Mulberry St Austin - Apartamento de Ivy

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Mulberry St Austin - Apartamento de Ivy

Mensagem por Admin em Qui Jul 16, 2015 4:49 am

Nos limites da área central de Austin, Colorado St é movimentado durante os dias e horários em que o comércio funciona. No térreo, é possível ir a um pequeno restaurante sem sair do prédio. Também há outras unidades comerciais no térreo, mas, a maioria desocupada, contando ainda com um escritório de advocacia e uma academia.
No bairro, existem alguns barzinhos com música ao vivo, um sindicato dos bancários, prédios comerciais, pontos comcar2go (trata-se de uma empresa que aluga smarts car instantaneamente. Você só precisa usar o seu cartão de membro para sair com o carro e deixa-lo no ponto car2go mais próximo de você: bit.ly 1M6TWyf).

Para ir pro Caern, é necessário sair da zona central e se deslocar rumo ao sul, passando por uma ponte que corta o Colorado River (poste uma vez nas ruas centrais e mais uma nas ruas do sul antes de finalmente chegar ao Caern).

Localização no maps: bit.ly 1Lbm2JF
Street View: bit.ly 1Lbm9ET

avatar
Admin
Admin

Mensagens : 742
Data de inscrição : 15/05/2015

Ver perfil do usuário http://pressagiosdofim.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mulberry St Austin - Apartamento de Ivy

Mensagem por Ivy_curto_circuito em Qui Jul 16, 2015 4:36 pm

O Apartamento de Ivy é um pequeno apartamento para uma pessoa solteira, possuindo somente uma pequena sala junto de uma cozinha americana, um quarto espaçoso e um banheiro de tamanho médio.

Todo ambiente é bem decorado e proporciona um bem estar para aqueles que a visitam, sua janela dá visão para a rua, na qual pode-se ver o movimento das pessoas que entram e saem dos comércios próximos.

Sala:




Quarto:




Banheiro:

avatar
Ivy_curto_circuito

Mensagens : 67
Data de inscrição : 16/07/2015
Idade : 22

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mulberry St Austin - Apartamento de Ivy

Mensagem por Admin em Sex Ago 07, 2015 4:25 pm

FIM DA NOITE
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 742
Data de inscrição : 15/05/2015

Ver perfil do usuário http://pressagiosdofim.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Ivy

Mensagem por Admin em Sab Ago 08, 2015 4:24 pm

Algo incômodo parecia obstinado em tirar-lhe o sossego de um sono justo. Só quando Ivy acordou dê vez é que se deu conta de que já havia aberto os olhos algumas vezes nos últimos minutos e ao tentar entender o motivo, ouviu o som agudo e redundante de um alarme de carro. Talvez aquilo não lhe incomodasse tanto em outras circunstâncias, mas, o mundo parecia tão quieto e calmo, que alarme do carro na rua se figurava desconcertantemente desarmônico.
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 742
Data de inscrição : 15/05/2015

Ver perfil do usuário http://pressagiosdofim.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mulberry St Austin - Apartamento de Ivy

Mensagem por Ivy_curto_circuito em Sab Ago 08, 2015 6:12 pm

Ivy(Hominídea)-Narração

Ivy havia ido dormir pensando no local da missão, o lugar se mostrou para a impura quase impossível para um sequestro por meios convencionais. Para fazerem isso precisariam orquestrar uma operação e tanto para que passasse um sequestro ali, sem que ninguém notasse, a Ragabash ficou entre seus pensamentos até que adormeceu, com as seguintes perguntas em sua mente:

"Como vão fazer para sequestrar pessoas sem que notem? E como é que vão leva-las..."


....

Ivy(Hominídea)-Narração-Despertar.

A noite havia sido um tanto turbulenta, talvez por Ivy ter sido criada um tanto quanto isolada, ainda tinha dificuldades para dormir um sono pesado na cidade, ou somente havia sido a mente agitada da Impura que não permitia que ela tivesse uma noite sossegada.

O som do alarme do carro que tocava a frente de seu apartamento, já a estava irritando, colocou um travesseiro sobre a cabeça tentando  abafar o som enquanto gritou quase em súplica:

-AHHHH!!!! NÃOOOOO!!!!

Ivy abraçou o travesseiro sobre a cabeça, emitindo um rosnado se mostrando irritada com aquilo, a noite já tinha sido curta para a Ragabash e ela esperava poder ficar até um pouco mais tarde na cama, mas com aquele som infernal em sua cabeça era impossível.


"Puta que pariu, mano...!" _Pensou_


A impura então, se levantou da cama, seus cabelos estavam mais desgrenhados que o habitual, seus ombros estavam arriados e seus passos eram lentos arrastando quase o pé, Ivy então se dirigiu para a janela, a abrindo e então gritou por ela esbravejando:

-DESLIGA ESSA MERDA SEUS MERDINHAS DA PORRA, OU VOU AI ENFIAR ESSE ALARME BUNDA DE VOCÊS A DENTRO!

Ivy então ficou observando, se alguém iria lhe responder.


Última edição por Ivy_curto_circuito em Sab Ago 08, 2015 6:53 pm, editado 1 vez(es)
avatar
Ivy_curto_circuito

Mensagens : 67
Data de inscrição : 16/07/2015
Idade : 22

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Ivy

Mensagem por Admin em Sab Ago 08, 2015 6:40 pm

Quando Ivy, debruçada na janela e dando vazão ao humor intempestivo de quem é acordado pelo descuido alheio, grita imaginando que seu berro não chamaria mais atenção do que o berro de uma pessoa irritada numa cidade entupida de pessoas, nota então o impensável.

As ruas estavam estranhas e o seu grito ecoou longamente. Ainda podia ouvir a própria voz quando notou alguns carros largados no meio da rua e a estranheza de um lugar pouco movimentado, exceto por dois indivíduos que balançavam um carro logo abaixo da janela de Ivy. Ambos olharam pra cima assim que ouviram o grito, e se cutucaram com os cotovelos asquerosos enquanto riam, correndo em seguida para dentro do prédio.

avatar
Admin
Admin

Mensagens : 742
Data de inscrição : 15/05/2015

Ver perfil do usuário http://pressagiosdofim.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mulberry St Austin - Apartamento de Ivy

Mensagem por Ivy_curto_circuito em Sab Ago 08, 2015 7:14 pm

Ivy(Hominídea)-Narração

Ivy ouviu sua voz ecoar pela rua, isso foi estranho para Ragabash que resolveu inclinar seu corpo para ver de fato como estava a rua, foi quando ela se deparou com os dois homem, a Impura ergueu as sobrancelhas enquanto falou para si mesma.

-Mas que merda é essa...

Quando notou que aqueles não eram homens comum e que eles seguiram para dentro do prédio, a Impura fechou a janela, passou a mão na primeira calça jeans que viu e começou a colocar enquanto resmungava pra si mesmo:

-Porra, só era o que me faltava, ter problema essa hora com a caceta de um dois zumbis Punk.

Ivy pegou seu celular, sua bolsa, o coldre com sua Pistola e carredores, então foi em direção a porta enquanto assumia a forma Glabro.

A Ragabash começou a andar furtivamente pelo corredor, sua intenção era ir pelas escadas do prédio, tentando passar desapercebida por aqueles homens, engatilhou levemente sua arma enquanto resmungou, olhando pra mesma:

-Esses bostinhas acham que vou ficar dentro do quarto esperando eles, tão enganados.

OFF:

Gasto 1 de fúria pra ir pra Glabro.

2015-08-08 11:06:52 Ivy Curto-Circuito rolls 8 dice to Furtividade (esconder-se) 4,7,5,9,5, 8,2,5 [3 successes]
2015-08-08 11:06:03 Ivy Curto-Circuito rolls 6 dice to Embaçamento da Propria F. (Diff Cool 4,9,2,7,3, 10 [2 successes]
avatar
Ivy_curto_circuito

Mensagens : 67
Data de inscrição : 16/07/2015
Idade : 22

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Ivy

Mensagem por Admin em Dom Ago 09, 2015 5:36 am

Catar os pertences com um tempo cronometrado mentalmente nunca é tarefa agradável, nem quando a causa é um namorado impaciente que buzina de dentro do seu carro sem parar, que dirá quando o real motivo são criaturas disformes que desejam matar ou quem sabe, devorar você.

Mesmo assim, Ivy consegue sair do quarto sem perceber qualquer sinal dos invasores. Mas quando começa a desvendar os corredores lentamente (para ser furtiva) pôde ouvir perfeitamente, do lado oposto para onde estava indo, o “plin” do elevador.
Quando a porta do elevador se abre (Ivy não vê isso, mas pode ouvir perfeitamente, graças a um silêncio fúnebre pelos corredores) um vozerio da dupla se faz ouvir imediatamente: - VAI, VAI, TEMO QUE PEGAR AQUELA PUTA DO CARAAALHOOO... AHAHAHAHAHAHA.

Uma segunda voz, tão afobada e estridente quanto a primeira, responde: - VAI NA FRENTE PORRA. EU NÃO SEI VER ONDE FICA O QUARTO SÓ DE OLHAR PELA JANELA.... AHAHAHHAHA... ELA PARECIA GOSTOSA NÉ? AHAHAHAHAHAHA.

Nesse momento é quando Ivy alcança a porta da escadaria, e a luz pisca antes de se firmar, fazendo aquele barulho característico de eletricidade. Um enorme rato parece realmente espantado com a presença de Ivy (não por expressões, claro, mas demonstrando indecisão para escolher a rota de fuga).

Depois de alguns poucos minutos (de 1 a 3) a Andarilho estava no térreo. Avançando então para a saída, antes de ganhar as ruas, escutou uma pancada abafada que a fez procurar a origem instintivamente. Fitou então o carro que havia lhe acordado há poucos instantes e notou alguém esmurrando os vidros empoeirados e embaçados de dentro pra fora.
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 742
Data de inscrição : 15/05/2015

Ver perfil do usuário http://pressagiosdofim.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mulberry St Austin - Apartamento de Ivy

Mensagem por Ivy_curto_circuito em Dom Ago 09, 2015 6:10 pm

Ivy(Hominídea)-Narração

Ivy caminhava lentamente, suas camiseta que costumava dormir, assim como seu jeans que vestiu antes de sair, estavam apertados devido ao excesso de músculos devido a sua forma glabro, suas unhas se transformaram em garras, seus cabelos antes ruivos assumiram uma tonalidade acinzentada lembrando algum tipo de metal e suas feições se mostravam um tanto bestiais, tendo seus caninos um tanto protuberantes, mesmo que de forma sutil.

...

Ivy ouviu a porta do elevador e os comentários dos homens que chegaram nele, por um segundo, a Ragabash deteve seus passos, pensando em voltar e colocar uma bala na cabeça de cada um, mas por fim meneou a cabeça negativa mente enquanto pensou:

"Calma Ivy, tu tem de entender primeiro o que ta acontecendo..."

Ivy naquele momento se lamentou por não ter um pouco mais de fúria em si, para resolver tudo ao estilo Ahroun, porém, estava satisfeita por ser uma Ragabash, talvez ela se saísse melhor que os outros nesse cenário, por conseguir passar desapercebida.

...

Ao descer pelas escadas, Ivy farejava o ar como um cão que tentava entender o que estava ao seu redor pelo olfato. Ao ver o rato, a impura apenas passou por ele rapidamente, para que ele não continuasse ali acuado.

...

Então finalmente no térreo, a Impura respirou um pouco aliviada, continuou se esgueirando, já que não sabia quantos daqueles vermes ainda estavam nas ruas. Foi então que ouviu a pancada abafada, Ivy fechou os olhos e se entregou totalmente a sua audição por alguns segundos, até que os abriu e olhou em direção do carro, parecia que havia alguém dentro do veículo que fez a Ragabash rosnar demonstrando estranheza enquanto pensava:

"Será que tem alguém preso no caso e os caras estavam tentando pegar ela?..."

Ivy começou a se aproximar furtivamente, em passos lentos, a pistola em suas mãos estava preparada para atirar na cabeça de qualquer um que se demonstrasse agressivo a ela, a medida que se aproximava, passo a passo, a Ragabash cantarolava em um sussurro para si mesma:

-Wanna Join me, come and play....

-But I might shoot you, in your face.....

-Bombs and bullets will do the trick......

-What do we need here, is a little bit of panic!...

Ivy apertava fortemente a coronha da arma em suas mãos, seus passos eram leves e furtivos, se aproximaria o suficiente apenas para ver o que tinha dentro do carro.


Última edição por Ivy_curto_circuito em Ter Ago 11, 2015 3:52 pm, editado 1 vez(es)
avatar
Ivy_curto_circuito

Mensagens : 67
Data de inscrição : 16/07/2015
Idade : 22

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Ivy

Mensagem por Admin em Ter Ago 11, 2015 12:59 am

À medida que se aproximava do carro, de dentro dele, alguém esfregava o pulso no vidro traseiro, debruçada no banco, afim de desembaçar o vidro. Agora, Ivy podia ver o que parecia ser uma jovem adolescente, embora ainda não conseguisse distinguir expressões nem detalhes. A jovem, por outro lado, havia certamente se espantado com o que vira, ao notar que de perto, Ivy era tão pavorosa quanto as criaturas de momentos antes.

A menina se jogou para trás e já não era mais possível estabelecer contato visual. Neste momento, o alarme parou e poucos segundos depois, Ivy escutou uma voz vindo de cima: - A PUTA TÁ ALI... A voz era a mesma que ouvira vindo do elevador e continuava falando coisas que agora, Ivy não podia distinguir, pois estava mais afastada.
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 742
Data de inscrição : 15/05/2015

Ver perfil do usuário http://pressagiosdofim.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mulberry St Austin - Apartamento de Ivy

Mensagem por Ivy_curto_circuito em Ter Ago 11, 2015 4:16 pm

Ivy(Glabro)-Narração

Ivy caminhou em passos lentos, passo após passo, sua arma em punho estava preparada para qualquer surpresa desagradável que a Andarilha poderia ter. Mas pelo que pareceu a surpresa apesar de complicada não fora tão desagradável, a Ragabash avistou uma adolescente dentro do carro que os dois homens atacavam inicialmente e apenas exclamou com uma voz rouca, quase grutural:

-Porra! Só me faltava essa agora!

A Impura viu a garota se assustar com sua presença e desaparecer se escondendo no carro e novamente exclamou:

-Ei, eu nem sou tão feia assim!

Foi então que ouviu a voz vindo de cima, Ivy levantou o olhar em direção as janelas do prédio, afim de ver o dono da voz, infelizmente foi rápido demais e ele já havia saído de seu campo de visão. Ivy então Pensou:

"Tenho duas opções, vou embora e deixo a garota ser zuada pelos zumbis Punk ou resolvo isso..."

Ivy então colocou as mãos próximas ao rosto, enquanto balançava a cabeça negativamente dizendo:

-Aii que droga! Por que o Tio Jimmy me ensinou ser uma menina boazinha!

A Andarilha então, puxou a corredeira da sua arma, deixando uma bala preparada na agulha, então olhou em volta procurando um lugar para se esconder, onde teria visão de quem saísse pela porta, então ficaria ali, mirando em direção a mesma, até um deles aparecer.

OFF:

Usei embaçamento da Própria Forma, segue a baixo todos os testes, para achar o lugar e se esconder:

2015-08-11 08:12:55 Ivy Curto-Circuito rolls 8 dice to esconder-se 10,6,6,9,3, 8,9,2 [6 successes]
2015-08-11 08:12:36 Ivy Curto-Circuito rolls 6 dice to Manipulação-lábia (Diff 8 ) 2,8,9,3,6, 1 [1 success]
2015-08-11 08:11:58 Ivy Curto-Circuito rolls 4 dice to Percep + Prontidão 6,6,9,7 [4 successes]
avatar
Ivy_curto_circuito

Mensagens : 67
Data de inscrição : 16/07/2015
Idade : 22

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Ivy

Mensagem por Admin em Ter Ago 11, 2015 7:53 pm

Quando olhou à sua volta, procurando um esconderijo, mais uma vez deparou-se com uma situação caótica pouco crível. Em questão de segundos, escolheu um carro que subia parcialmente na calçada do outro lado da rua, para então pôr-se abaixada atrás dele, com os braços apoiados no capô, mirando para a porta.

Não demorou muito para que ouvisse o vozerio que antecedia sempre as presenças convulsionadas dos estranhos que a perseguiam, logo depois de suas vozes já era possível vêlos (juntos) chegando até a entrada do prédio.
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 742
Data de inscrição : 15/05/2015

Ver perfil do usuário http://pressagiosdofim.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mulberry St Austin - Apartamento de Ivy

Mensagem por Ivy_curto_circuito em Qua Ago 12, 2015 3:40 pm

Ivy(Glabro)-Narração

Ivy estava abaixada atrás do carro, sua mão segurava forte sua pistola e sua mira estava o suficiente para atirar na cabeça de um dos homens.

...

Não demorou muito para que pudesse ouvir as vozes daqueles que a perseguiam, se manteve calma enquanto observava finalmente que eles saiam. A Impura respirou fundo e puxou o gatilho, atirando na cabeça do primeiro que pisou para fora.

....

O estampido da bala cortando o ar e pegando na cabeça do homem, foi seguido  de um grito e salto de Ivy exclamando:

-BUM!! HEADSHOT!

-HAHAHA!!

Ivy sorriu como uma louca, de fato uma arma na mão daquela garou era perigoso demais, o olhar da Impura se modificava transparecendo ainda mais sua loucura e satisfação enquanto dizia de forma aleatória, enquanto tocava a arma próxima a seu rosto:

-Boa menina! Boa menina!

A Andarilha apenas observou a reação dos homens, ainda tendo o carro que escolheu como sua proteção.


OFF:


Date/Time Description Result
2015-08-12 07:32:02 Ivy Curto-Circuito rolls 3 dice to Dano (extra) 9,6,10 [3 successes]
2015-08-12 07:29:34 Ivy Curto-Circuito rolls 9 dice to Dano 4,4,7,2,10, 7,5,4,10 [4 successes]
2015-08-12 07:26:16 Ivy Curto-Circuito rolls 10 dice to Atirar (Diff 9) 4,7,3,8,6, 10,6,10,5,4, 4,9 [3 successes]



Saldo de Dano: 7
avatar
Ivy_curto_circuito

Mensagens : 67
Data de inscrição : 16/07/2015
Idade : 22

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Ivy

Mensagem por Admin em Qui Ago 13, 2015 3:57 am

- VAI POR ALI QUE EU VOU... A criatura que vestia farrapos e tinha a pele tão asquerosa quanto um filhote de rato enrugado mal teve tempo de terminar seus planos. Um projétil certeiro calou-o com um som de estampido quase simultâneo ao de um saco de vômito sendo estourado. Seus miolos foram distribuídos pela entrada do prédio e também no seu companheiro odioso enquanto o corpo cambaleante ia rendendo-se aos poucos à gravidade.

Logo atrás, incrédulo, o segundo indivíduo fita seu companheiro desfalecer, dirigindo o olhar feroz instintivamente para a direção de uma voz que festejava o tiro bem dado. Com um salto ele alcança a calçada, partindo para cima da atiradora numa corrida descompensada.
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 742
Data de inscrição : 15/05/2015

Ver perfil do usuário http://pressagiosdofim.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mulberry St Austin - Apartamento de Ivy

Mensagem por Ivy_curto_circuito em Qui Ago 13, 2015 6:36 pm

Ivy(Glabro)-Narração

Ivy ainda esfregava o rosto em sua arma que ainda estava quente do ultimo tiro como um gato recebendo um carinho. Acompanhou com os olhos o homem que saltava para a calçada e vinha em seu encontro de maneira descompensada, a Impura fechou os olhos por um breve momento concentrando sua atenção aos sons dos passos de seu inimigo, conforme o mesmo se aproximava.

...

Foi então que aquele homem ou tentou lhe tocar, Ivy saltou levemente para o lado homem, se livrando de seu toque, então abriu os olhos enquanto encostou a arma na cabeça do mesmo e com um sorriso insano apenas disse enquanto puxou o gatilho:

-BANG!

O estampido do tiro foi seguido por pedaços da cabeça de seu alvo, que cambaleou tentando entender o que havia acontecido.

...

Para a Surpresa de Ivy, aquele homem ou aquilo era resistente demais e parece que não havia deixado ele nem um pouco feliz o que ela tinha acabado de fazer, em uma investida raivosa o homem golpeou  com suas garras rapidamente a Impura, que novamente se aproveitando de sua pouca fúria, conseguiu se desvencilhar dos golpes, se movimentando rapidamente com as pernas e tronco, como um boxeador, enquanto dizia:

-O problema.

- De brigar comigo.



Ivy então apontou a arma de forma apressada, disparando um tiro enquanto terminava a Frase:

-É que sou baixinha e difícil de acertar.

A Impura como sempre falava demais e o tiro que deu, foi facilmente esquivado por seu inimigo que estava empenhado em destruí-la.

...

Ivy então apenas apontou a arma e disparou contra a criatura novamente a queima roupa, o tiro pegou em cheio no ombro do mesmo, que gritou como sentindo a dor que o disparo lhe trouxe, mas isso não o deteve  em mais uma investida contra a Andarilha.

...

A criatura golpeou com as garras novamente Ivy, que dessa vez não foi tão rápida para se esquivar, as garras pegaram contra o ombro da Impura, cortando sua blusa e arrancando poucos pelos que haviam nascido devido sua forma Glabro. Ivy rosnou enquanto observou a gota de um líquido viscoso que quase caiu nela, quando sofreu o ataque, a Andarilha então apontou a arma e gritou esbravejando:

-A PORRA DA CAMISA ERA NOVINHA!!!


Ivy disparou novamente sua arma, o estampido ecoou enquanto a bala pegou em cheio no peito do homem, que caiu de joelhos e depois encontrou o chão. A Ragabash o fitou por mais alguns segundos enquanto respirava ofegante e segurava com uma das mãos a camisa rasgada, por fim apenas sorriu enquanto apontava a arma pro cadáver cantando:

-He's such a loser, always ready to cry!' T-t-t-ta

....

Ivy sabia que ainda tinha dois tiros naquele pente, antes de carregar, se aproximou novametne dos dois corpos e atirou em suas cabeças a queima roupa, para garantir a morte dos mesmos, entrou novamente em seu prédio, enquanto recarregava a pistola com um pente novo, então pensava:

"Ainda tenho de resolver o problema da garota.."

A impura então respirou fundo, voltava para sua forma hominídea, para que pudesse interagir sem assustar a garota no carro, ou causar problemas com o véu, se é que isso era uma preocupação agora.

...


Ivy então assim que assumiu sua forma hominídea, saiu da recepção do apartamento, indo em direção ao   carro que viu a adolescente e batendo contra o vidro do carro com a coronha da arma disse:

-Ei garota! Você ta bem ai?


A impura então apenas observou a mesma, buscava tentar enxergar a menina dentro do carro, pelos vidros, enquanto aguardava uma resposta.
avatar
Ivy_curto_circuito

Mensagens : 67
Data de inscrição : 16/07/2015
Idade : 22

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Ivy

Mensagem por Admin em Sex Ago 14, 2015 7:01 am

Uma brisa gélida sopra pelo lugar, levantando um pouco de poeira e fazendo um som característico semelhante a um assobio, assim que Ivy dispara o último tiro contra o corpo inerte daquela criatura.

Depois que voltou para o carro, numa busca louvável por interagir com aquela vítima, notou o veículo se balançar de leve. Provavelmente era a própria jovem, reagindo ao chamado. Poucos segundos depois, ela novamente se põe a limpar a janela afim de ver e ficar visível (entretanto, agora na janela do motorista) e assim que julga suficientemente limpo, começa a gesticular, apontando para o pino da porta. Depois ela puxa a maçaneta interna com empenho, fazendo novamente o carro sacolejar. Quando puxou pela terceira vez consecutiva, deixando claro que o carro estava trancado, desistiu e encolheu os ombros, levantando uma das mãos como quem mostra algo com uma linguagem corporal de: “Ops”... Era a maçaneta em sua mão, ela havia quebrado.

Nesse ínterim, enquanto provavelmente Ivy absorvia a situação e pensava em soluções, experimentou uma sensação que nunca mais esqueceria. Por um momento, sentiu um frio esquisito, não era um frio físico, sentiu-o na alma. Uma sensação de solidão, falta de fé e desesperança precederam pensamentos de indizível desonra. Aquelas sensações e os pensamentos que as seguiram passaram em questão de segundos e assim que tiveram fim, a Ragabash percebeu que os pensamentos não eram seus, muito embora viessem de sua mente. Algo estava... Invadindo sua consciência e se arrastando rumo as profundezas do seu ego.

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
OFF:
2015-08-13 22:34:58 Maldito1 rolls 8 dice to Possessão (Diff 7) 10,6,6,6,8, 5,9,10 [4 successes]
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 742
Data de inscrição : 15/05/2015

Ver perfil do usuário http://pressagiosdofim.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mulberry St Austin - Apartamento de Ivy

Mensagem por Ivy_curto_circuito em Sex Ago 14, 2015 4:54 pm

Ivy(Hominídea)-Narração

Ivy observou a adolescente, pelo que parecia o carro estava trancado e ela não conseguia abri-lo por dentro, a Ragabash então coçou a cabeça enquanto pensava.

"Bem que se eu tivesse aquela habilidade viria a calhar agora, preciso lembrar de aprende-la."


A Ragabash viu a maçaneta da porta se soltar na mão da garota, Ivy olhou com espanto quando viu a maçaneta quebrar e sorriu quando viu a expressão da garota.

...

Foi ai que a sensação que fez a Ragabash franzir o cenho, emitindo um leve rosnado, mesmo em sua forma hominídea, o frio esquisito que subiu por sua espinha e fez a garou se arrepiar. Ivy deu alguns passos para trás, levando a mão em sua própria testa, enquanto experimentava todo aquele sentimento de desesperança e falta de fé.

...

Foi quando Ivy entendeu, aqueles que a atacou eram fomoris e o maldito que havia os controlados, tentava fazer o mesmo com ela, a Ragabash socou o capo do carro com a mão, enquanto trincava o dente pensando:

"Merda, tenho de me afastar, se eu ficar por aqui, esse carro não vai ser o suficiente para proteger essa garota."

Ivy se afastou do carro, fazendo um sinal para a menina esperar, caminhou com a cabeça baixa, levando a mão na lateral da cabeça, indo em direção ao seu prédio.

...

No térreo do prédio foi em direção ao restaurante e lojas, procurou por câmeras e destruiu as que conseguiu achar atirando nas mesmas. Por fim assumiu sua forma racial, conforme seu corpo crescia e seus ossos estalavam, Ivy caiu sobre as quatro patas em meio a rosnados, por fim estava em sua forma de batalha Crinos, se pondo em pé enchendo seu pulmão de ar, emitindo por fim um uivo quase gutural, que mais parecia algum tipo de rugido inicialmente, mas por fim se revelou um longo uivo de Lobo, que ecoou por todo lugar devido o silêncio fúnebre.

A mensagem do Uivo era clara: -PRECISO DE AJUDA!


Por fim lambeu seu próprio focinho, então se concentrou em sua energia espiritual, transmitindo sua essência para sua visão, para que pudesse enxergar por fim o mundo dos espíritos, afim, de se preparar para o que tivesse lá e de dar tempo para que alguém que tivesse ouvido seu uivo, viesse a seu encontro.

OFF:

2015-08-14 08:53:16 Ivy Curto-Circuito rolls 4 dice to Espiar (Diff Cool 2,4,2,4 [failure]

2015-08-14 08:38:13 Ivy Curto-Circuito rolls 4 dice to Procurar câmeras 6,4,4,4 [1 success]
avatar
Ivy_curto_circuito

Mensagens : 67
Data de inscrição : 16/07/2015
Idade : 22

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mulberry St Austin - Apartamento de Ivy

Mensagem por Ivy_curto_circuito em Sab Ago 15, 2015 3:41 am

Ivy(Crinos)-Narração

Ivy tentou enxergar o mundo espiritual, mas devido a sua falta de concentração, por causa dos pensamentos que vinham em sua cabeça, fizeram a Impura falha em seu objetivo. Irritada a Ragabash bateu contra uma lata de lixo a jogando contra uma parede com apenas um leve gesto de suas mãos.

...

Foi quanto as orelhas da Impura se ergueram em alerta, os olhos começaram a olhar em volta e seu focinho farejava o ar, logo Ivy olhou pela porta em direção a um prédio próximo e notou uma luz acesa. Isso significava ou que ainda haviam pessoas por ali ou que enfrentaria mais Formoris, várias coisas passaram pela cabeça da louca Impura.

"Ou terei ajuda, ou problemas, melhor ficar em alerta..."_Pensou_

Se colocando novamente sobre as quatro patas, encheu novamente os pulmões de folego emitindo um segundo Uivo.


A Mensagem do Uivo novamente era somente uma: - PRECISO DE AJUDA!


Por fim, lambeu o próprio focinho enquanto pensava no que fazer, fechou seus olhos novamente, se concentrando em sua energia espiritual, para que pudesse espiar a umbra do lugar, sabia que seria difícil, mas tentaria novamente, afinal, não entraria na umbra, sem saber o que a esperava.

OFF

2015-08-14 19:38:55 Ivy Curto-Circuito rolls 4 dice to Espiar (Diff 9) 5,10,10,6 [2 successes]

2015-08-14 19:01:39 Ivy rolls 4 dice to Percepção (Diff 5) 6,9,7,3 [3 successes]
avatar
Ivy_curto_circuito

Mensagens : 67
Data de inscrição : 16/07/2015
Idade : 22

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mulberry St Austin - Apartamento de Ivy

Mensagem por Raziel em Sab Ago 15, 2015 6:16 am

Eu me aproximava do local com cuidado assim que ouvia o segundo chamado ecoar de dentro do prédio, olhava ao redor e via corpos putrefatos pelo chão alguns com a cabeça estourada, dessa vez resolvo averiguar melhor me aproximando deles. Logo eu percebo que eles eram mortos vivos, na verdade agora só mortos, nesse momento cerro os punhos com muito odio, eles eram apenas humanos feitos de peões, geralmente isso era coisa dos sanguessugas mas, olhando ao redor era impossível um punhado de vampiros fazerem tudo isso com uma cidade, pelo menos não sozinhos. Resolvo ir mais afundo e começo usar minha habilidade de sentir a Wyrn seja o que for que tenha acontecido com essas pessoas eu ia descobrir agora. E é nesse momento que sinto um arrepio gélido percorrer minha espinha até minha nuca. Eu estava cercado, havia pelo menos 2 malditos na penumbra, os corpos ali eram da Wyrn oque só confirmava minhas suspeitas, ainda havia um maculado dentro do prédio e diversos outros focos próximo ao quarteirão que eu estava.

¨Que infernos!¨

Resolvo focar nos que estão na Umbra, olhando rapidamente ao redor, não via nenhuma especie espelho que reflita direito minha imagem, lembro-me do carro e vou até o retrovisor limpo ele e vejo minha imagem me concentrando para entrar na Umbra. Logo percebo o local mais limpo sem os carros com a visão menos obstruída e com mais iluminação. Do outro lado vejo um maldito em concentração e um segundo em vigilância. Um largo sorriso estampa meu rosto, junto com um olhar psicótico expressavam minha satisfação em da de cara com eles

avatar
Raziel

Mensagens : 99
Data de inscrição : 15/07/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mulberry St Austin - Apartamento de Ivy

Mensagem por Ivy_curto_circuito em Sab Ago 15, 2015 6:37 pm

Ivy(Crinos)-Narração

Ivy finalmente conseguiu se concentrar em sua energia espiritual, abrindo os olhos pode espiar brevemente a umba do lugar. Seus olhos brilharam em um vermelho fantasmagórico enquanto observava o mundo espiritual, lá podia ver aqueles que lhe atormentava.

Dois malditos, um parecia estar quase em um transe, enquanto o outro montava guarda ao seu redor. Os pêlos de Ivy se arrepiaram, a medida que a Ragabash furiosa rosnou cerrando seus punhos e batendo contra o chão, logo em meio ao um rosnar apenas disse:

-GrRrR....Matar...

Ivy olhou ao redor, vendo uma vitrine que refletia parcamente seu reflexo, sem pensar duas vezes saltou em direção do mesmo enquanto se sintonizava perfeitamente, atravessando a película do lugar caindo próximo de onde viu os malditos que lhe molestava a mente.

...

A Impura caiu em sua forma Crinos rosnando furiosa, enquanto sentia toda aquela desesperança e falta de fé que o maldito lhe trazia a mente. Ivy se entregava a seus instintos mais ferais naquele momento, o fato de duas criaturas da Wyrm estarem estuprando sua mente, deixava a Ragabash furiosa.

...

Andando de um lado para o outro, como um Lobo que observava sua presa a ser abatida Ivy se preparava para investir contra as criaturas.



OFF:

2015-08-15 10:15:45 Ivy Curto-Circuito rolls 4 dice to Entrar Na Umbra (Diff Cool 8,4,8,10 [3 successes]

2015-08-15 10:36:21 Ivy Curto-Circuito rolls 1 die for Initiative 8 [initiative roll]



Total da Iniciativa: 8+6+2 = 16
avatar
Ivy_curto_circuito

Mensagens : 67
Data de inscrição : 16/07/2015
Idade : 22

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mulberry St Austin - Apartamento de Ivy

Mensagem por Admin em Qua Dez 02, 2015 1:07 am

FIM DA NOITE

avatar
Admin
Admin

Mensagens : 742
Data de inscrição : 15/05/2015

Ver perfil do usuário http://pressagiosdofim.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

FIM DA NOITE

Mensagem por Admin em Seg Mar 07, 2016 1:08 am

avatar
Admin
Admin

Mensagens : 742
Data de inscrição : 15/05/2015

Ver perfil do usuário http://pressagiosdofim.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mulberry St Austin - Apartamento de Ivy

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum