MEDICAL CENTER NORTE AUSTIN ST. DAVID

Página 2 de 3 Anterior  1, 2, 3  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: MEDICAL CENTER NORTE AUSTIN ST. DAVID

Mensagem por Suzanne O'Bran em Qui Ago 18, 2016 2:11 am

Enquanto Miller dispensava o sujeito que interrogava o policial de forma cômica, Suzanne se concentrava em recolher dados de forma mais palpável.

Deste modo ativa o programa de gravação do aparelho celular de forma natural, como se mexesse de forma ociosa no "Whatss" enquanto Miller exigia seu tempo na camaradagem; pelo menos é o que esperava que todos pensasse.
Esse negocinho de papel e caneta era para tiras dos anos cinqüenta. Pensava.

Feito isso coloca o mesmo no bolso do guarda pó e se aproxima, ficando em completo silêncio ao ouvir o relato.

Quando o policial começa a descrever o ocorrido; um arrepio percorre sua espinha.

Quem seria idiota o bastante para deixar rastros tão evidentes assim?
Nesse momento pensou em interromper, queria apagar aquele imbecil, pelo bem de todos, mas agora já era tarde demais.

O véu estava comprometido e esse gordinho estava começando a falar mais do que gostaria de ouvir.
avatar
Suzanne O'Bran

Mensagens : 326
Data de inscrição : 16/05/2015
Idade : 33

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Suzanne

Mensagem por Admin em Qui Ago 18, 2016 11:57 pm

- Digamos que ele tenha... Miller então imitou a gesticulação do policial: - Puff! Você acha q se buscarmos as câmeras das redondezas, vamos encontrar algo?

- Não! Respondeu, sem demora:- Foi como se... Ele tivesse... Se teletransportado. Encolheu os ombros e esgarçou os lábios, como se não tivesse muita noção do que havia acontecido: - Você pode tentar, mas... Não haviam janelas e a única porta estava sendo observada de muito perto.

Miller coçou a nuca, à guisa de quem articula os próximos passos a serem tomados. Nisso, a dupla de agentes que assistia, se cutuca e passa a trocar sussurros ao pé do ouvido, enquanto um mostra o celular pro outro. Na sequência, fazem menção de se retirar (portanto, ainda não se retiraram).
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 742
Data de inscrição : 15/05/2015

Ver perfil do usuário http://pressagiosdofim.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MEDICAL CENTER NORTE AUSTIN ST. DAVID

Mensagem por Suzanne O'Bran em Sex Ago 19, 2016 12:56 am

O'Bran olha para Miller por um tempo e após isso para os agentes que ali estavam sussurrando.

"Babacas"-pensava ela enquanto se afastava o suficiente para digitar sem se tornar o foco das atenções-

Sua irmã lhe enviou um aplicativo uma vez, onde dizia que as informações depositadas nele eram 100%seguras. Era uma imitação do whatss, mas usado por andarilhos do asfalto.

"Irmã, guarde esta informação com carinho, e tente encontrar algum irmão tribal nesta cidade através do programa, mas não repasse a mensagem e nem toque no assunto."

Após isso envia a mensagem e volta a se unir ao grupo, sabendo que não tinha mais como expremer aquela laranja. Ele já disse tudo.

Aguardava somente a conclusão dos fatos.
avatar
Suzanne O'Bran

Mensagens : 326
Data de inscrição : 16/05/2015
Idade : 33

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Miller - Suzanne

Mensagem por Admin em Sab Ago 20, 2016 12:33 am

Os agentes se retiram em conversa sussurrada, mas, repleta de gestos firmes. Seus passos eram ligeiros em direção a um dos automóveis pretos e de vidros escuros. Pareciam articular ações futuras enquanto dedilhavam freneticamente seus celulares...

Simultaneamente, Miller pegava o contato do policial testemunha, quando então este último rogou: - Por favor, cara! Me disseram que você é o melhor da sua pasta e que até já conseguiu evidências de casos que até Deus duvida, é verdade?

O investigador assente com um sorriso amarelo, folgando a gravata com o dedo indicador em seguida: - Calma, amigo. Vou fazer o meu melhor e...Miller fitou os lados com um olhar preocupado. Notando que apenas a recente amiga o observava, tirou do bolso pequenos objetos de brilho prateado, entregando-lhes na mão do policial: - Caso precise defender a si e sua família... Use isso, e não erre! Com uma feição preocupada, Miller tocou o ombro do policial com a mão que levava o bloco. Aquele agente piadista parecia realmente tocado com a situação da testemunha, a ponto de presenteá-lo com 3 projéteis de prata.

O homem reagiu assustado, algo catatônico, observando os objetos na palma da própria mão. Miller então encerrou a conversa: - Te ligo se precisar de mais algo. Vou ver se consigo alguém pra vigiar sua casa... Disse, puxando agora do bolso o seu smartphone, quando então arregalou os olhos: - Não... Pode... Ser... Logo que diz a frase pausada e em tom de espanto, o agente observa a dupla que havia se evadido do lugar, como se começasse a compreender o porque da saída repentina.

A sequência dos fatos se sucedia cada vez mais curiosamente quando Suzzane também recebera não uma, mas duas mensagens de celular: "Considere feito, gata! Wink" Dizia sua irmã. "Arquivos referentes ao indivíduo em questão foram deletados do sistema do hospital enquanto os agentes os assistiam na cabine de monitoramento. A estadia dele no hospital está como se nunca tivesse se dado, o que gerará grandes problemas e pode até atrair a atenção da Pasta X que investiga casos sobrenaturais. Já descobri quem é o sujeito... Seu nome é David e é uma porra de um Andarilho. Você tem que impedir ele de fazer mais merda antes que vire um caso nacional... Internacional.... Sei lá! Ps: Eu não tô em Austin, por isso não posso fazer nada."

Parece que você também já tá sabendo, né? Disse Miller, se aproximando de forma quase inocente enquanto disfarçava pequenas olhadelas para o Smartphonede Suzanne.
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 742
Data de inscrição : 15/05/2015

Ver perfil do usuário http://pressagiosdofim.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MEDICAL CENTER NORTE AUSTIN ST. DAVID

Mensagem por Suzanne O'Bran em Sab Ago 20, 2016 1:38 am

A garou analisa a ação de Miller de forma curiosa, principalmente quando o mesmo se tornou amiguinho do policial e lhe presentou com três jujubas prateadas.

"Agora essa!"

Nota após isso a ação dos agentes que agiam de forma mais estranhas que o normal, se evadindo após conseguirem ouvir o que precisavam.

...

Mas foi quando Miller terminou o depoimento e dirigiu a si, que Suzanne aperta o botão lateral de encerrar a tela, fechando-a, principalmente quando percebe a aproximação maliciosa do pasta X Miller.

_Era minha irmã rsrss... -Diz como se estivesse alheia-

_Mas aí... Quem eram aqueles?-Dizia se referindo aos agentes que se mandaram dali após ouvir o depoimento do policial afetado, mostrando que não estava tão distante assim-

Após isso, como se cometesse uma gafe, diz com um sorriso bobo.

_Sabendo de que? -Retorna de onde Miller parou-
avatar
Suzanne O'Bran

Mensagens : 326
Data de inscrição : 16/05/2015
Idade : 33

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Suzanne

Mensagem por Admin em Qua Ago 24, 2016 10:59 pm

Miller reage fazendo uma careta indecifrável. Suzanne não sabia se o agente havia caído na sua conversa, ou se aquela expressão era de desapontamento: - Jurava que você estava sendo alertada, assim como eu que... Apontou pro próprio celular, respirou fundo e continuou: - Bom... Já lidei com um desses antes. Eles são bons com tecnologia e parece que esse está tentando apagar tudo sobre o que aconteceu com ele.

Miller guardou os pertences nos bolsos do sobretudo e trocou por uma carteira de cigarros e um esqueiro, passando a fumar então, como se não tivesse tanta pressa mesmo após aquela notícia: - Eu nunca mais vou cair nessa. Da outra vez eu perdi tudo sobre o cara... Mas, to vacinado agora. Sorriu, dando o primeiro trago.

Depois de baforar a fumaça pelo ar, finalizou: - Provavelmente esses babacas correram pra esconder o que já copiaram da polícia, porque eles sabem que quando eu soubesse que esse... Hacker está invadindo tudo, eu ia querer uma cópia também... Mas, não há nada que eles possam fazer. Finalizou rindo, sutilmente.
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 742
Data de inscrição : 15/05/2015

Ver perfil do usuário http://pressagiosdofim.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MEDICAL CENTER NORTE AUSTIN ST. DAVID

Mensagem por Suzanne O'Bran em Qui Ago 25, 2016 12:04 am

Suzanne da um sorriso bobo, mas que mostrava perspicácia.

_Só mesmo um estúpido para achar que pode esconder tudo de nós, infelizmente não dá, somos os federais...-tentava fazer uma piada-

_Agora para de bancar o difícil e vamos tomar aquele café...

Suzanne então leva sua mão ao bolso e segura firme o celular, não daria mole de perde-lo tendo tantas informações. Miller parecia astuto, e esse tipo de gente era capaz de tudo para solucionar um caso, até mesmo ser invasivo com pessoas que são prováveis aliadas.

Mas estava indo bem e pelo visto Miller caiu em sua graça.

_Ofereceria meu braço para me conduzir até a máquina expressa senhor, mas não sei se pegaria bem em serviço...

_Então, vamos lá?

_Prometo que vai ser rápido... E também podemos dar uma sondada no lugar do sinistro; ver se tem uma forma lógica desse cara ter sumido por encanto. Sou meio cética, não engoli essa história de mágica e PUF, deve ter um modo desse Copperfield ter feito o truque!

Sendo como fosse, Suzanne diria mais algumas palavras.

_O que me preocupa são aqueles indivíduos que saíram daqui a pouco, mas enfim...

Aguarda para saber se aceitaria seu convite ou não.
avatar
Suzanne O'Bran

Mensagens : 326
Data de inscrição : 16/05/2015
Idade : 33

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Suzanne

Mensagem por Admin em Qui Ago 25, 2016 12:27 am

Ele sorri ante a hipótese de passearem de braços dados, qual um casal apaixonado. Após divertir-se com a imagem mental, desenhou uma espécie de quadrado no ar, esticando os braços com os dedos indicador e polegar das duas mãos: - Adorei esse nome pra ele! Copperfield! Esse será o caso Copperfield... Repetiu, tragando o cigarro outra vez.

- Ok. Como você me deu o nome do meu caso... Vamos lá. Piscou, se posicionando lentamente pra direção do café.
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 742
Data de inscrição : 15/05/2015

Ver perfil do usuário http://pressagiosdofim.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MEDICAL CENTER NORTE AUSTIN ST. DAVID

Mensagem por Suzanne O'Bran em Qui Ago 25, 2016 1:00 am

Suzanne segue em silêncio mais por ser um espaço de tempo curto entre onde estavam e a máquina que por não querer papear, mas no meio do caminho não se contém em dar um sorriso faceiro ao seu parceiro de cafeína.

Se apressa em catar umas moedas no bolso e colocar na máquina.

_Acho que dá para pegar um duplo para cada um rsrss.

Sem muitas delongas aperta a opção de extra forte sem açúcar.

_Eu não queria dormir mesmo...

Após isso aponta para uma dada posição e faz um sinal para Miller aguardar.

_Vai escolhendo o seu aí que eu vou ao banheiro rapidinho! -Suzanne sempre diz em um linguajar claro, sem muita pompa. Não era do tipo de mulher cheia de frescura-

Sem esperar respostas leva consigo seu café, que serviria para lhe esquentar naquela noite fria.

Chegando no banheiro se tranca e alcança o celular no bolso.

Escreve então uma mensagem ao chefe.

"Estou com um infeliz da pasta x "entrão" comigo; como você preveu, eles já estão no caso. Mas não se preocupe, sei me virar bem e vou tentar arrancar algo dele.

PS: Não tente falar comigo pelas próximas horas, ele é muito esperto. "

Após isso se apressa em apagar todas as mensagens enviadas e recebidas, em especial as que poderiam lhe comprometer.

Apaga também o aplicativo dos AA, mas deixa a declaração do policial em áudio no mesmo.

Feito isso dá descarga na privada e sai do banheiro procurando com um sorriso no rosto por Miller.

avatar
Suzanne O'Bran

Mensagens : 326
Data de inscrição : 16/05/2015
Idade : 33

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Suzanne

Mensagem por Admin em Sab Ago 27, 2016 5:40 pm

O agente deixou que Suzanne guiasse seu olhar até sumir, quando fechou a porta do banheiro.

Quando retornou, Miller estava com outro cigarro preso nos lábios, segurando o café e polegando seu aparelho Smartphone. Ao vê-la, guardou o aparelho e sorriu: - Aquele cara... Apontou o copo descartável com café para o caminho donde haviam saído: - Sou só eu que me comovo facilmente, ou você também sentiu pena? Ficou então mais sério, durante a pergunta.
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 742
Data de inscrição : 15/05/2015

Ver perfil do usuário http://pressagiosdofim.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MEDICAL CENTER NORTE AUSTIN ST. DAVID

Mensagem por Suzanne O'Bran em Sab Ago 27, 2016 6:19 pm

Suzanne mantinha um sorriso simpático (ou tentava), quando olhou de forma curiosa para Miller. Ele havia aceso outro cigarro e desta vez lhe acompanharia.

Suzanne não era viciada, mas gostava de fumar e sempre tinha alguns cigarros em uma caixinha, assim como um Zippo do modelo simples, completamente riscado.

_Você se refere ao (Diz o nome e patente do policial)...

_Estou tentando acreditar...

_Na verdade caro Miller, eu tenho um defeito muito grande. Eu não sei separar o trabalho da minha vida particular, eu sou militar 24hs, sou agente, gosto do que faço. Mas você tem um talento que eu não tenho.

_Minha vida é correr feito uma tonta atrás de bandidos, trepar em suas costas e colocar algemas...-Dizia isso de uma forma um pouco sádica-

_Enquanto você quebra a cabeça, eu fico com a parte da diversão.

Suzanne joga a fumaça para o ar enquanto prossegue.

_Mas voltando ao assunto...

_Esse cara -Aponta para o policial- deveria estar com o meliante 24hs por dia, não deveria piscar, e se nas merdas dele tivesse feijão preto ou vermelho, ele deveria saber, ele deveria saber o tamanho do pinto do cara, se ele depila o sovaco ou não; se ele prefere usar as cuecas com aberturas laterais como a do meu avô ou calção do Bob Esponja.

_A ordem foi que ele olhasse o homem 24 horas, não retirasse algema, nem que para isso ele tivesse que deixar o cara fazer cocô na cama. Isso não é ser radical, isso é ser policial 24 horas, cumprir ordens, por que o inimigo só espera um descuido.

Suzanne mostrou uma visão radical, e as regras do jogo eram claras: Ele deveria estar colado no bandido.

_Senhor Miller, acho que devemos ir ao quarto onde ficou alojado nosso Copperfield e vê se existe alguma possibilidade de fuga.

_Mas cá entre nós, vou dizer uma frase que ouvi em um filme: Estou querendo acreditar...

Suzanne passa a impressão de que queria de fato acreditar, apesar de já saber do real teor. Mas talvez, se isso acontecesse Miller poderia ter uma parceira nesse caso, pois Suzanne não parecia ser do tipo que começa algo e não termina. Ela iria até o fim.


Última edição por Suzanne O'Bran em Sab Ago 27, 2016 6:21 pm, editado 1 vez(es)
avatar
Suzanne O'Bran

Mensagens : 326
Data de inscrição : 16/05/2015
Idade : 33

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Suzanne

Mensagem por Admin em Dom Ago 28, 2016 11:08 pm

Miller balança a cabeça positivamente enquanto Suzanne ia fazendo as colocações: - Não sei muito sobre você, mas... Sei ler comportamentos e se fosse arriscar, diria que você também é talentosa, na sua área.

Deu uma golada cuidadosa a mais no café e tragou calmamente, gesticulando para que Suzanne esperasse sua conclusão: - A gente sabe que ele poderia ter aumentado ainda mais a vigília dele, mas... O meu palpite é de que não ia adiantar nada. Sorriu e desencostou da parede ao lado da máquina, onde ficou para esperar Suzanne sair do banheiro: - Vamo lá, vamo olhar esse banheiro...
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 742
Data de inscrição : 15/05/2015

Ver perfil do usuário http://pressagiosdofim.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MEDICAL CENTER NORTE AUSTIN ST. DAVID

Mensagem por Suzanne O'Bran em Dom Ago 28, 2016 11:54 pm

Suzanne ouviu em silêncio o que Miller tinha a dizer, na verdade dava para perceber a ânsia no olhar da agente enquanto aguardava para se distanciar de olhares e ouvidos curiosos. Em sumo; desejava ficar a sós com Miller.

_Como assim não iria adiantar?

Certamente esta era a pergunta que tinha engasgada na garganta durante todo este caminho que traçaram até Suzanne ter sua oportunidade de perguntar.

_Você sugere que foi uma ação sobrenatural de fato?



avatar
Suzanne O'Bran

Mensagens : 326
Data de inscrição : 16/05/2015
Idade : 33

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Suzanne

Mensagem por Admin em Qui Set 01, 2016 1:30 am

Miller apertou os lábios, conferindo ao seu semblante um tom pesaroso que não durou mais que poucos segundos: - Bom.... Isso é o que estamos aqui pra descobrir... Com essa resposta, era notório que o agente tentava se esquivar de qualquer posição mais convicta. Talvez porque não confiasse em Suzanne, ou simplesmente por saber que pouca gente acreditava no sobrenatural, aquilo fosse uma forma de preservar-se.

Apagou o cigarro na parede antes de entrarem efetivamente no ambiente hospitalar, continuando apenas com o café, que saboreava entre as pausas na conversa: - Quando chegarmos no banheiro, pretendo apalpar as paredes pra ver se alguma passagem se abre pra uma caverna cheia de morcegos... Riu então da própria piada, quando já se avizinhavam do local destinado a pacientes em estado mais grave.

Uma enfermeira se aproximou, colocando-se de forma a impedir que avançassem e interpelou: - Já vieram vários de vocês... Os pacientes precisam descansar...
Miller fitou Suzanne por um segundo e respondeu: - Eu sei, respeito muito o seu trabalho e seus pacientes. Mas, se não permitir que eu investigue esse caso como meus colegas de pastas diversas fizeram, pode ser que a senhora tenha MUITO mais trabalho dentro de poucos dias... Se é que me entende.

Sem resposta, a enfermeira apenas reagiu com uma face de descontentamento, abrindo passagem.

Mais alguns metros de caminhada em que passaram a transitar por entre alguns leitos, em sua maioria tapados por uma cortina branca, chegaram até a porta do banheiro. Mas, ao lado, um leito descoberto chamava atenção. Um senhor com severas escoriações além de um braço amputado, balbuciava algo entre rompantes de tosses acompanhadas de muito sangue. Mais uma vez Miller fitou Suzanne, mas dessa vez transparecendo compaixão, até que a voz fraca do senhor ganhou força, congelando as feições do agente da pasta X: - Foi um lobo! Foi um lobo!
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 742
Data de inscrição : 15/05/2015

Ver perfil do usuário http://pressagiosdofim.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MEDICAL CENTER NORTE AUSTIN ST. DAVID

Mensagem por Suzanne O'Bran em Qui Set 01, 2016 1:54 am

Suzanne caminhava ao lado de Miller e ao se deparar com a enfermeira, pensou em dizer algo sobre obstrução de justiça e investigação, mas Müller foi mais rápido e solucionou o problema de forma bem mais simples e persuasiva.

O bate-papo seguiu de forma interessante e Suzanne acrescenta:

_Então cara, não é que eu duvide de tudo, mas se tem algo que acredito; é na minha corporação. E se ela achou por bem criar uma pasta para...

Suzanne estacou quando ouviu o homem sem braços balbuciar algo que fez seus pela da nuca arrepiarem, e parou girando de forma pensativa tal qual fez Miller.

Estava completamente frustrada com as burrices dos garous locais, de modo que estava pensando em ter uma conversinha com o tal líder da seita dos presságios.

Sua feição demonstrava um certo espanto com a notícia:

_Mas hein? O que você disse homem?-Tentou ser menos incisiva, mas quase arrancou o rapaz da cama para constatar o que já teve certeza que ouviu-

_Lobo? O que esse cara esta falando Miller?

avatar
Suzanne O'Bran

Mensagens : 326
Data de inscrição : 16/05/2015
Idade : 33

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Suzanne

Mensagem por Admin em Qui Set 01, 2016 2:33 am

- Lobo... Lobo... Continuou o senhor, interrompido apenas pelas próprias tossidas, como se mal notasse a presença de Suzanne e Miller.

O agente se acercou do enfermo com um olhar minucioso, que pairava no semblante e depois percorreu todo o corpo do homem, estudando-o com cuidado: - Mas, o que? Sussurrou Miller, numa expressão de espanto para si próprio. Raciocinou por breve período, quando fitou Suzanne enquanto o Senhor parecia delirar até cair num sono profundo: - Parece que ele está se referindo a própria situação. Apontou para os ferimentos no corpo daquele paciente, dessa vez falando para Suzanne: - Vê? Parece que os membros inferiores sofreram ataques com... Eu diria garras. Fez uma pausa dramática enquanto seu dedo indicador posicionava-se lentamente na altura do tórax do homem, sem entretanto tocar-lhe, obviamente: - Já aqui, os furos na carne parecem indicar uma mordida.

Na Sequência, ele fita a porta do banheiro. Parecia querer estabelecer alguma ligação: - Acho que essa cena foi só uma peça do destino. Sorriu com um sorriso enigmático.
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 742
Data de inscrição : 15/05/2015

Ver perfil do usuário http://pressagiosdofim.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MEDICAL CENTER NORTE AUSTIN ST. DAVID

Mensagem por Suzanne O'Bran em Qui Set 01, 2016 2:51 am

Suzanne era sádica e não mudaria isso para agradar ninguém, sempre gozava das danações e desgraças que aconteciam ao seu redor, era do tipo que não pouparia nem a si mesmo.

_Rapaz, eu achei que esse cara tinha brigado com o moedor de carne inicialmente, mas agora estou vendo mesmo isso que esta me falando...

_Meu deus...

Suzanne falava sério desta vez, apesar de usar um exemplo tosco a seguir.

_Você já viu aquele filme lobisomem americano? Sei lá, você deu umas jujubas de prata para o outro policial lá fora. Pelo menos a cor parecia prata, não era aço, isso tenho certeza.

_O que esta acontecendo nessa cidade cara? Você precisa me dizer!

Sem esperar respostas sai do quarto do homem que delirava, queria passar a impressão de desorientada e que precisava de um tempo para assimilar aquela história.
avatar
Suzanne O'Bran

Mensagens : 326
Data de inscrição : 16/05/2015
Idade : 33

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Suzanne

Mensagem por Admin em Qui Set 01, 2016 3:49 am

OFF:
- Teste Carisma + Performance, dif 6.
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 742
Data de inscrição : 15/05/2015

Ver perfil do usuário http://pressagiosdofim.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MEDICAL CENTER NORTE AUSTIN ST. DAVID

Mensagem por Suzanne O'Bran em Qui Set 01, 2016 4:10 am

2016-08-31 20:08:25
Suzanne rolls 1 die to performance (used willpower) 10 [2 successes]
avatar
Suzanne O'Bran

Mensagens : 326
Data de inscrição : 16/05/2015
Idade : 33

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MEDICAL CENTER NORTE AUSTIN ST. DAVID

Mensagem por Admin em Sab Set 03, 2016 12:25 am

OFF:
- Role Percepção + Empatia, dif 6.
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 742
Data de inscrição : 15/05/2015

Ver perfil do usuário http://pressagiosdofim.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Miller - Suzanne

Mensagem por Admin em Ter Set 06, 2016 2:03 am

O que aconteceria a partir dali, embora não fosse nada importante, talvez valesse a pena ficar na memória. A curiosa cena de Suzanne tentando persuadir Miller com uma encenação gerou uma consequência que tornaria o clima entre a dupla para lá de estranho, pois que assim que notou a ação, o agente destrinchou a tentativa da recém conhecida e reagiu com igual inabilidade para encenar.

Dessa forma, Miller havia sido muitíssimo hábil para perceber a tentativa, porém inversamente fraco para dissimular sua própria percepção, o que ocasionou em Suzanne perceber que Miller havia também percebido: - Calma, calma... Você só deve estar assustada. Forçou um riso anasalado e continuou: - Vamos logo ver esse banheiro. Seguiu então, empurrado a porta e entrando no banheiro.
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 742
Data de inscrição : 15/05/2015

Ver perfil do usuário http://pressagiosdofim.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MEDICAL CENTER NORTE AUSTIN ST. DAVID

Mensagem por Suzanne O'Bran em Ter Set 06, 2016 3:06 am

Suzanne poderia dar de ombros ante a situação, mas não queria perder a confiança de Miller por pouca merda.

_Ah cara, sei lá...

_Acho que já vivi tanta desgraça na minha vida, já vi tanta morte e ocasionei algumas delas que não fico emotiva por pouco.

_Foi mal aí por tentar bancar a moça assustada, mas o máximo que senti foi a estranheza dos ferimentos.

_Eu devo ter ficado meio...-fazendo um gesto com o indicador apontando para a cabeça e girando-o para ajudar no entendimento- maluca...

Neste momento Miller, atento como deveria, nota que Suzanne era de fato uma pessoa insensível,  e isso poderia sim estar relacionado a sua função na guerra.

_Agora vamos parar com esse jogo de gato e rato e ver esse banheiro...

Seguindo Miller adentra o local em silêncio; permitiria ele fazer a primeira análise.
avatar
Suzanne O'Bran

Mensagens : 326
Data de inscrição : 16/05/2015
Idade : 33

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Miller - Suzanne

Mensagem por Admin em Ter Set 13, 2016 2:34 am

Miller reage inicialmente serrando os olhos, como quem estuda Suzanne, para em seguida dar sua contribuição para amenizar o clima: - Tudo bem. Vamo acabar logo com isso porque quero acender outro cigarro.

Deu um primeiro passo largo então, adentrando o banheiro depois de ter empurrado a porta. Movia-se com cuidado, observando o piso, as paredes e cada detalhe do cenário.

Por fim, ergueu seus olhos para o cubículo dentro do banheiro, destinado a conferir alguma privacidade aos pacientes. Miller apontou para o cubículo, fitou Suzanne e disse: - Pelo que entendi, o policial estava aí onde você está. A enfermeira aqui, onde eu estou, e o cara sumiu alí de dentro... Sua face era de estranheza, quando finalizou: - Quer fazer as honras? Perguntava assim sobre abrir a porta do cubículo.
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 742
Data de inscrição : 15/05/2015

Ver perfil do usuário http://pressagiosdofim.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MEDICAL CENTER NORTE AUSTIN ST. DAVID

Mensagem por Suzanne O'Bran em Ter Set 13, 2016 1:57 pm

Logo após Miller esboçar novamente vontade de fumar, Suzanne faz uma cara do tipo que diz: essa porra vai acabar te matando! - Mas nada diz-

Ouve Miller pronunciar e descrever os detalhes, quando então, perde a linha do raciocínio, quando o mesmo pede para abrir a porta.

Segura a maçaneta e olha para Miller, fazendo um pouco de mistério.

_Abra...

_Cadabra!

Após isso abre a porta e ao contrário do que se esperaria, começa olhando o teto, após isso as paredes, na esperança de encontrar alguma saída de ar possível.
avatar
Suzanne O'Bran

Mensagens : 326
Data de inscrição : 16/05/2015
Idade : 33

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Miller - Suzanne

Mensagem por Admin em Qua Set 21, 2016 1:11 am

Miller achou graça da brincadeira enquanto a Andarilho abria a porta, que acabou descortinando um espaço muitíssimo apertado, por onde não havia possibilidade de fuga a não ser pelo teto descoberto. Mas, um indivíduo que experimentasse se colocar para fora do cubículo pelo teto, não estaria fora do banheiro, além de ser imediatamente visto por qualquer um que estivesse no mesmo ambiente. No banheiro havia uma janela estreita, mas, relativamente longe do cubículo.

- Impossível... Disse Miller, observando o interior do cubículo por cima dos ombros de Suzanne.
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 742
Data de inscrição : 15/05/2015

Ver perfil do usuário http://pressagiosdofim.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MEDICAL CENTER NORTE AUSTIN ST. DAVID

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 3 Anterior  1, 2, 3  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum