos. É isso? Tem mais algo?
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 742
Data de inscrição : 15/05/2015

Ver perfil do usuário http://pressagiosdofim.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Caern - Presságios Vívidos

Mensagem por Ivy_curto_circuito em Ter Jul 28, 2015 10:53 pm

Ivy(Hominídea)-Narração-TODOS

Ivy ouvia todas as sugestões e palavras, sua cabeça funcionava a medida que as idéias iam aparecendo, todas as palavras de Raziel, fizeram a Ragabash menear a cabeça concordando com o que era dito. Raziel apesar de um Cliath mantinha uma experiência vasta nas ruas e na polícia devido o tipo de trabalho que ele exercia para ganhar a vida.

....

Então parecia que Tadewi havia tido a perspicácia para ler o mapa que fez a Ragabash erguer as sobrancelhas e falar:

-Nada mal, para um novato!

Assim que o mesmo terminou de falar,Ivy pegou seu celular do bolso e foi começou a mexe-lo, a tecnologia era uma das aliadas dos Andarilhos, a agora a mais simples de todas iria fazer efeito. Ivy olhou para sua Pistola enquanto exclamou:

-Achei!

Então colocou o celular sobre a mesa, nele o Google Maps estava aberto, nele exatamente a rua que Tadewi havia dito estava aberto, mostrando a localização da rua assim como, vias de Acesso, imagens e construções relevantes para que pudessem se planejar.

https://www.google.com.br/maps/@30.275311,-97.710179,3a,75y,262.75h,87.23t/data=!3m7!1e1!3m5!1sT64XNHyc7pp34SNsntk6gA!2e0!6s%2F%2Fgeo0.ggpht.com%2Fcbk%3Fpanoid%3DT64XNHyc7pp34SNsntk6gA%26output%3Dthumbnail%26cb_client%3Dmaps_sv.tactile.gps%26thumb%3D2%26w%3D100%26h%3D80%26yaw%3D97.447311%26pitch%3D0!7i13312!8i6656

Ivy então concluiu:

-Essa ai é a rua que Tadewi falou, de fato há uma área verde, porém, temos de tomar cuidado, parece ter algumas casas no lugar. Mas isso não vai ser problema caso usarmos o lugar como Tadewi Disse.


A Impura olhou para sua Pistola enquanto disse em um sussurro:

-Eu sei, dessa vez vou poder levar as suas companheiras!

Ivy então exclamou erguendo os braços pro alto, quase dando um pequeno saltinho animada:

-ISSO VAI SER TÂOOOOO LEGAL!

Então fitou Cooper, dando um leve sorriso e dizendo:

-Sim claro, como você disse o furgão tem de estar próximo para dar apoio.

-Assim que se der por encerrado aqui, eu antes de ir pra casa vou até esses pontos, quero ter ver com meus olhos o lugar e procurar algum ponto de acesso auxiliar para usarmos caso seja necessário.


Ivy então se encostou, deixando o celular em um lugar que todos possam ver e disse:

-Por mim está tudo certo, por mim já começamos os preparativos pra tudo isso, hoje mesmo...


avatar
Ivy_curto_circuito

Mensagens : 67
Data de inscrição : 16/07/2015
Idade : 22

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Caern - Presságios Vívidos

Mensagem por Raziel em Ter Jul 28, 2015 10:57 pm

Olhando toda a bruxaria do Tadewi eu fico um tanto quanto impressionado aquele cara parecia ter saído diretamente do MK só faltava fazer umas machadinhas muito loucas e escalpelar os outros. Mas gosto da observação dele

Eu irei começar hoje mesmo a caçar os padrões. Mas adianto que esse tipo é coisa demora e não temos tempo então o plano original terá que ser mantido até eu ter novidades. Quanto a isca se eu conseguir o padrão precisarei ficar num ângulo favorável ou monitorar as câmeras de segurança que tiver pelas ruas pra poder achar o que queremos, caso eu falhe eu ficarei como isca quanto mais pessoas tivermos em campo mais podemos nos proteger. Se tiver tudo certo, tenho trabalho a fazer...

Raziel era bem simpático sua fala era mansa e segura como um autêntico homem de negócios, o mesmo fitava Cooper logo depois os outros esperando se manifestarem
avatar
Raziel

Mensagens : 99
Data de inscrição : 15/07/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Caern - Presságios Vívidos

Mensagem por Suzanne O'Bran em Ter Jul 28, 2015 11:40 pm

Parece que todos, ou quase todos concordaram com o plano, e aos que não estavam atento quanto a estas informações, se atentaram. Ótimo, era este o objetivo.

Aos poucos o aspecto leitoso dos olhos do Garou vai deixando de existir, até atingir a cor natural, que no seu caso era de um azul gelo hipnótico.

Karl fala sobre o plano citado, e sim, não era uma possibilidade a ser descartada. Se esta equipe chegou ao seguinte denominador, o inimigo também poderia pensar assim. Fato!

_Concordo com você Karl, o inimigo pode pensar de igual modo. Devemos investigar este ponto antes de tudo? -Diz voltando-se para seus iguais-

Este era o primeiro ponto a se pensar.

...

Até que Ivy saca um fetiche estranho e sua atenção se volta para ela. Já tinha ouvido falar dessa tecnologia, mas não imaginou o quão poderosa era esta magia. Arregala os olhos a princípio, em seguida fixa sua atenção de forma curiosa, até entender o que estava sendo feito.
Este método que utilizou foi fantástico, estava tudo muito mais claro agora, e ao reproduzir o que sua mente apenas sonhava, ficou feliz com a confirmação de sua orientação.

_Você realmente esta de parabéns, este é o fetiche que chamam de celular, certo? Pensei que eles serviam somente para se comunicar a distância, mas enfim...

_De qualquer modo, seu método de explicar foi bastante interessante!

Parabeniza Ivy de forma indireta, mas o faz, de fato ela mereceu.

...

_Bem...-Fita na direção de Cooper- Se depender de mim Cooper pode partir, acredito que ele ainda tenha muito o que fazer, além dos detalhes para acertar com sua matilha!

...

Voltando para direção de Raziel o Garou assente com a cabeça.

_Também não vejo mal algum em você partir, sua função nesta missão é muito importante. Acredito que não seja fácil desempenhar este papel.

_Porém ainda temos detalhes para acertar, como matilha. Será que pode aguardar um pouco mais?

Como todos falavam em tom de despedida e de fato deveriam partir, assim seria, porém deveriam definir um único ponto antes de tudo.

_Matilhas se formam, matilhas se desfazem, porém em todas que eu vi o papel de cada membro era bem estabelecido. Permitir que partam sem lembrarmos deste detalhe, significa estarmos fadado ao fracasso.

_Não acham?

_Nossos parentes lobos nos ensinam isso, os mais velhos de nossas tribos e seitas também, acredito que assim deve também ser feito.

_Acho que a princípio não precisamos pensar em um espírito protetor, mas se desejarem ir mais a fundo nessa ideia, eu apoio.

Sua última fala não foi ignorando a presença de um totem, mas a ideia de serem algo temporário poderia dificultar está ação. Todavia estabelecer cargos e funções era algo de suma importância.


avatar
Suzanne O'Bran

Mensagens : 326
Data de inscrição : 16/05/2015
Idade : 33

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Cooper - Todos

Mensagem por Admin em Qua Jul 29, 2015 4:48 pm

Vendo que Tadewi já ensaiava uma conversa mais restrita e ninguém demonstrava interesse em novas perguntas e/ou comentários, o Galliard dos Uktena alisa uma palma da mão com a outra, demonstrando certa satisfação para os que soubessem interpretar sua linguagem corporal.

Novamente buscou a maçaneta, finalmente girando-a e abrindo a porta, que rangeu com muito mais suavidade que a do Ancião. Passou uma última e rápida olhadela para aquele grupo promissor e se foi com um contido sorriso nos lábios.
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 742
Data de inscrição : 15/05/2015

Ver perfil do usuário http://pressagiosdofim.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Caern - Presságios Vívidos

Mensagem por Merlin em Qui Jul 30, 2015 8:04 am

Sem nem pestanejar a discussão se extinguiu como um fósforo aceso
em uma brisa forte. Nào deu nem pro cheiro. Arqueio minhas
sobrancelhas em silencio, observando os demais que se entrosavam de
uma forma peculiar, mas honesta. Me deleito com a paz momentânea
com um sorriso brando estampado em meu rosto.

Sorrio de canto de boca para Copper ao vê-lo partir, demonstrando minha
compreensão sobre seu momento saudosista ao ver nos preparando para
nossa primeira missão. Sobressalto de onde estou para percorrer a sala e
fechar a porta educadamente.

Permaneço ali ao lado de Darkness ouvindo os demais falando sobre
espiritos protetores e afins.

*Este Wendigo já está bem soltinho... *
avatar
Merlin

Mensagens : 11
Data de inscrição : 15/05/2015
Idade : 40

Ver perfil do usuário http://rpgnext.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Caern - Presságios Vívidos

Mensagem por Ivy_curto_circuito em Sex Jul 31, 2015 12:19 am

Ivy(Hominídea)-Narração-TODOS

Ivy observou em silêncio desta vez, momentos raros para aquela impura parecia, bocejou demonstrando um certo cansaço, mas nada que a incomodasse de fato, provavelmente apenas estava entediada.

...

Ouviu as palavras de Tadewi sobre seu celular, o tratando como fosse algum tipo de fetiche incrível, a Ragabash sorriu e disse:

-Sim isso é um celular, eu não o considero bem um fetiche, mas pode ser visto assim também.

-E não me agradeça, tudo isso ai foi coisa simples que até uma criança pode fazer. A grande sacada na real foi totalmente sua.


Então meneou a cabeça concordando sobre que todos ali tinham de definir suas tarefas, apesar de para Ivy aquilo ser extremamente chato, a Impura detestava ter de fixar qualquer tipo de responsabilidade em suas costas. Mas sabia que se não se sintonizasse com os demais ali, aquela matilha seria uma máquina com uma engrenagem quebrada, além do mais sabia também que sua função era sempre ser uma engrenagem sobressalente caso uma venha faltar. Então apenas disse concordando:

-Isso ai cara, melhor a gente ver isso logo, até por que não quero nenhum de vocês me enchendo o saco depois, além disso, o ideal é que não fiquemos que nem meia duzia de imbecis se trombando nas pernas um dos outros por não termos noção do que fazer.

Ivy apesar de ser uma mulher ou uma Fêmea impura como seja, não demonstrava nenhum tipo de etiqueta em suas palavras, parecia que as palavras nem mesmo eram processadas por seu cérebro antes de saírem por sua boca, seu olhar várias vezes se voltavam para a sua pistola como se da mesma estivesse ouvindo algo e por diversas vezes todos puderam ver ela menear a cabeça positivamente ou negativamente enquanto fitava a arma.

....

Por fim observou a saída de Cooper, com um sorrisinho e um aceno de mão animado se despediu do Garou, então voltou o olhar para todos e disse:

-Então galera, qual vai ser?
avatar
Ivy_curto_circuito

Mensagens : 67
Data de inscrição : 16/07/2015
Idade : 22

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Caern - Presságios Vívidos

Mensagem por Raziel em Sab Ago 01, 2015 3:14 pm

Raziel da uma espreguiçada e faz uma cara de tédio com aquilo tudo para ele estávamos todos dando volta nos mesmos detalhes então ele bate as mãos fazendo estalo esfregando as mãos

Ja decidimos nosso plano de ataque, a função de cada um, nosso objetivo... Oque mais falta? Alguma ponderação final?
avatar
Raziel

Mensagens : 99
Data de inscrição : 15/07/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Caern - Presságios Vívidos

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 5 de 19 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6 ... 12 ... 19  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum