Days Inn - Marcos Dimitri

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Days Inn - Marcos Dimitri

Mensagem por Admin em Sab Ago 08, 2015 7:47 am

Este hotel em Austin está localizado no acesso à interestadual 35, a apenas 2 quarteirões da Universidade do Texas. O hotel oferece restaurante 24 horas e quartos com WiFi gratuito.

O Days Inn University/Downtown Austin também oferece quartos com micro-ondas, geladeira e cafeteira. Os quartos dispõem de cofre e comodidades para passar roupa.

O café da manhã continental no Austin Days Inn inclui cereais, itens de confeitaria, suco e café, servido diariamente. Após o café da manhã, você pode desfrutar de um mergulho refrescante na piscina ao ar livre do hotel.

O centro da cidade de Austin fica a 2,4 km do Days Inn University. O hotel está localizado em frente ao Hospital Seton.
( bit.ly 1IsBYn8 )



Última edição por Admin em Seg Mar 07, 2016 1:26 am, editado 1 vez(es)
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 742
Data de inscrição : 15/05/2015

Ver perfil do usuário http://pressagiosdofim.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Karl

Mensagem por Admin em Sab Ago 08, 2015 3:36 pm

Via-se nadando num mar de podridão nauseante, prestes a dar seus últimos estertores , numa tentativa vã de sobreviver, vendo-se desfalecer ante a um fedor que renderia a mais insensível criatura, quando, acordou finalmente. Entretanto, aparentemente, o seu subconsciente havia captado aquela real fetidez, introduzindo-a num contexto onírico.

Era um cheiro de carniça, muitíssimo forte que invadia suas narinas como se o foco estivesse debaixo dos próprios pés.
Ao deixar que seus olhos percorressem o local, em busca de melhor entendimento, notou não só um verme que passeava tranquilo pelo piso escuro do quarto, destacando-se por sua pele albina, como também moscas e muriçocas aos montes.
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 742
Data de inscrição : 15/05/2015

Ver perfil do usuário http://pressagiosdofim.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Karl (Hominídeo)

Mensagem por AetherLugus em Qua Ago 12, 2015 8:01 am

Karl se sentia aflito e desconfortável com a situação que vivia. Tentava sair desta situação e não conseguia. Não imaginava porque sua vida havia se tornado isto, nem mesmo se lembrava. Mas tentava sobreviver. Tentou abrir os olhos umas duas ou três vezes e via as realidades se mesclando. Falhava em seu intuito. Parecia cansado para lutar contra.
Até que finalmente desperta sobressaltado, apenas para perceber que ainda não se via liberto do sonho. Na verdade o sonho era um reflexo daquilo que ele vivenciava no momento.

- Mas que me....

O jovem levanta-se parcialmente, ainda na cama. Torna a observar o ambiente ao redor. Seus olhos eram testemunha de que algo não ia bem.
avatar
AetherLugus

Mensagens : 22
Data de inscrição : 23/06/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Karl

Mensagem por Admin em Qui Ago 13, 2015 3:10 am

A primeira coisa que chamou a atenção de Karl era que a cama ao lado estava desarrumada, porém vazia. Os únicos sons que podia ouvir eram os zumbidos de alguns insetos atrevidos que pareciam se divertir em bater asas próximo aos ouvidos do Philodox, num ir e vir insistente.

Não haviam buzinas de carro, não haviam sons dos vizinhos nem mesmo algum barulho que indicasse a presença de seus parentes nos cômodos próximos, apenas, um bilhete no móvel que ficava de frente para as camas: - Não consegui ficar mais tempo aqui e você não acorda por nada. Estamos no fim do corredor. Era a letra do seu primo.

Naturalmente, Karl estava prendendo a respiração o quanto podia, respirando apenas nos intervalos em que não era possível mais segurar o ar, entretanto, agora que esses intervalos respirando aquele odor fétido já eram maiores que o tempo que conseguira abster-se de oxigênio, começava a sentir náuseas.

Só então, escutou um uivo que pedia auxílio, não muito longe dalí.

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
OFF:
Teste vigor, dif: 8 para ver quanto tempo mais suportará o ambiente (ou, pode gastar força de vontade para permanecer mais 1 minuto no quarto).
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 742
Data de inscrição : 15/05/2015

Ver perfil do usuário http://pressagiosdofim.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Karl

Mensagem por AetherLugus em Sab Ago 15, 2015 10:18 am

- Arghhh!

Estar ali era desesperador naquele momento... E Karl sabia que tinha que agir rápido. Sentia seu corpo cedendo àquela situação, que parecia um exagero de coisas que como hominídeo havia aprendido a detestar - maus odores, moscas, vermes, podridão.
Ele queria raciocinar... sentia-se inseguro quando não podia fazê-lo, mas na atual circunstância seu corpo sofreria um pane se o fizesse. Por isso, recolhe as forças que ainda tinha dentro de si, levanta-se de supetão e corre em direção à saída do local.

Até pensa em seguir o uivo, mas se este não coincidir com o fim do corredor em que Igor disse que estaria, ele optaria por procurar a família no corredor. *Mais indefesos que um lobo, com toda a certeza... mas também não penso em deixar quem precisa de ajuda para trás... tudo uma questão de ponderação, Karl...*



-------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Off: Força de vontade, por ser mais seguro. Não sei o ambiente em que estou ou se a saída do cômodo me livraria dessa podridão de qualquer forma.
avatar
AetherLugus

Mensagens : 22
Data de inscrição : 23/06/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Karl

Mensagem por Admin em Sab Ago 15, 2015 4:39 pm

Na busca apressada por ares límpidos, Karl acessa a saída do quarto, abrindo a porta e encontrando o foco repugnante de toda aquela podridão. Um corpo sentado, com metade das costas na parede externa do quarto e a outra metade de frente para a porta. Vinha sendo devorado por insetos e vermes, suas tripas expostas já não eram tantas quanto se esperaria, mas o fedor intensificado subia, atacando ferozmente as narinas e fazendo o Senhor das Sombras lacrimejar.

Tudo parecia tão vazio e silencioso quanto um hotel habitado apenas por fantasmas. Era de tal modo, que cada passava no assoalho fazia a madeira ranger, denunciando sua presença como talvez não seria tão perceptível num hotel movimentado. Quando se pôs no fim dos corredores, vendo apenas a solidão, algo curioso ocorreu. Notou  que a luz que iluminava aquele corredor, fora obstruída por um instante atrás de si. Ao fitar sua retaguarda entretanto, nada constatou, o que seria fisicamente impossível.

Na sequência, uma porta se abriu, aquela referente ao último quarto do corredor, logo ao lado de Karl. De dentro dela emergiu uma figura no mínimo espantosa, difícil de se reconhecer à primeira vista. Era o seu primo, encharcado de um suor abundante, olhos arregalados e emoldurados por profundas e amareladas olheiras, esbanjando uma cabeleira desgrenhada. Ele cheirava tão bem quanto alguém despreparado que queima gordura na esteira da academia suando abundantemente com a mesma roupa de toda a semana, sem sequer escovar os dentes: - Nossa, acreditei que tivesse morrido. Disse em sussurros enquanto seus olhos giravam como um louco: - Entre, entre na nossa casinha... hehehehe....

De dentro, via sua filha num sofá, sentada numa posição fetal e completamente coberta por um lençol, exceto seus olhos que fitavam Karl incrédulos: - PAAAAIIIIIIIIIIIIIIIIII.... Exaltou-se, jogando fora o lençol enquanto corria para abraça-lo.
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 742
Data de inscrição : 15/05/2015

Ver perfil do usuário http://pressagiosdofim.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

RE: Narração - Karl

Mensagem por AetherLugus em Seg Ago 17, 2015 9:35 am

Karl se espanta com a aparência de tudo ali e a visão que tinha de Igor naquele momento tornava isto mais desconfortável.
Quando este diz que "acreditou que ele tivesse morrido", Karl apenas sorri e diz:

- Não... Estou bem vivo. O que foi que exatamente aconteceu? Do que você lembra?

Guardava um misto de estranheza e preocupação, mas ao ver Laura correndo em sua direção, tudo o que queria era abraçá-la. Sentia o coração palpitar - apesar do pouco tempo naquela situação que se encontrava agora, estava profundamente apreensivo pelo pensamento de que algo poderia ter ocorrido com ela, e jamais se perdoaria se assim o fosse. Dá alguns passos na direção dela também, arqueia o corpo e chega a abrir os braços para ela:

- Minha princesinha!
avatar
AetherLugus

Mensagens : 22
Data de inscrição : 23/06/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Karl

Mensagem por Admin em Ter Ago 18, 2015 2:46 am

Por um momento seu primo parece fitar a própria retaguarda, mas ao mover compulsoriamente o pescoço, aquilo se revela um tipo de acesso de tique nervoso. Depois de repetir a ação duas ou três vezes, finalmente fita Karl com aqueles olhos fundos e inquietos: - Você dormiu, cara. Tipo... pra caralho! Depois leva a mão a boca e dirige os olhos à Laura, como quem se lembra de não xingar.

Laura por sua vez, fita-o de volta, parecendo não se surpreender. Sem perder mais tempo, ela volta a olhar seu Pai, com ternura.

- O mundo acabou, e você, num cochilo eterno... Foi mal cara. Eu acho que não to bem! Sei que isso deve ter sido... algum... sei lá, feitiço. Mas você dormiu, e eu tive que me virar pra manter a Laura bem. Na verdade não foi o mundo que acabou, mas... Austin sim. Nós não sabemos como estão as outras cidades e... De repente, Igor vomita nos sapatos de Karl. Ele faz um sinal com o indicador, como quem pede um tempo. Mantendo-se assim, de cabeça baixa enquanto tenta se recuperar.

Caminha então com uma mão no abdômen e outra nas paredes, apoiando-se até chegar junto à janela. Para em frente a ela, sem a descortina-la, observar as ruas enquanto alisa a própria nuca e limpa a boca com o antebraço.
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 742
Data de inscrição : 15/05/2015

Ver perfil do usuário http://pressagiosdofim.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Days Inn - Marcos Dimitri

Mensagem por AetherLugus em Qui Ago 20, 2015 9:24 pm

*O mundo acabou...*

Karl sente grande apreensão com as palavras de Igor. Tudo o que queria é que fosse um presságio ou algo do tipo, mas era uma esperança vã.

*...feitiço... você dormiu*

Olhava para Laura e Igor. Supostamente teria que tê-los defendido de algo. Mas havia coisas que fugiam de suas mãos.

*...não foi o mundo que acabou... Austin sim*

Era quando percebia a fragilidade e o esforço humanos, se apegando ao que se mantinha em última posição no Jarro de Pandora: esperança.
Tomando como base o ambiente ao redor, era tarde para se ter esperança, mas mesmo se o quadro fosse realmente este pintado por Igor, ainda dava para sobreviver.

Karl é tirado de seu leve devaneio quando é atingido por vômito em seus pés, e percebe, da pior maneira possível, que não calçara seus sapatos ao sair correndo do quarto.
Encosta nas costas de Igor e serve de apoio como puder. O cheiro era desagradável, mas não se comparava ao que presenciara no cômodo anterior.

- ... Certo. Respire fundo. Você é forte, Igor. Vamos sair dessa.

Quando Igor pára em frente à janela, Karl vai até a pontinha da cortina, puxando apenas levemente para observar o ambiente lá fora. Não abre a cortina porque não sabe direito o que está ocorrendo e também não quer causar mais desespero.
avatar
AetherLugus

Mensagens : 22
Data de inscrição : 23/06/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Karl

Mensagem por Admin em Sex Ago 21, 2015 1:06 am

Da sua janela, podia ver parte do viaduto e das ruas, mas, tinha a visão parcialmente obstruída por uma dupla de jovens coqueiros.

Até onde podia ver das ruas e das áreas comuns daquele hotel, tudo parecia muito calmo. Uma segunda olhada, mais cuidadosa, revela que a piscina estava repleta de limo e folhas, além de uma coloração nada convidativa.

Quando julgou que não veria mais nada de que pudesse tirar algum proveito, escutou uma forte batida de porta vindo de algum dos outros quartos daquela estalagem, fazendo com que as paredes tremessem. Laura arregalou os olhos e correu, agarrando-se nas calças de Karl, enquanto Igor não esboçava reação.
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 742
Data de inscrição : 15/05/2015

Ver perfil do usuário http://pressagiosdofim.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Days Inn - Marcos Dimitri

Mensagem por Admin em Qua Ago 26, 2015 6:33 am

avatar
Admin
Admin

Mensagens : 742
Data de inscrição : 15/05/2015

Ver perfil do usuário http://pressagiosdofim.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Days Inn - Marcos Dimitri

Mensagem por Admin em Qua Dez 02, 2015 1:05 am

FIM DA NOITE

avatar
Admin
Admin

Mensagens : 742
Data de inscrição : 15/05/2015

Ver perfil do usuário http://pressagiosdofim.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

FIM DA NOITE

Mensagem por Admin em Seg Mar 07, 2016 1:10 am

avatar
Admin
Admin

Mensagens : 742
Data de inscrição : 15/05/2015

Ver perfil do usuário http://pressagiosdofim.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Days Inn - Marcos Dimitri

Mensagem por DELETADO em Seg Mar 07, 2016 2:48 am

*Marcos estava deitado na cama, suando frio,ele abre finalmente os olhos, ainda deitado*

-Por gaia o que???

*Marcos senta na cama ainda suando frio, com a cabeça ainda girando ele lembra de tudo*

Pensando "Baleia branca,Indio, Mundo destruido, malditos,formori.....................um Pressagio................Armas..........Guerra..........Fé"

*Uivo se lembra de como Gaia havia ajudado e como, sem sua mãe guiadora, ele teria falhado, agora ele precisava achar de novo aqueles 3 e um caern*

* se levanta e começa a se vestir e depois respira fundo e guarda todo suas coisa na sua mochila e sai do quarto*

DELETADO

Mensagens : 144
Data de inscrição : 24/01/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Uivo-solitario-na-noite

Mensagem por Admin em Qua Mar 09, 2016 10:32 pm

Quando sai do quarto, o Theurge se depara com uma camareira que se abaixava para apanhar algo no carrinho em frente ao seu quarto, quando o percebe de saída, detendo-se então na metade do movimento, passando a sorrir algo sem graça para Marcos.

Tratava-se de uma senhora corpulenta, com uma face acostumadamente carrancuda, apesar do esforço em sorrir naquele momento em especial.
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 742
Data de inscrição : 15/05/2015

Ver perfil do usuário http://pressagiosdofim.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Days Inn - Marcos Dimitri

Mensagem por DELETADO em Qui Mar 10, 2016 9:53 pm

*Uivo ao sair do quarto se depara com aquela senhora em uma situação tipica de mulheres que trabalham como camareiras, porém Uivo rapidamente com sua maneirismo de tentar ver detalhes em tudo observar 2 coisas*

*Primeiro que o sapatado da mulher parecia manchado e um cheiro de lavanda vinha dela,mais o que seria aquela mancha?, segundo e que aquela mulher não parecia ser o tipo de pessoa que sorriso facilmente o que levava a Uivo ficar desconfiado, e com motivos depois da quele sonho*

*Abre um sorriso para a mulher e diz*

-Bom dia....Ou sera boa tarde?, acho que dormi muito.....Precisa de ajuda com isso?

*Uivo então se inclina na direção do carrinho para ajudar a mulher.............so que a verdade e que Uivo queria dar uma olhada melhor,nessa mulher,no carrinho e tentar sentir mais alguma coisa com seus instintos *


DELETADO

Mensagens : 144
Data de inscrição : 24/01/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Uivo-solitario-na-noite

Mensagem por Admin em Qui Mar 10, 2016 11:56 pm

A camareira endireita a postura, voltando a ficar ereta enquanto passa a segurar a alça do carrinho com uma das mãos, como quem se prepara para seguir caminho. A outra mão, no entanto, era levada ao bolso do uniforme: - É bom dia. Afirmou, desmanchando o sorriso para relaxar a musculatura facial, que já dava sinais de cansaço: - Tá tudo bem. Com um gesto, a camareira tentou evitar a aproximação de Marcos, se colocando para andar em seguida.
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 742
Data de inscrição : 15/05/2015

Ver perfil do usuário http://pressagiosdofim.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Days Inn - Marcos Dimitri

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum