Unknown place - Noah

Página 4 de 4 Anterior  1, 2, 3, 4

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Unknown place - Noah

Mensagem por Admin em Qua Dez 02, 2015 12:58 am

FIM DA NOITE

avatar
Admin
Admin

Mensagens : 742
Data de inscrição : 15/05/2015

Ver perfil do usuário http://pressagiosdofim.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

FIM DA NOITE

Mensagem por Admin em Seg Mar 07, 2016 1:13 am

avatar
Admin
Admin

Mensagens : 742
Data de inscrição : 15/05/2015

Ver perfil do usuário http://pressagiosdofim.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Noah

Mensagem por Admin em Qua Jul 27, 2016 11:16 pm

Após ter sua suspeita cada vez maior sobre o tal policial que dizia estar levando-o para outro hospital, Noah aguardou que o elevador abrisse para tentar uma fuga rápida. Seu plano era conseguir alguma ajuda gritando pelos corredores, mas, as coisas não haviam saído como queria.

Assim que tentou por o plano em prática, seu algoz que estava posicionado de forma privilegiada nas suas costas, acertou-o na cabeça, quando então tudo se apagou.

Muitas horas depois, Noah acorda em um quarto escuro, com uma dor de cabeça lancinante. Estava sentado no chão e escorado na parede, num canto qualquer do quarto sem mobília. Havia apenas uma luz parta que partia do teto e também por entre as frestas de uma porta de metal, donde podia ver alguma movimentação que obstruía as luzes dos corredores, além de um falatório que ainda parecia muito mais longe e surreal do que era, apenas porque havia acabado de acordar de um longo e letárgico sono.

Depois de algum tempo em que não sabia precisar ao certo, passou a ouvir as vozes com mais clareza: - O quê? Ele está doido? Esse moleque vai ser um de nós? Esse bostinha não vai aguentar... me deixa esmagar a cabeça dele logo... Dizia uma voz grave e familiar. Quando Noah buscou na memória, passou a ter quase certeza de se tratar de Jhon: - Foda-se. Se ele não aguentar, ele morre no ritual, simples assim... Respondeu uma voz feminina: - Agora sai daqui logo, caralho!


avatar
Admin
Admin

Mensagens : 742
Data de inscrição : 15/05/2015

Ver perfil do usuário http://pressagiosdofim.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Unknown place - Noah

Mensagem por Noah em Qui Jul 28, 2016 1:34 am

Noah-Narração

Noah acordava levando a mão em sua cabeça, apertava os olhos com a dor lancinante em sua cabeça enquanto dizia:

-Mas que merda aconteceu...?


O garoto tentava se por de pé, ainda olhando em volta, tentando entender onde estava, quando se deu conta que era uma cela, Noah resmungou:

-Por que essa merda só acontece comigo..?


Foi quando NOah ouviu a voz de duas pessoas ao lado de fora da cela, se manteve em silêncio a fim de ouvir a conversa, ouviu uma boa parte dela quando então, um estalo em sua mente fez reconhecer a voz de um dos interlocutores:

"Puta que pariu, esse arrombado de novo.."

Noah então olhou para o alto do quarto, para ver de onde vinha a iluminação parca, se era de uma lâmpada ou um buraco ao teto. Feito isso, o jovem suspirou e gritou:

-POORRA SEU ARROMBADO, ME DEIXA EM PAZ! ME MATA LOGO, SE É ISSO QUE TU QUER, VAI FICAR BRINCANDO COMIGO, SEU MERDINHA!


O Jovem não estava tendo uma atitude corajosa e sim explodindo em exaustão de ter de sempre encontrar com aquele careca maldito.
avatar
Noah

Mensagens : 85
Data de inscrição : 12/12/2015
Localização : Dallas-Texas

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Noah

Mensagem por Admin em Ter Ago 02, 2016 10:58 pm

Depois do grito de Noah, os corredores se silenciaram. O Silêncio fúnebre que se estabelecera logo se mostraria para o jovem, como um novo aprendizado, o de que as piores tempestades são antecedidas por uma aparente calmaria.

Depois de alguns minutos em que Noah poderia colocar-se em tormentosa reflexão, passos começaram a ser escutados. Poucos segundos após, quando os passos haviam se tornado mais claros, Noah passou a escutar também um gemido ou choramingo. Eram súplicas acompanhadas de um choro copioso: - QUEM SÃO VOCÊS???? Não..... Não.... Não.... Por favor.... Por favor.... Eu não fiz nada....

Quando os sons se tornaram claros o bastante, Noah podia concluir que a confusão se avizinhava da porta do seu cárcere. Sons metálicos denunciavam que alguém estava acessando a fechadura e antes que o jovem pudesse pensar numa fuga, um corpo esfarrapado foi arremessado para dentro do cômodo com uma força admirável.

Na sequência, Jhon entra, abaixando sutilmente a cabeça para que coubesse na passagem. Estava emburrado e trazia consigo uma cadeira. Enquanto o gigante posicionava o assento entre o centro da sala e a porta, entra uma terceira figura, portando um espelho velho e sujo. Noah reconhece o sujeito no ato, era o policial de antes, mas agora, sem farda. Ele pisca pro jovem com um semblante sínico, largando o espelho que parecia uma porta de armário num canto da sala, relativamente próximo.

- Por favor... por favor... Choramingou o sujeito magricela ao lado, fitando Jhon com pavor. O gigante por sua vez, posicionou o encosto da cadeira para frente, de forma que pudesse repousar os braços cruzados nele, aproximando a face de uma das mãos repousadas que trazia um cigarro, tragando-o dessa forma: - Suas aulas começam hoje. Disse, em tom solene, quando então o ex policial retirou-se da sala, trancando a porta de ferro pelo lado de fora: - Daqui uns dias você vai passar por um... Exame. Então, precisa estar pronto... Vi que anda sem medo de nós e isso não é bom, porque um aluno precisa temer seu professor. Jhon parecia diferente de antes, quando gostava de tripudiar nos fracassos de Noah. Parecia mais direto, como se quisesse acabar logo com aquilo. Ele abre a camisa de botão com um movimento único e os botões voam pela sala: - Tá vendo isso? Exibe assim a marca de garras, uma ferida que parecia recente: - Foi você que fez isso.

Deu um ou dois segundos para Noah formular uma pergunta mentalmente e respondeu-a, como quem não esta disposto a esperar a verbalização do questionamento: - Vamos poupar todo o blablablá de "Como", "Impossível", "Nhenhenhê"... No fim de sua fala irônica, Jhon metamorfosea o braço que segurava o cigarro no de um monstro com garras anormalmente cumpridas: - Você é como eu, só que fraco. Tragou o cigarro, acumulando a fumaça nas bochechas enquanto o segundo prisoneiro começava a vomitar e revirar os olhos, como numa convulsão. Então, Jhon engoliu a fumaça e concluiu: - Agora, em silêncio quero que você atravesse aquele espelho. Cada vez que errar, eu arranco um membro desse bosta aí... Ostentou então o braço de monstro, comprovando assim como faria a ação descrita.
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 742
Data de inscrição : 15/05/2015

Ver perfil do usuário http://pressagiosdofim.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Unknown place - Noah

Mensagem por Noah em Dom Ago 07, 2016 2:55 am

Noah-Narração

Noah ouvia apreensivo os gritos que vinham de fora, parecia que tinha sido posto em algum tipo de filme de terror e suspense, que já estava dando no saco a essa altura. A princípio quem olhava para o garoto, acharia que ele era corajoso, que se mantinha firme até demais diante das circunstâncias na qual se encontrava. Mas a verdade era que Noah estava apavorado, quando o trio passa pela porta e ele reconhece Jhon e o policial, o garoto trincou os dentes e por pouco não rosnou para os dois, porém, seus olhos se pousou no terceiro homem, ele, assim como Noah estava de refém ali, porém, já estava entregue ao desespero.

...

Noah deu alguns passos para trás enquanto levantava a cabeça e o olhar para Jhon e questionou:

-Que merda é essa cara?

Foi nesse momento que Jhon começou a falar, algo sobre suas aulas começarem hoje e Noah erguia as sobrancelhas a medida que cada palavra era dita pelo, mais aquela história parecia maluca e menos o jovem entendia, então Jhon lhe mostra a cicatriz de garra em seu peito e diz que foi ele que a fez, foi quando Noah deu uma leve risada cética e disse:

-Pera ai, você me vem com esse papo de professor e de Exame, que porra é essa?

-Depois me mostra essa cicatriz ai no peito e diz que fui eu que a fiz, cara mesmo que eu acreditasse que eu que fiz isso ai, tu já ta cicatrizado, tu é o que, o Wolverine?

-AHHHH!! Agora entendi! Careca, falando que minhas aulas começam hoje, papo de professor, cara de líder de seita macabro! Se bem que quem tem o fator de cura é o Wolverine e tu era mais pra ta numa cadeira de roda, mas foda-se! Agora entendi, tu ta me recrutando pros X-Men?

-Se for eu dispenso!


Noah falava demasiadamente e rapidamente, em comentários na qual ele usava como meio de escape para a tensão e pressão que estava passando. Foi quando Jhon continuava a falar e de repente algo acontece com o braço dele, fazendo Noah saltar para trás, com um olhar de espanto, exclamando:

-CARALHOOOOO!!!! QUE PORRA É ESSA!!!

Noah olhava surpreso para o braço de Jhon, que agora tinha garras e pêlos, tentando entender como aquilo era possível ou real. O jovem apenas se ateve a olhar espantado para aquilo enquanto pensava:

"Como assim eu sou como ele, mas sou fraco?"

Noah olhou para o espelho onde o Jhon o mandou atravessar e não sabia nem o que dizer, apenas voltou o olhar novamente para o Careca e disse:

-Cara, como assim? que porra que você é? E o que tu espera que eu faça para travessar um espelho?

Voltou seu olhar para o refém que Jhon ameaçava, suspirou fundo e disse:

-Porra seu bosta, para de usar as pessoas, eu vou tentar fazer o que tu ta falando, não precisa matar ninguém!

Noah andou até o espelho, voltou seu olhar para Jhon e disse:

- O que tenho de fazer?

Então aguardou, Noah apesar de achar aquilo tudo loucura, ou um sonho, não arriscaria de ver outra pessoa ser morta ou mutilada em sua frente, então jogaria o jogo de Jhon.
avatar
Noah

Mensagens : 85
Data de inscrição : 12/12/2015
Localização : Dallas-Texas

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Jhon - Noah

Mensagem por Admin em Qui Ago 11, 2016 12:02 am

- Não vou matar ele. Respondeu em tom moderado, levantando-se da cadeira que se arrastou ante ao movimento e emitiu o som agudo da madeira deslizando no piso: - Vou arrancar os membros dele até ele virar uma porra de um verme. Tragou outra vez, caminhando pro homem, que se arrastava até o limite da parede, babando excessivamente enquanto gritava: - NÃO, POR FAVOR! SENHOR.... POR FAVOR. DEUS.... O QUE EU FIZZ????
- Cala a porra da boca! Respondeu Jhon, pisando calmamente no peito do homem enquanto fitava Noah, certificando-se de que não agiria: - E você, fica paradinho ae. Se não é aí que o veado morre... Depois, num movimento único e brutal, arrancou o braço do homem, que desmaiou de dor enquanto o sangue pichava o chão e a parede.

Jhon arremessou o corpo pra trás de si, como quem joga fora uma latinha de refrigerante, caminhando para o espelho: - Acho que agora você vai prestar atenção.
- Olha só... Tocou o espelho com a mão de monstro ensanguentada que empunhava o cigarro e a superfície espelhada reagiu, se ondulando como a superfície de um lago calmo: - Eu não sei explicar essa porra. Só... se concentra e vai. Sorriu, abrindo passagem pra Noah tentar.

----------------------------------------------------------------------
OFF:

- Agora Noah pode tentar se concentrar, rolando Raciocínio + Enigmas, Dif 10.

- Caso consiga, role 1 dado com dif 10.
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 742
Data de inscrição : 15/05/2015

Ver perfil do usuário http://pressagiosdofim.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Unknown place - Noah

Mensagem por Noah em Qui Ago 11, 2016 12:44 am

Noah-Narração

Noah observava cada movimento de Jhon, seus olhos estavam em um movimento frenético, de como alguém, que esperava o pior de cada movimento vindo daquele homem. As palavras e o modo que ele agia com a vida de uma pessoa incomodava Noah, ao ponto de varias vezes o mesmo pensar em fazer algo, mas o garoto sabia que já tentou várias vezes isso e que só piorou as coisas, então agora apenas seguiria o jogo que Jhon estava propondo.

...

Noah observou a demonstração de Jhon, que quando tocava o espelho com aquele braço horrendo, fazia o mesmo tremular como a superfície de um lago, o jovem olhou boquiaberto, estava completamente assustado e ao mesmo tempo fascinado com tudo aquilo, por vários momentos a pergunta de como aquele tal de Jhon fazia tudo aquilo, vinha a cabeça de Noah, até que balançou a cabeça como se tivesse voltado de seus próprios pensamentos e disse:

-Ta beleza, vamos ver...

Noah se aproximou do espelho, tocando-o, fechava os olhos tentando se manter concentrado, não sabia para onde iria caso conseguisse atravessar, isso dificultava um pouco para Noah, mentalizar algo, porém, tentava se desligar das distrações ao seu redor, para fazer exatamente como Jhon fez.

-Vamos...Vamos..._Sussurrava o garoto enquanto tentava_

OFF:

2016-08-10 16:34:04 Noah rolls 3 dice to (Diff 10) 7,9,10 [1 success]

2016-08-10 16:34:28 Noah rolls 1 die to Bora Atravessar (Diff 10) 8 [failure]
avatar
Noah

Mensagens : 85
Data de inscrição : 12/12/2015
Localização : Dallas-Texas

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Jhon - Noah

Mensagem por Admin em Seg Ago 15, 2016 11:53 pm

Jhon respira fundo, revira os olhos e começa a caminhar pro corpo ainda vivo do homem ensanguentado: - Ok, como sou bonzinho... você pode ir tentando. Se conseguir antes de eu decepar mais um membro desse cara, eu paro onde estou... Disse sem parar a caminhada lenta.

--------------------------------------------------------------
OFF:
- Noah não precisa se concentrar novamente. Pode repetir apenas o teste de gnose com 1 dado.
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 742
Data de inscrição : 15/05/2015

Ver perfil do usuário http://pressagiosdofim.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Unknown place - Noah

Mensagem por Noah em Sab Ago 20, 2016 4:50 am

Noah-Narração

Noah voltou seu olhar para Jhon enquanto e diz:

-Calma filha de uma puta! Eu to tentando!

O Garoto então rapidamente voltava seu olhar para o espelho enquanto pensava:

"Vai Noah, tu não quer ninguém mais machucado!"

Então se concentrou levando a mão na superfície refletora do espelho.

OFF:

2016-08-19 20:44:36 Noah rolls 1 die to Rolagem (Diff 10) 10 [1 success]
avatar
Noah

Mensagens : 85
Data de inscrição : 12/12/2015
Localização : Dallas-Texas

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração -Noah

Mensagem por Admin em Qua Ago 24, 2016 10:47 pm

A superfície reagiu, ondulando-se tal qual acontecera com Jhon. Entretanto, fatos outros escaparam da sensibilidade de Noah quando ele assistiu a cena de Jhon tocando o espelho e agora podia experimentar as sensações únicas.

Agora, o espelho parecia interagir com o ambiente, fazendo a temperatura em torno do objeto cair  sensivelmente. Além disso, uma força estranha e similar a da gravidade, atraía o corpo do jovem como um convite para desvendar a curiosidade.

- VÁI! Gritou o gigante, sem paciência. Como Noah não queria carregar a culpa da morte daquele estranho, atravessou pela superfície, quando experimentou a sensação de pular nas águas do oceano ártico enquanto tinha sua pele cortada por vidros finos.

Do outro lado, perto de si viu quando aranhas de aparência e tamanho exóticos se iam para longe, percorrendo teias que desapareciam com o correr dos segundos.

Estava num ambiente semelhante com o de antes, embora as paredes houvessem ruído ha algum tempo, podendo ver então, por entre outras paredes quebradas a figura de um morro ao longe. No topo, um vulto de aspecto bizonho, semelhante a um lobo, passou a fitar o jovem. Seus olhos eram espirais de fogo e seu pelo estendia-se para fora do corpo, lembrando ramos ou raizes de uma árvore.
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 742
Data de inscrição : 15/05/2015

Ver perfil do usuário http://pressagiosdofim.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Unknown place - Noah

Mensagem por Noah em Ter Set 06, 2016 1:44 am

Noah-Narração

Noah passou pelo espelho, sentindo todo seu corpo sendo atraído para ele, os pelos de seu corpo arrepiavam diante ao frio e um leve rosnar escapa dos lábios do jovem, aquela era uma experiência única, que jamais ele podia sonhar.

...

Já do outro lado, Noah olha de forma confusa, tocou a parede que parecia ter ruído, enquanto pensava:

"Onde é que eu to?..."

Então foi quando um vulto passou por ele, Noah se moveu rapidamente ficando de costas para parede a usando como proteção para a sua retaguarda, foi quando para a surpresa dele, pode ver um lobo se formar das sombras do lugar, seus olhos vermelhos, fizeram Noah engolir a própria saliva de forma seca, na qual até fez barulho e então passou a observar os movimentos da criatura.

...

Noah estava apreensivo e não fazia idéia do que fazer.
avatar
Noah

Mensagens : 85
Data de inscrição : 12/12/2015
Localização : Dallas-Texas

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Noah

Mensagem por Admin em Ter Set 06, 2016 2:19 am

Figuras assombrosas começaram a volitar em torno do lobo. Tratavam-se de entidades (4) submersas numa espécie de capa que lhes cobria a face e os membros.

As entidades iam e vinham copiando o movimento dos planetas que orbitam o sol, até que num dos curtos momentos em que uma delas obstruiu a figura do lobo, ao continuar sua trajetória, revelou uma outra figura que teria dado lugar à fera de antes.



- Saiam! Disse o homem em tom calmo, do alto do morro, gesticulando como quem tenta espantar um inseto. As entidades obedecem imediatamente, desfazendo-se em fumaça negra: - É só um filhotinho... Continua ele, sorrindo e descendo o morro à medida que encara Noah nos olhos.
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 742
Data de inscrição : 15/05/2015

Ver perfil do usuário http://pressagiosdofim.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Unknown place - Noah

Mensagem por Noah em Seg Set 12, 2016 3:21 pm

Noah-Narração

Noah observava abismado como aquela criatura de quatro patas se transformava em um homem. Na verdade mal podia acreditar em seus olhos, ao ver ele ordenar as entidades de sombra no lugar se afastarem, se não tivesse atravessado um espelho para estar ali, Noah provavelmente estaria achando que estava sonhando, na verdade, o jovem se perguntava se ele estava realmente em um pesadelo ou simplesmente havia ficado louco.

...

Ao ouvir a voz do homem, Noah olhou para o mesmo enquanto aguardava ele descer o pequeno morro, o garoto parecia claramente tenso diante do mesmo, talvez fosse outro imbecil como Jhon, ou talvez alguém pior, foi ai que Noah não suportou aquele silêncio e gritou em direção do homem:

-EI! QUEM É VOCÊ??!!

-O QUE QUER DE MIM?

Perguntou Noah olhando em direção ao homem.
avatar
Noah

Mensagens : 85
Data de inscrição : 12/12/2015
Localização : Dallas-Texas

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Noah

Mensagem por Admin em Ter Set 13, 2016 1:22 am

Enquanto aquele homem descia o morro no sentido de aproximar-se do jovem, Noah podia sentir esvair de si quaisquer resquício de esperança que porventura pudesse ter. Qualquer que fosse sua crença, fosse em Deus ou mesmo apenas na sua família, que no caso restringia-se a sua mãe, parecia naquele momento uma realidade muitíssimo distante.

Por mais estranho que fosse, aquela era sua nova realidade e ela não guardava qualquer semelhança com a vida de antes.

Aquele estranho que pisava no solo com tanta confiança, como se fosse o dono não só daquele espaço, mas do mundo, tinha o condão de fazer suas esperanças evaporarem como água de chuva no asfalto quente.

Aquele era o tipo de pessoa que não precisava de atitudes para exprimir sua aura maligna, era o tipo de pessoa de quem sempre se está esperando o pior, por mais ele não tivesse qualquer pressa em fazer demonstrações do que estava verdadeiramente disposto.

Ele continuou caminhando, com um sorriso milimétrico que parecia fazer parte da sua composição facial. Só quando julgou-se perto suficiente (mantendo ainda alguns metros de distância) falou: - Me chamam por aí de Essoby. Respondeu, antes de caminhar mais alguns passos adiante e estendeu a mão, como quem oferece em cumprimento: - Prazer... Vestia apenas uma calça jeans e botas pretas (como na foto), estando portanto sem camisa. Esbanjava assim um físico invejável e uma musculatura que saltava ante o menor movimento, bem como profundas cicatrizes, especialmente uma nas costas da qual Noah só podia contemplar parcialmente (já que se estendia pelos ombros), quando ele abaixou-se para cumprimenta-lo.
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 742
Data de inscrição : 15/05/2015

Ver perfil do usuário http://pressagiosdofim.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Unknown place - Noah

Mensagem por Noah em Dom Out 02, 2016 3:50 am

Noah-Narração

Noah observava o homem com certa desconfiança, algo nele despertava no garoto, um temor similar ao que Jhon o fazia sentir, porém, de alguma forma ainda sim era diferente.

...

Assim que o mesmo se apresenta, Noah estende a mão para o mesmo de maneira desconfiada, afinal, estava num mundo que ele não conhecia mais e não sabia sequer como sair dele, e o único que podia guia-lo até então, era aquele homem que se chamou de Essoby.

"Vamos ver até onde isso vai dar..."_Pensou enquanto apertou a mão do homem_

Noah então torceu o nariz em uma careta típica de adolescente e resmungou:

-O que vocês querem comigo de verdade?

-Aquele cuzão careca falou que eu era um monstro igual ele, me fez vir pra cá sei lá como, mas eu ainda não entendi, por que ele teve de fazer tudo isso e o que vocês querem de mim?

Noah então ficou aguardando uma resposta, enquanto soltava a mão de Essoby.
avatar
Noah

Mensagens : 85
Data de inscrição : 12/12/2015
Localização : Dallas-Texas

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Essoby - Noah

Mensagem por Admin em Ter Out 11, 2016 1:16 am

O aperto de mão não era um simples cumprimento impessoal. O toque firme de uma mão tão grossa quanto a do mais duro trabalhador braçal passava a impressão de que aquele desconhecido não possuía o sentido do tato, afinal, quem poderia ter alguma sensibilidade com uma mão que mais parecia um casco?

Embora tivesse cumprimentado com cuidado, o aperto de mão havia passado um pouco do limite da firmeza, deixando resquício de um leve incômodo quando aos mãos se soltaram: - Quando eu tinha sua idade, eu tinha um boneco que mexia todas as articulações. Disse o homem, erguendo-se numa postura muito mais austera do que antes, quando havia curvado-se para o cumprimento: - Eu achava incrível, porque eu podia coloca-lo na posição que eu quisesse... E aí eu comecei a pensar em posições humilhantes e eu fingia, na minha cabeça, que ele choramingava para eu tira-lo daquela posição... Noah pode ver a face do homem resplandecer em intenso gozo, demonstrando realmente se felicitar com tal lembrança: - Mas... De repente ouvir aquelas lamentações se tornou chato e eu o quebrei.

Enquanto contava a história, seus olhos passeavam pela paisagem umbral, até que ele os fixou nos de Noah: - Agora você é o meu boneco! Cuidado para não usar o número limitado que tens de lamentações, porque vou deixar de achar engraçado muito rápido. Finalizou, com um sorriso irônico.
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 742
Data de inscrição : 15/05/2015

Ver perfil do usuário http://pressagiosdofim.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Unknown place - Noah

Mensagem por Noah em Sab Out 15, 2016 3:18 pm

Noah-Narração

Noah soltou a mão do homem, levando a outra para afagar sua própria mão do aperto, então ouviu as história do homem, o garoto ergueu as sobrancelhas com certa surpresa e disse:

-Cara, que troço doente..

O garoto então sorriu de forma sem graça com as últimas palavras do homem, ele de fato assustava Noah, porém, o garoto não tinha o que fazer, como um rato acuado ele só tinha escolha de ficar e 'lutar'. Então por fim apenas disse:

-Cara, você falou, falou e não me disse o que vocês querem de verdade comigo?

Noah então apenas aguardou com o olhar curioso mas com certo receio do que ouviria daquele homem.
avatar
Noah

Mensagens : 85
Data de inscrição : 12/12/2015
Localização : Dallas-Texas

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Essoby - Noah

Mensagem por Admin em Sab Out 15, 2016 10:29 pm

Ele tocou as costas de Noah como quem encaminha-o por um percurso, passando para tanto a andar numa certa direção enquanto apontava para o resto do trajeto: - Vamos voltar. Lá eu te explico.

No fim de alguns passos, aquele estranho que exalava uma fúria incomum, contrastando com seus gestos calmos e controlados, tocou na superfície de uma parede e ambos viajaram de volta ao mundo físico.

Estavam num quarto, dessa vez, muito melhor que o cativeiro de antes. Essoby acendeu as luzes com um toque no interruptor, revelando um quarto com mobília modesta, porém, aconchegante: - Eles chegaram... Noah ouviu, vindo dos corredores. Quando passos começaram a ecoar pelas paredes, alguém se aproximava. Na verdade, era mais de uma pessoa.

- Você tem um dom, muito bonito. O dom de destruir os excessos do mundo. Você é forte e poderoso, Noah... Como pouca gente pode imaginar. Então... Eu tenho uma proposta pra você e nem precisa me responder agora. Essoby faz uma pausa longa e constrangedora, encarando Noah nos olhos até se seu corpo começou a mudar.

Numa transformação lenta, Essoby tornou-se num monstro que curvava-se para caber no quarto, restando-lhe assumir uma postura de três apoios (bem mais alto que a grande maioria dos Garous. Cerca de 4 ou 5 metros). As cicatrizes de antes continuavam dividindo-lhe os poucos pelos do monstro com uma carapaça qual escama de dragão. Suas assustadoras garras gotejavam um líquido esverdeado, e uma aura fantasmagórica (também esverdeada) parecia servir-lhe como uma espécie de armadura.

Essoby engoliu uma saliva demorada e custosa, antes de voltar a falar em linguagem humana: - Você tem duas escolhas. Ser como eu, ou morrer dividido no meio por uma piroca de cinco quilos. Disse, apresentando as genitálias enquanto ria de forma descontrolada e monstruosa. Uma baba densa passou a cair abundantemente enquanto Essoby se divertia consigo: - Amanhã você vai passar por um ritual difícil, moleque. Quer dizer... Dizia com uma voz gutural, mas, em tom jocoso: - Dificil pra você, e gostoso pra mim. Mas você provavelmente vai sobreviver... Diferente do que vai acontecer se disser não.

Dos corredores, outros monstros começaram a rir num coro tenebroso com chiados e tosses, para em seguida Essoby juntar-se às vozes rindo como se estivesse se entregando a loucura. Todo o tipo de comentários de cunho sexual, referindo-se as partes pudicas de Noah podiam ser escutados entre uma gargalhada e outra. Aquilo ia durando minutos inteiros até que Essoby finaliza: - Só mais uma coisa, gatinha. Você não pode dormir, se tentar, algo ruim pode acontecer... Agora, fica aí vendo TV. O monstro se apossa de um controle e ao dedilha-lo sem cuidado, quebra-o, mas o aparelho liga, mostrando cenas de sexo não consentido em altura bem maior que a aceitável.
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 742
Data de inscrição : 15/05/2015

Ver perfil do usuário http://pressagiosdofim.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Unknown place - Noah

Mensagem por Noah em Qui Out 20, 2016 2:59 am

Noah-Narração

Noah se mostrava espantado mas não horrorizado com tudo aquilo, os momentos que passou com Jhon, garantiram talvez um trauma que fez o garoto não se horrorizar com certas demonstrações. Mas isso não significava que não estava assustado, a transformação do homem, fez Noah se afastar caindo por cima de uma poltrona arregalando os olhos e exclamando:

-QUE MERDA é ESSA!!!

Logo observou tudo dito pela criatura horrenda, não entendia muito bem o que ela dizia, ritual, escolhas e coisas que jamais passariam pela cabeça de Noah um dia vivenciar. As risadas e palavreados faziam o jovem ter ainda mais asco de estar na presença daquelas pessoas ou monstros e então quando tudo se cessou, o garoto se pôs de pé e disse enquanto engolia uma grande parte de saliva:

-É... Cara! Eu não sei que tipo de problema vocês tem! Nem o que você realmente quer comigo...

-Mas...


Noah ficou pensativo por um instante, suspirou como alguém que tomasse coragem e disse:

-Cara..Eu não preciso esperar, depois de tudo que eu vi hoje, o que aquele careca arrombado fez e o tipo de doente que você me parece ser, se é pra ser igual a qualquer um de vocês, eu prefiro a opção da morte!

-EU não sei onde está a minha mãe, mas ela jamais iria me perdoar por me tornar um demente igual a você e seus amigos!

Noah então se calou, suas pernas tremiam e seus olhos procuravam um lugar para escapar, tudo que ele pensava naquele momento era em fugir, porém, pensava também, que talvez não fosse tão rápido quanto aquela besta a sua frente.


OFF:


Gastei um ponto de força de vontade para ter coragem de recusar a proposta do Essoby.
avatar
Noah

Mensagens : 85
Data de inscrição : 12/12/2015
Localização : Dallas-Texas

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Noah

Mensagem por Admin em Sex Out 21, 2016 8:05 pm

O monstro odioso reage à postura de Noah com risadas rocas e um tipo de chiado que crescia em volume à medida que passava a achar cada vez mais graça sobre o mesmo fato. A partir daí, quando Noah deixou de assustar-se com tais fatos para irritar-se, tudo começou rapidamente a tornar-se distante, como a recordação de um pesadelo louco.

As risadas que novamente tornaram-se um coro tenebroso, passaram a ser escutadas qual um eco ao longe. As figuras monstruosas que se contorciam para entrar no ambiente também se tornaram meras imagens de uma realidade que não fazia sentido. Noah só tinha vontade de matar e sequer sabia o que ao certo.

Sentia-se perdendo o controle à medida que os monstros se aproximavam e, quando um deles estendeu o enorme braço cinzento e peludo para agarrar o jovem, tudo apagou.
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 742
Data de inscrição : 15/05/2015

Ver perfil do usuário http://pressagiosdofim.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Unknown place - Noah

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 4 de 4 Anterior  1, 2, 3, 4

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum