Ruas ao Centro

Página 3 de 3 Anterior  1, 2, 3

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Narração - Suzanne

Mensagem por Admin em Sex Jan 27, 2017 2:26 pm

Depois de haver acessado pelo menos duas ruas que fugiam da avenida principal, a Andarilho notou uma Mercedes preta que há muito parecia estar fazendo a mesma trajetória que a sua, porém, vindo sempre atrás.
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 742
Data de inscrição : 15/05/2015

Ver perfil do usuário http://pressagiosdofim.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas ao Centro

Mensagem por Suzanne O'Bran em Sab Jan 28, 2017 11:28 pm

Suzanne abaixa o som do veículo e espragueja o pior palavrão que conhecia.

_(...) fica frio Suzanne, você não pode perder a cabeça! - dizia para si na segurança de seu vidro fumê-

Reduz a velocidade do veículo a uma mais segura que desse para anotar a placa de quem que quer que estivesse lhe seguindo ou faria isso em um sinal que precisasse parar.

Após isso encosta o veículo entrando de maneira disfarçada em um fastfood, agia naturalmente, como se aquilo fosse algo que necessitava. Seres humanos precisavam comer e policiais normalmente não tinham lá uma dieta regrada.

Sai do carro e desliga o giroscópio, apertando o botão de travamento em sua chave. Neste ínterim aproveita para olhar de maneira disfarçada se o veículo que lhe seguia iria parar nas proximidades, com a desculpa de olhar para trás para checar se o carro dou travado e zelar pela segurança de seu próprio veículo.
avatar
Suzanne O'Bran

Mensagens : 326
Data de inscrição : 16/05/2015
Idade : 33

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Suzanne

Mensagem por Admin em Seg Jan 30, 2017 11:35 pm

Com a placa anotada, Suzanne percebe que o veículo para próximo.

Então, depois que a Andarilho se afasta para entrar no estabelecimento, o carro arranca, fazendo o som característico de pneu cantando no asfalto, para logo em seguida, frear bruscamente entre o carro de Suzanne e a porta do fastfood por onde havia entrado.

Uma das portas do veículo se abre (do lado oculto) e alguém sai.
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 742
Data de inscrição : 15/05/2015

Ver perfil do usuário http://pressagiosdofim.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas ao Centro

Mensagem por Suzanne O'Bran em Seg Fev 06, 2017 3:47 am

Ao perceber a ação Suzanne se coloca atrás de uma pilastra ou algo qualquer que lhe fornecesse abrigo.

Pondera entre sacar sua arma ou não, mas talvez sua vida dependesse disso. Todavia mantém a mesma por trás de sua roupagem, com cuidado para não assustar os "civis".

Com cautela espia o veículo recém chegado e quem quer que saísse do mesmo.
avatar
Suzanne O'Bran

Mensagens : 326
Data de inscrição : 16/05/2015
Idade : 33

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Suzanne

Mensagem por Admin em Ter Fev 07, 2017 9:07 pm

Quem quer que houvesse saído, saiu pelo lado oculto do carro (ou seja, o lado oposto a visão de Suzanne), demorou-se cerca de 5 segundos e, retornou ao veículo, batendo a porta antes do veículo acelerar violentamente. Os pneus cantaram agudamente, fazendo a clientela reagir com preocupação, mas, aparentemente estava tudo em ordem.
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 742
Data de inscrição : 15/05/2015

Ver perfil do usuário http://pressagiosdofim.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas ao Centro

Mensagem por Suzanne O'Bran em Ter Fev 14, 2017 10:10 pm

Suzanne ao perceber o ocorrido e após acompanhar com sua mais nova visão periférica que o "mal" se afastara, saca de seu bolso o distintivo e diz em alto tom:

_Assunto policial, sigam com suas rotinas normais. -Diz em um tom de que tudo estava contornado e bem-

_Mocinha, quero falar com seu gerente por gentileza...- dizia a uma das atendentes enquanto procurava por câmeras que pegassem aquele angulo-

Após isso vai até o lado de fora e pega o bilhete colado no veículo, lendo- o após isso.
avatar
Suzanne O'Bran

Mensagens : 326
Data de inscrição : 16/05/2015
Idade : 33

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Suzanne

Mensagem por Admin em Seg Fev 20, 2017 7:56 pm

As pessoas que pareciam mais curiosas do que assustadas, passaram a apressar-se para ir embora, empacotando seus lanches e simplesmente saindo, após terem formado uma pequena fila numa das portas alternativas do ambiente, que dava para o lado oposto ao do ocorrido.

A atendente meneia a cabeça, algo sem reação e só então caminha para os cômodos interiores.

Uma análise superficial revelava que dificilmente as câmeras internas teriam pegado algo. É só quando Suzanne se coloca fora do estabelecimento, que nota uma possível esperança, duma câmera externa.

No bilhete, uma frase escrita às pressas, numa folha de caderno: "Antes de fazer essa idiotice e nos obrigar a uma vingança, ligue para: 99151918"
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 742
Data de inscrição : 15/05/2015

Ver perfil do usuário http://pressagiosdofim.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas ao Centro

Mensagem por Suzanne O'Bran em Ter Fev 21, 2017 5:58 pm

Nesse ínterim, a garou pega o papel e liga para o tal número, utilizando o celular com o segundo chip. Apesar de ter um celular da corporação, sabia que eles eram grampeados e não arriscaria.

Perscruta o local, inclusive pelas janelas dos prédios mais altos(ainda fazendo uso do don), fazendo uma varredura pelo perímetro.

Queria ter certeza que não seria pega de surpresa novamente.
avatar
Suzanne O'Bran

Mensagens : 326
Data de inscrição : 16/05/2015
Idade : 33

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Suzanne

Mensagem por Admin em Ter Fev 21, 2017 10:49 pm

Enquanto o telefone chamava, um jovem adulto sai da lanchonete, trajando o uniforme do lugar e fixando olhares na Andarilho. Seu semblante era sério e até algo irritadiço talvez.

Percebendo que Suzanne estava ao telefone, o homem levanta o pulso para conferir as horas, deixando claro sua impaciência, quando finalmente alguém atende a ligação, falando com uma voz rouca e masculina: - Quanto tempo, Suzanne... Disse, sem parecer ter qualquer pressa: - Você sempre demorou pra entender as coisas. Ainda bem que trabalha em campo, né mesmo? Isso sempre te trouxe problemas e está prestes a trazer outro. Aqui vai um conselho de um amigo de velha data: - Leve isso a frente, e seus amigos do Caern talvez descubram coisas que te deixarão... Vamos dizer... Sem amigos. E aí... Aí será o momento de nos vingarmos por você não cumprir sua maldita palavra! Veja bem, Suzanne... Sabemos onde você mora. Sabemos onde fica o Caern, onde você trabalha, quem são os seus amigos. Sabemos que você acabou de tentar pedir ajuda e sabemos que vai tentar descobrir algo sobre esse número e sobre a placa do carro que te seguiu. Mas, você não está lidando com amadores... Sabemos tudo sobre você e você não sabe nada sobre nós. Não sabe nem pra onde eu enviei o carro que te perseguia agora, sabe? Pois então... Ainda há tempo para você fazer o que mandamos, e depois inventar qualquer merda pra quem você tentou abrir o bico! Sem esperar respostas, a ligação foi encerrada.
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 742
Data de inscrição : 15/05/2015

Ver perfil do usuário http://pressagiosdofim.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas ao Centro

Mensagem por Suzanne O'Bran em Qua Fev 22, 2017 4:40 pm

Suzanne ouvia atenta ao que o infeliz dizia no telefone e para o gerente engomado faz uma cara de; foda-se, vai aguardar!

Simplesmente cagando para o que aquele bastardo dizia, simplesmente ignora o que foi dito por ele enquanto pensava. "Quero ver do que vocês são feitos!"

Sim, lembranças de um passado que sequer se lembrava volta a lhe assombrar, mas desta vez iria pagar para ver.

Ligando após isso para sua irmã(desta vez com o telefone de serviço) diz:

_Preste bem atenção.

_Emita um ofício de requirição de imagem para loja (diz o nome da loja), após isso desligue seu telefone e me aguarde aí mesmo, no seu escritório. Chego em minutos.

Pela entonação de voz a garou estava preocupada além do normal. Não aguarda respostas, não tinha muito tempo para se explicar.

Após isso desliga o telefone, fitando o gerente engomado com um olhar sério.

_Ah, desculpe, nem vi que tinha chegado... -alfineta pelo sarcasmos sofrido pelo sujeito-

_Ok, eu me chamo Suzanne O'Bran e estou no meio de uma investigação, não lhe darei detalhes que não compete a você saber, então se atenha a responder a seguinte pergunta: Essa câmera funciona? - diz apontando com a caneta para mesma e sacando após isso um bloco-

_Antes de me responder esta pergunta, devo ressaltar que obstrução de justiça é crime.
avatar
Suzanne O'Bran

Mensagens : 326
Data de inscrição : 16/05/2015
Idade : 33

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas ao Centro

Mensagem por Suzanne O'Bran em Qua Fev 22, 2017 4:44 pm

Suzanne ouvia atenta ao que o infeliz dizia no telefone e para o gerente engomado faz uma cara de; foda-se, vai aguardar!

Simplesmente cagando para o que aquele bastardo dizia, reaje apenas bufando e soprando as mechas da frente de olhos enquanto pensava. "Quero ver do que vocês são feitos paspalhos!"

Sim, lembranças de um passado que sequer se recordava volta a lhe assombrar, mas desta vez iria pagar para ver do que são feitos.

Ligando após isso para sua irmã(desta vez com o telefone de serviço) diz:

_Preste bem atenção.

_Emita um ofício de requirição de imagem para loja (diz o nome da loja com endereço), após isso desligue seu telefone e me aguarde aí mesmo, no seu escritório. Chego em minutos.

Pela entonação de voz a garou estava preocupada além do normal. Não aguarda respostas, não tinha muito tempo para se explicar.

Após isso desliga o telefone, fitando o gerente engomado de cima a baixo.

_Ah, desculpe, nem vi que tinha chegado... -alfineta pelo sarcasmos sofrido pelo sujeito-

_Ok, eu me chamo agente especial Suzanne O'Bran FBI e estou no meio de uma investigação, não lhe darei detalhes que não compete a você saber, então se atenha a responder a seguinte pergunta: Essa câmera funciona? - diz apontando com a caneta para mesma e sacando após isso um bloco-

_Antes de me responder esta pergunta, e todas as outras que virão a seguir, devo ressaltar que obstrução de investigação, é crime.

Saca após isso um cigarro e acende.

_Neste momento, em seu email de loja deve estar chegando um mandato de requirição de imagens.
avatar
Suzanne O'Bran

Mensagens : 326
Data de inscrição : 16/05/2015
Idade : 33

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Suzanne

Mensagem por Admin em Qua Fev 22, 2017 7:50 pm

- Errrr.... Bom, tudo bem! Respondeu do outro lado da linha, aparentando certa surpresa.

Depois de haver encerrado a ligação e iniciado a conversa com o gerente, ele apenas respira fundo, dá de ombros e responde: - Tudo bem, a câmera funciona sim. deixe-me conferir seu email... Pegou no bolso um celular, dedilhou algumas vezes e respondeu: - Ainda não chegou nada. Eu vou designar alguém que possa esperar... Vamos entrar e vou te apresentar a funcionária...

O homem entrou e foi logo sumindo das vistas de Suzanne, quando cerca de dois minutos depois uma jovem moça apresentou-se com o mesmo celular nas mãos, debruçando-se no balcão enquanto mascava um chiclete e deslizava o dedo no celular. Mais um minuto se passou até que enfim ela respondeu: - Ah... Chegou!

A jovem encaminhou-se juntamente com Suzanne para o interior do estabelecimento, debaixo de olhares curiosos dos poucos clientes que restavam.

Estavam agora numa sala quente, onde havia um ar condicionado com um papel escrito "quebrado" grudado com durex. Depois de haverem perdido mais alguns minutos enquanto a moça se familiarizava com o equipamento, tentando distinguir em qual HD estavam armazenadas as filmagens, ela começou a vasculhar as pastas, tentando agora descobrir qual pasta pertenceria à câmera externa. Na terceira tentativa, a tela do notebook ficou azul com mensagens típicas de erro e a única solução foi reiniciar o computador. Numa nova tentativa, depois de novos minutos de espera, a mesma pasta desencadeou a mesma tela azul...
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 742
Data de inscrição : 15/05/2015

Ver perfil do usuário http://pressagiosdofim.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas ao Centro

Mensagem por Suzanne O'Bran em Qui Fev 23, 2017 5:21 am

Furiosa a andarilho do asfalto se levanta, e sem nada dizer sai da sala seguindo em direção  ao seu veículo se mostrando insatisfeita. Suas expressões eram de insatisfação plena quanto a não colaboração daquele povinho medíocre, mas no fundo sabia que não era isso.

Sabia muito bem o que estava acontecendo e que desse  mato não iria sair cachorro.

Pertencia a tribo mais  astuta quanto a assuntos concernentes a tecnologia, não seria feita de boba, perderia anos ali esperando para nada.

Seu olhar  por trás do óculos modelo "aviador" serpenteavam em busca de quaisquer interpéries vindouras.

Jogava um jogo nesse momento de gato e rato, mas de uma coisa tinha plena certeza; não negociaria com ninguém.
avatar
Suzanne O'Bran

Mensagens : 326
Data de inscrição : 16/05/2015
Idade : 33

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas ao Centro

Mensagem por Admin em Qua Mar 01, 2017 7:04 pm

OFF:
- Percepção + investigação, dif 6
- Percepção + Instintos primitivos, dif 10.
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 742
Data de inscrição : 15/05/2015

Ver perfil do usuário http://pressagiosdofim.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Suzanne

Mensagem por Admin em Ter Mar 07, 2017 11:57 pm

Pelas ruas, Suzanne não notara nenhuma movimentação incomum, mas, seus instintos teimavam em proporcionar uma incômoda sensação de estar sendo observada.
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 742
Data de inscrição : 15/05/2015

Ver perfil do usuário http://pressagiosdofim.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas ao Centro

Mensagem por Suzanne O'Bran em Qua Mar 08, 2017 1:03 am

Aquele arrepio na nuca...

...sempre era seguido de uma baita merda que acontecia geralmente consigo, mas as vezes ao redor de si.


Sabia que era ela o alvo, desafiou forças que não conhecia bem, ou talvez não se lembrava. Todavia o que sabia era que era meia sensitiva. Tinha uma espécie de poder estranho, que se revelava uma manifestação esquisita e talvez única,  que iam além das habituais sentidas por seus iguais garous.

_Foda-se!!!- dizia enquanto socava o volante algumas vezes-

Desabafava na cobertura da carroceria e vidros fumê, odiavaia ser a caça, detestava essa situação.

Desliga o som, mas não o sistema de sirenes audio visual, tinha pressa, mas precisava estar alerta. Seus sentidos raramente falhavam.
avatar
Suzanne O'Bran

Mensagens : 326
Data de inscrição : 16/05/2015
Idade : 33

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Suzanne

Mensagem por Admin em Qui Mar 09, 2017 7:36 pm

Estava perto de chegar no lugar onde sua irmã trabalhava. Mais uma esquina apenas em talvez um ou dois minutos.

Mas, o seu telefone toca. O número estava visível, mas era desconhecido.

------------------------------------------------------------------------
OFF:
- Se for atender, rolamos a cena das falas em off. Se não, assuma que chega no prédio e não encontra nada de suspeitos nas ruas.
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 742
Data de inscrição : 15/05/2015

Ver perfil do usuário http://pressagiosdofim.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas ao Centro

Mensagem por Suzanne O'Bran em Sex Mar 10, 2017 10:33 pm

Suzanne atende pelo Bluetooth de seu veículo.

_Funerária só falta você. Boa tarde!
avatar
Suzanne O'Bran

Mensagens : 326
Data de inscrição : 16/05/2015
Idade : 33

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Neo

Mensagem por Admin em Qua Mar 22, 2017 1:10 am

Graças a necessidade incessante que Isa tinha de falar, talvez pela situação dramática de poucas noites, narrada por ela própria para Neo até chegarem finalmente num ponto do Parque onde poderiam tomar um Táxi, não havia sido difícil manter uma conversa.

Faro-Ancestral no entanto, permanecia silenciosa enquanto Neo ia descobrindo que a jovem Isa havia sido resgatada de uma situação curiosa. Atraída pelo namorado para um lugar deserto, onde figuras no mínimo suspeitas aguardavam. Tentaram leva-la a força, o que desencadeou na sua primeira transformação.
Estranhamente as figuras pareciam preparadas para aquilo, mas não para a aparição de Faro-Ancestral, que conseguiu carrega-la para Umbra, onde puderam fugir.

Depois da história até o Táxi e das explicações de Neo dentro do veículo (e por isso muito limitadas) chegaram então até o centro, onde Faro-Ancestral mandou o carro parar e saltou: - A partir daqui, vamos a pé. Não queremos conversas que tirem nossa atenção e nos atrase, portanto agora só conversamos sobre a missão que consiste em averiguar e se necessário, resgatar os nossos. Isa só deve observar enquanto Neo, já pode tentar averiguar o que acontece na rua Esmerald Forest Dr.
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 742
Data de inscrição : 15/05/2015

Ver perfil do usuário http://pressagiosdofim.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas ao Centro

Mensagem por Neo em Qua Mar 22, 2017 6:25 pm

*Neo faz sinal com a cabeça mostrando que tinha entendido a ordem. Pensando por um segundo o que faria, um sorriso aparece em seu rosto enquanto olha para Isa falando baixo e colocando o dedo nos lábios mostrando para ela não que não é para começar a falar um monte com aquilo.*

"...Olha que coisa maneira!!!"

*Neo então levanta a manga dá jaqueta, olha para um lado e para o outro se certificando que ninguém veja. Logo ele desdedica o laptop dando uma piscada para Isa.*

*Logo Neo tecla freneticamente, acessando um satélite, por onde consegue mostrar as imagens em tempo real do local, no caso a rua Esmerald Forest Dr. Assim se vira para Farol onde todos podem observar as imagens a fim de averiguar o local.*
avatar
Neo

Mensagens : 146
Data de inscrição : 30/01/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Neo

Mensagem por Admin em Ter Mar 28, 2017 11:22 pm

A moça inclina a cabeça, demonstrando haver entendido o recado, quando então passou a debruçar-se junto a Neo, sobre o aparelho.

Diante dos seus olhos incrédulos, a tela do celular sintonizou-se com o que mostrava um satélite, exibindo até o logo de uma agência espacial menor, ligada à NASA. As imagens mostravam coordenadas diferentes, fazendo o Andarilho precisar passar o comando do ponto desejado. Aquilo arrancou um: - Nossa! Da jovem, que a essa altura, já andava quase abraçada com Neo, fazendo-o sentir o cheiro delicado dos cabelos recém lavados de Isa.

A imagem então passa a mostrar a visão privilegiada de uma rua com indivíduos que se movem estranhamente, isso é, não parecem estar apenas atravessando as vias em busca de chegar num ponto específico. Aquilo faz Neo lançar um olhar mais apurado sobre o lugar, percebendo o que parecia ser um acidente, brigas, soldados, carros de polícia, carro-forte e até um possível Crinos.

---------------------------------------------------------------------------------
OFF:

- Coisas que não é possível Neo distinguir pela visão do Satélite: 1) Quem é quem; 2) Ações futuras, como a intenção do Crinos em correr; 3) Nada que envolva pequenos detalhes, como o cidadão filmando com o smartphone.

- Entretanto, testes que envolvam tempo e análise (dependendo do que se possa querer extrair a mais) podem ser feitos.
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 742
Data de inscrição : 15/05/2015

Ver perfil do usuário http://pressagiosdofim.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas ao Centro

Mensagem por Neo em Qua Mar 29, 2017 12:24 am

*O cheiro de Isa deixa Neo enebriado e desligado de seu foco por um tempo, somente o olhar furioso de Farol faz Neo voltar sua atenção ao laptop (OFF: não e celular, eu tenho laptop  dedicado). *

-As coisas não estão muito boas, não da para ter uma visão muito detalhada, mas.... com certeza isso [e um crinos no meio da rua.

*se volta para Farol que é a de maior posto.*

-O que faremos?

------

*Enquanto isso Neo conecta Jarvis ao sistema e faz com que o mesmo marque a posição de cada um que está sendo visualizado pelo satélite (Ex: o crinos vai ficar marcado na tela com uma cor e numeração específica, assim como casa pessoa identificada e nós mesmo, assim teremos como saber posição de cada pessoa vista pelo satélite sem perder sua posição, assim como antecipar aproximação. )
avatar
Neo

Mensagens : 146
Data de inscrição : 30/01/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Neo

Mensagem por Admin em Dom Abr 02, 2017 12:18 am

Faro-Ancestral coça o queixo, demonstrando frieza e também alguma dúvida com o que via: - Estranho... Disse, deixando transcorrer alguns segundos.

- O que? Perguntou Isa, imediatamente, até que depois da pausa que julgou necessária, a Fúria Negra respondeu somente a Neo, ignorando a jovem: - Acha que consegue descobrir onde existem câmeras de segurança aí e depois desabilita-las?

-------------------------------------------------------------------
OFF:

- Para saber se existem câmeras da prefeitura, Neo precisará invadir o sistema de lá. Para isso testa-se Int + Comp, Dif 7. Cada sucesso (além do primeiro) reduzirá 1h da ação, que deve levar (caso só haja 1 sucesso) 3h.

- Precisará depois encontrar as câmeras daquela área específica: Int + Comp, Dif 5. (caso só haja 1 sucesso) 3h.

- Depois deletar (não precisa de teste) e por fim, sair sem deixar rastros:  Int + Comp, Dif 6 (é instantâneo).
--------------------------------------------------------------
Como Andarilho, Neo sabe que podem haver câmeras de moradores, mas averiguar isso seria uma tarefa muito mais demorada, simplesmente por não saber quem mora onde.


* Fazer tudo isso andando deverá dar um acréscimo de +2 nas dificuldades.
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 742
Data de inscrição : 15/05/2015

Ver perfil do usuário http://pressagiosdofim.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas ao Centro

Mensagem por Neo em Ter Abr 04, 2017 2:45 pm

Isa escreveu:

- O que? Perguntou Isa, imediatamente, até que depois da pausa que julgou necessária, a Fúria Negra respondeu somente a Neo, ignorando a jovem: - Acha que consegue descobrir onde existem câmeras de segurança aí e depois desabilita-las?

*Após a indagação de Isa, Neo se volta para ela.*

-Além de linda é inteligente!

*Logo se volta para o laptop teclando freneticamente mostrando a perícia do jovem com aquela máquina.*

-Então vamos fazer isso, já invadi o sistema deles uma vez, acredito que não será problema acessar agora, mas de qualquer maneira, se der certo, daremos um jeito nas câmeras da prefeitura, mas se tiver algum curioso filmando... isso será um problema sério para o véu.

*Enquanto conversava teclava tentando invadir o sistema*

-------------------------------------------------------------------------------------------------

[Testes]
OBS: Lembrando que por minhas qualidade eu diminuo em 3 a dificuldade com o uso de computação.

Invadir o sistema de lá. Para isso testa-se Int + Comp, Dif 7. (Dif 4 para Neo)
2017-04-04 06:43:21 Neo rolls 9 dice to Invadir (Diff 4) 9,7,3,10,10, 10,8,2,5 [7 successes]

encontrar as câmeras daquela área específica: Int + Comp, Dif 5. (Dif 2 para Neo)
2017-04-04 06:44:01 Neo rolls 9 dice to Encontrar (Diff 2) 7,2,4,8,4, 4,7,10,8 [9 successes]

deletar (não precisa de teste) e por fim, sair sem deixar rastros: Int + Comp, Dif 6 (Dif 3 para Neo)
2017-04-04 06:44:56 Neo rolls 9 dice to Sair (Diff 3) 9,4,1,9,3, 10,1,7,6 [5 successes]
avatar
Neo

Mensagens : 146
Data de inscrição : 30/01/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Neo

Mensagem por Admin em Qua Abr 05, 2017 12:27 am

Isa reage com certa surpresa, sorrindo timidamente, enquanto a Fúria Negra observa com um semblante de uma seriedade que beirava a repreensão: - Você nos encontra lá... Disse, adiantando o passo ao notar que Neo iria parar afim de executar as ordens, ao que Isa seguiu Faro-Ancestral, sem contestar.

----------------------------------------------------------------
OFF:

* Apesar de haver reduzido muitíssimo o tempo de ação, não havendo levado mais que alguns poucos minutos para executar tudo, considerei que Neo parou para agir, já se fizesse andando deveria aumentar a dificuldade.

* Continua no tópico Esmerald Forest Dr...
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 742
Data de inscrição : 15/05/2015

Ver perfil do usuário http://pressagiosdofim.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas ao Centro

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 3 de 3 Anterior  1, 2, 3

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum